Páginas

sábado, 30 de junho de 2012

Massagem para corredores


Os atletas durante os Jogos Olímpicos na Grécia aplicavam massagens com azeite para ativar a circulação e relaxar os músculos antes das competições. Após para desintoxicar e recuperar os músculos dos micro-traumas causados pelo esforço contínuo. A massagem regular previne as dores musculares comuns do dia-a-dia no treinamento de um corredor, as desconfortáveis cãibras e contusões. Um corpo relaxado é mais forte.

Massagem com pedras quentes

“Nesta técnica utilizamos pedras aquecidas de vários tamanhos e formatos para massagear o corpo todo, as pedras podem ser vulcânicas, cristais ou de rio.

O calor das pedras promove um relaxamento muscular mais eficaz, além de estimular os sistemas circulatório e linfático, auxiliando na eliminação de líquidos e toxinas.

Esta massagem é indicada para relaxamento, melhora de dores musculares, para mulheres em período pré-menstrual (pois contribui para melhora da retenção líquida corporal e de cólicas) e por promover intenso relaxamento também pode ser utilizada em casos de depressão e ansiedade.

A aplicação demora em torno de uma hora e meia, e também pode ser realizada com as pedras frias. Além da aplicação das pedras também são realizadas manobras de massagem clássica para estímulo prévio da musculatura.

Esta técnica é contra-indicada para pessoas portadoras de infecções, tumores, doenças de pele e mulheres grávidas”, explicou a esteticista e corredora Eliana Taira do Espaço Vital, em São Paulo.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Massoterapia: terapia coadjuvante para atingir o bem-estar


É comum as pessoas relacionarem a massagem ao relaxamento ou à estética.

O que ainda não é muito difundido são os benefícios dela como tratamento terapêutico preventivo, para aprimorar a saúde corporal e mental.

Segundo a Associação Brasileira de Medicina Complementar – ABMC, a massoterapia é um grupo de técnicas e procedimentos terapêuticos naturais, tradicionais e contemporâneos, praticados por profissionais qualificados, para manter a saúde das pessoas, aliviar tensões e reduzir o nível de estresse do mundo atual.

Ou seja, não é necessário sentir dor para aproveitar os benefícios da massagem.

A massoterapeuta do SPA Aquacolore, Erica Miura, conta que no Japão o compromisso de todos ao final do dia de trabalho é fazer um ôfuro, uma sauna e receber uma massagem para recuperar a serenidade do corpo e da mente.

“As culturas são diferentes, claro, mas aqui no Brasil as pessoas só lembram de fazer a massagem quando já estão doloridas e machucadas. A massoterapia é um processo preventivo. As pessoas não precisam chegar no estágio da dor para usufruir dela”, diz Erica, que fez especialização em massoterapia no Japão.

A má postura no trabalho, o sedentarismo e o estresse são causadores por excelência do mal estar do corpo. Com o sobrepeso vêm também outros problemas como as dores na lombar, joelho e região cervical.

“Para todos esses casos a massoterapia proporciona um alívio para recomeçar, seja um novo dia de trabalho ou um exercício físico”, conta Erica.

Assim, as diversas técnicas de massagem proporcionam mais do que o relaxamento ou o tratamento estético.

Erica explica que a massoterapia pode proporcionar a redução da tensão muscular, melhorando a circulação e a elasticidade dos tecidos.

A técnica solta às regiões endurecidas (tencionadas) do corpo, aumentando a mobilidade e a amplitude de movimento das articulações.

Ao massagear os tecidos do corpo, a massoterapia também ajuda o sistema linfático a trabalhar melhor.

Para Erica, é a partir da linfa que as impurezas do corpo são drenadas para fora do corpo.

A massagem proporciona um aumento de 15% da oxigenação do sangue, estimulando o trabalho de nervos ligados a órgãos internos a partir da dilatação dos vasos sanguíneos.

A massagem também melhora a consciência corporal.

“Ao prestar atenção no corpo, às pessoas percebem o estado real do seu corpo e que ele precisa de cuidados”, diz Erica.

A filosofia da massoterapia é o uso das mãos, pois a troca de energia entre o profissional e o paciente é muito valorizada.

Na massoterapia, cada gesto traz um efeito diferente, assim como o ritmo da pressão aplicada pelo profissional.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Vantagens e os efeitos a nível físico e psíquico de uma massagem


O massagista Paulo Rodrigues oferece-nos hoje um artigo onde nos descreve as vantagens e os efeitos a nível físico e psíquico que uma massagem pode ter. Já quase todos nós sentimos estes efeitos e é claro que as mesmas são muito mais agradáveis quando as fazemos por precaução em vez de as fazermos por cura. Se corre com regularidade fique atento a este artigo e visite o seu massagista com relativa frequência. Vai ver que sentirá a diferença.

Entende-se por massagem a fricção ou compressão de parte muscular, ou de outras partes do corpo, para obter resultados terapêuticos. Utilização de diversas técnicas manuais para promover o relaxamento, aliviando a dor, prevenindo patologias e promovendo o bem-estar geral.

Efeitos fisiológicos da massagem:

- Aumento da circulação sanguínea e linfática.
- Aumento do fluxo de nutrientes.
- Estimulação do processo de cicatrização.
- Elimina os metabólitos, melhora as trocas nutritivas que se devem, respectivamente ao aumento da circulação linfática, venosa e arterial.
- Resolução do edema e hematoma crónico.
- Alívio da dor.
- Aumenta a temperatura dos tecidos.
- Estimulação das funções viscerais.
- Remoção de secreções pulmonares.
- Estímulo sexual.
- Promoção de relaxamento local e geral.

Efeitos físicos da massagem:

- Sobre a pele: elimina as células mortas ao nível da epiderme, melhora a respiração cutânea pelo aumento da secreção glandular, atua sobre os receptores nervosos que se encontram na pele.

-Sobre o tecido adiposo: pela ação direta, reflexa, mecânica ou neurofisiológica, quando são utilizadas técnicas de massagem com um doseamento adequado, perdem-se gorduras e peso, seja por uma ação de aceleração metabólica e pelo aumento da irrigação.

-Sobre os músculos, ossos e articulações: o estímulo mecânico da massagem sobre as fibras musculares, provoca a contratibilidade muscular ajudando a impedir a atrofia, o aumento da temperatura do músculo o que acelera as reações químicas endocelulares, restabelecimento da tonicidade, contratibilidade e da função neuromuscular proprioceptiva, aumento da extensibilidade dos tecidos, aumento dos movimentos das articulações, facilitação da atividade muscular, o aumento da circulação provocado pela massagem intensifica o processo de formação de calo ósseo, atua sobre os tecidos periarticulares e sobre a atividade articular, facilita a absorção de exsudados reduzindo o edema, liberta e evita aderências peri e endoarticulares, fomenta a formação de líquido sinovial e consequentemente melhora a lubrificação e a proteção articular, restabelece a mobilidade e a funcionalidade articular diminuindo o risco de contraturas.

-Sobre as vísceras: aumenta e produz uma maior secreção dos sucos digestivos, diminui a obstipação e assim intensifica o esvaziamento do intestino.

Efeitos psicológicos:

- Efeito calmante; a atenção dispensada pelo técnico, assim como a sensação agradável da massagem, inspira um estado de confiança; a massagem alivia a ansiedade e tensão do utente; estimulação da atividade física; alívio da dor; relaxamento físico.


Paulo Rodrigues

quarta-feira, 27 de junho de 2012

O fisiculturista Jay Cutler na massagem

video

Profissional IFBB, Jay Cutler é o fisiculturista mais reconhecido e o mais particular atleta. IFBB 2007 e 2006 Mr. Olympia, IFBB 2002, 2003 e 2004 Arnold Classic Champion e IFBB 2001, 2003, 2004 e 2005 Mr. Olympia nos primeiros lugares.




terça-feira, 26 de junho de 2012

Como aumentar a resistência de velocidade



A resistência de velocidade é a capacidade de resistir à fadiga enquanto está a correr. Por outras palavras, o propósito dos exercícios que promovem o aumento da resistência de velocidade é fazer com que um atleta mantenha um speed elevado durante a maior duração de tempo possível, antes de se fatigar.

A resistência de velocidade é fundamental em vários desportos e modalidades, entre os quais o futebol, basquetebol e o atletismo. Esta característica é fundamental em todos os atletas a quem são pedidos repetidos sprints.

Recomendações gerais relativas aos treinos de resistência de velocidade:

1) Antes de iniciar os exercícios, aquecer no mínimo durante 10 minutos. Correr a passo lento e executar alguns alongamentos é o suficiente;

2) Descansar entre 2 a 3 minutos entre as séries dos exercícios. Atenção, descansar não é estar parado ou sentado. Ande a passo lento e faça alguns alongamentos.

3) Para realizar estes exercícios convém ter o mínimo de preparação física, caso contrário, cansar-se-á rapidamente e o treino não vai render. Logo, se não tem o mínimo de preparação física, o mais indicado é fazer sessões de 30 minutos de jogging durante 2 semanas e só depois partir para estes exercícios.

4) Duas sessões de treino de resistência de velocidade por semana é o ideal. Nem mais, nem menos. Apenas uma sessão por semana poderá não trazer os resultados que espera. Por sua vez, mais que duas sessões poderá originar uma sobrecarga dos músculos, sendo prejudicial à sua saúde física.

5) Uma vez que este tipo de exercícios puxam muito pelos músculos, eles devem durar entre 20 a 30 minutos no máximo.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

O que fazer logo após contrair uma lesão?

Como proceder no período imediato após a lesão

Os médicos referem-se a este período como a fase aguda. Entre as 24h-48 horas que se seguem após a contração da lesão, eis o que deve fazer:

Descansar. Nesta fase, deve minimizar ao máximo os movimentos que mobilizem a região do corpo lesionada, de modo a prevenir agravar a lesão.

Colocar gelo. Deve ser aplicado logo que possível, após contrair a lesão, para atacar logo a inflamação. Aplique o gelo na zona afetada durante 15 a 20 minutos (não mais que isso). Os médicos têm opiniões diferentes relativamente à frequência com que o gelo deve ser aplicado. Não obstante, espere pelo menos 30 minutos antes de voltar a aplicá-lo (apesar de provavelmente não tirar vantagens adicionais para além da aplicação de 2 em 2 horas).

Recorrer à compressão. Para tal, utilize uma ligadura elástica de compressão, que o ajudará a reduzir o efeito do inchaço, se aplicada imediatamente sobre a região lesionada. Tenha cuidado para não a apertar demais, pois prejudicará a circulação. Volte a atar a ligadura quando esta já se encontrar solta.

Elevar a parte do corpo lesionada acima do nível do coração. É um método mais complexo e com necessidade de recorrer a equipamentos especiais, mas também é bastante eficaz. Mais usado em lesões graves. Fazer isto logo após a contração da lesão ajudará a retirar os fluidos acumulados na zona lesionada e, por conseguinte, a reduzir a inflamação e o inchaço. Se não o fizer logo após a lesão, também o poderá fazer no dia seguinte, apesar de menos eficiente.

Massagem desportiva a 4 mãos - clip

video

domingo, 24 de junho de 2012

Estudo revela que corredores vivem 5 anos a mais que sedentários


Correr é bom para você. Tão bom, de fato, que pode prolongar a sua vida por mais de cinco anos. Correr regularmente aumenta a vida útil dos homens por cerca de seis anos e mulheres em cerca de cinco anos e meio, de acordo com dados de um estudo dinamarquês que acompanhou a saúde cardiovascular de 20.000 pessoas desde 1976.

Você não tem que ser Usain Bolt ou Shalane Flanagan para desfrutar, também, do benefício. Os dados, foram apresentados em abril de 2012 na reunião do “Euro Prevent” em Dublin, neste encontro ficou demostrado que correr tão pouco quanto 20 minutos, três vezes por semana, em um ritmo lento ou moderado é o suficiente para realizar essa mágica.”Podemos dizer com certeza que correr regularmente aumenta a longevidade” afirma o Dr. Peter Schnohr, cardiologista-chefe do Copenhagen City Heart Study, em um comunicado.

“A boa notícia é que você realmente não precisa fazer muito para colher os benefícios.” O Copenhagen Heart Study Cidade foi lançado em 1976 e inclui cerca de 20.000 homens e mulheres idade de 20 a 93. O estudo foi concebido para ampliar o conhecimento da prevenção de doenças cardíacas e derrames, mas foi incrementado para incluir insuficiência cardíaca, doença pulmonar, alergias e outros tópicos. A partir desse estudo já foram publicados mais de 750 trabalhos, embora o estudo sobre corrida especificamente ainda não tenha sido publicado.

Descobertas anteriores do estudo demonstraram, por exemplo, que os ciclistas que pedalam forte vivem mais tempo do que o resto de nós, o estresse pode raspar cinco anos fora de sua vida e exercício podem fazer você mais feliz.

Neste estudo, os pesquisadores compararam a mortalidade de 1.116 corredores do sexo masculino e 762 do sexo feminino comparados com uma população de não corredores. A cada um foi perguntado quanto tempo eles passavam correndo por semana, e solicitado para que classificasssem seu ritmo, como lento, médio ou rápido.

“Com os participantes tinham uma ampla extensão de idade sentimos que uma escala subjetiva de intensidade foi a abordagem mais adequada”, disse Schnohr. Os dados foram coletados de 1976 a 1978, 1981 a 1983, 1991 a 1994 e 2001 a 2003. Os resultados mostram que 10.158 mortes foram registradas entre os não-corredores e 122 mortes entre os corredores. Na linha de fundo, como conclusão, o estudo sugere que os homens que correm regularmente vivem 6,2 anos a mais do que aqueles que não o fazem, enquanto as mulheres que praticam corrida vivem 5,6 anos a mais.

Os pesquisadores examinaram a freqüência dos corredores, e concluíram que o ideal é correr pelo menos 2 ou 3 vezes por semana num total de 2,5 horas de atividade. O ritmo ideal é o que deixa “um pouco ofegante, mas não muito”, disse Schnohr.


Texto Original

Study Reveals Joggers Live 5 Years Longer
By Chuck SquatrigliaEmail Author May 3, 2012
PLAYBOOK THE WIRED WORLD OF SPORTS

UFC 147: Hugo Wolverine faz massagem em Chuck Linddell



O peso pena Hugo Wolverine se preparou para encarar John Macapá no card preliminar do UFC 147 neste sábado, no Ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte. Mas enquanto perdia o peso necessário para luta, o atleta deu um tempo para mostrar suas habilidades como fisioterapeuta. O lutador fez massagens em nada menos que Chuck Liddell, um dos astros do MMA mundial e integrante do hall da fama do UFC.

"Olá meus queridos! Ontem fiz massagem em Chuck Liddell!!!", escreveu no seu Twitter, onde também postou fotos da massagem.

O UFC 147 aconteceou no  sábado, 23 de junho, a partir das 20h, no Ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte. É a terceira edição do evento no país. Na luta principal, Wanderlei Silva  encarou a revanche contra o americano Rich Franklin entre os pesos médios. Ainda teve as finais do "The Ultimate Fighter" Brasil (TUF) entre Godofredo Pepey e Rony Jason entre os pesos penas e Cezar Mutante e Serginho Moraes entre os pesos médios.


sábado, 23 de junho de 2012

Estudo Relaciona Dor Nas Costas Com Falta De Nutrientes Na Coluna

A pressão exercida sobre os discos da coluna pelo levantamento excessivo de peso pode danificá-los ao reduzir o fluxo de nutrientes até eles, segundo um estudo feito na Espanha.

Especialistas do Instituto de Bioengenharia da Catalunha (IBEC) publicaram o estudo na revista PLoS Computational Biology.

Eles usaram modelos computadorizados dos discos humanos e observaram os efeitos nutricionais e mecânicos da pressão exercida sobre os discos na parte inferior da coluna.

Este tipo de pesquisa não poderia ser conduzida em seres humanos vivos.

Estudos anteriores indicavam que 80% da população ativa sofre de dores na parte inferior das costas em algum momento da vida, mas pouco se sabe sobre o processo que degenera os discos da coluna.

Ácido láctico

Os especialistas dizem que um nível normal de pressão ajuda a nutrição das células.

Mas a pesquisa feita na Espanha mostra que as pressões excessivas nos discos influenciam negativamente a quantidade de glicose e ácido láctico presentes no disco.

As células precisam de glicose, mas o excesso de ácido láctico pode ser prejudicial porque ele interrompe a nutrição e pode dar inicio ao processo degenerativo.

A interrupção do balanço nutricional nos discos pode acarretar em doenças degenerativas.

Um dos autores do estudo, Jerome Noailly, diz que a pesquisa mostra que os nutrientes podem ser um fator chave para as dores.

"Se soubermos que a falta de nutrientes está envolvida na aceleração do processo degenerativo e as características de um disco degenerado interrompem a nutrição, isso leva a um aumento do número de células mortas e o tecido dos discos vai se degenerar mais e mais", disse ele.

"Assim, para recuperar as funções do disco degenerado, devemos combater o problema da nutrição".

"Isso significa restaurar o volume de água e do disco. Um disco degenerado é como uma esponja murcha que precisa voltar a seu tamanho normal", finaliza.


Fonte: Folha.com

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Lesões do desporto – Tendinite



As palavras terminadas com o sufixo ‘ite’ indicam a presença de um processo inflamatório. Logo, a tendinite é uma inflamação que acontece nos tendões.

Essa inflamação pode ter causas mecânicas – esforços prolongados e repetitivos – ou causas químicas – desidratação (quando os músculos e tendões não estão suficientemente drenados) – e uma alimentação incorreta. A presença de muitas toxinas no organismo pode conduzir a uma tendinite.

Como se manifesta a tendinite?

A tendinite manifesta-se inicialmente com dores na estrutura em questão quando esta é submetida ao esforço. É muito comum existir uma dor muito intensa com a realização de movimentos específicos e também uma incapacidade em realizar certos movimentos. A tendinite pode também originar o aparecimento de um edema ou sensação de rubor e calor.

Quais as modalidades e desportos mais sujeitos às tendinites?

Há uma variedade de ocupações que podem estar sujeitas ao problema, todas sempre relacionadas com a realização de movimentos repetitivos ou esforços demasiados. No caso do desporto, os jogadores de futebol, de voleibol e de ténis são bastante afetados por esta patologia.

Formas de Tratamento da tendinite

Dependendo da natureza e do grau de severidade da lesão, as formas de tratamento vão desde a indicação de anti-inflamatórios até a imobilização do membro afetado. Mas, em primeiro lugar, é preciso repouso.

Após um determinado período de tempo, a pessoa é aconselhada a fazer fisioterapia, para acelerar o processo de reabilitação. Uma das técnicas indicadas para a tendinite é a crioterapia – a aplicação de gelo. As massagens também são indicadas como auxiliares no tratamento.

No caso de tendinite de origem química, há médicos que indicam uma dieta alimentar especial, para prevenir a desidratação que pode ocorrer a nível dos tendões, e o consequente agravamento da doença. Essa dieta exige a eliminação de alimentos ácidos.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Massagem É Melhor Do Que Remédio Para Dor Nas Costas

Os pesquisadores de Seattle recrutaram 401 pacientes, a maioria de meia idade, mulheres, todas com dores crônicas na parte de baixo da coluna. Aquelas que receberam uma série de massagens relaxantes ou estruturais estavam mais dispostas a a trabalhar e eram mais ativas do que aquelas que tomavam medicamentos, incluindo analgésicos, anti-infalamtórios, relaxantes musculares ou que faziam terapia física, descobriram os pesquisadores.

O pesquisador que liderou o estudo, Daniel Cherkin, diretor do Instituto de Pesquisa grupo de saúde, disse que esperava que a massagem estrutural, que manipula especificamente os músculos das costas e os ligamentos, superaria o relaxamento, que promete um sentimento de bem-estar no corpo todo.
“Eu achei que a massagem estrutural seria pelo menos um pouco melhor, e não é esse o caso”, disse. “Se você está tendo problemas nas costas de maneira continua mesmo tendo utilizado medicamentos, massagem pode ser uma boa indicação. Acho que os resultados são bem fortes”, afirma.

O estudo, financiado pelo Centro Nacional de Medicina Alternativa e Complementar, um braço do Instituto de Saúde dos EUA, foi publicado no Annals of Internal Medicine.

Os participantes foram divididos em 3 grupos: massagem estrutural, massagem relaxante ou tratamento convencional (remédios). Aqueles no primeiro e segundo grupos receberam 1 hora de massagem por dia semanalmente durante 10 semanas.

Depois das 10 semanas, 78 daqueles que receberam qualquer um dos tipos de massagem disseram que suas dores nas costas estavam muito melhor ou haviam sumido, contra apenas 5 pacientes que tomaram remédios.

Aqueles nos grupos de massagem estavam duas vezes menos propensos a ficar na cama, usaram menos anti-inflamatórios e se engajaram em mais atividades do que o outro grupo.

Cherkin disse que outra vantagem é que a massagem é relativamente segura. Um dos 10 pacientes sentiram dor durante ou depois da massagem, mas a maioria afirmou que é uma ‘dor boa’, disse ele. “Um bom massagista vai estar em sintonia com o paciente e perguntar se está doendo.”

Um dos pontos questionáveis da pesquisa é que aqueles que recebiam medicamentos sabima que os demais estavam recebendo massagens e podem ter se sentindo desapontados ou excluídos, reportando maior dor, disse Robert Duarte, diretor do Centro de tratamento de dor de cabeça e dor, em Manhasset, N.Y. “Eu acho massagem pode ser útil para pacientes com dores nas costas, mas mais como uma terapia complementar.”

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Especialistas reconhecem importância da depilação no esporte


Na natação pode valer recordes, no ciclismo facilita as massagens e no fitness ajuda a mostrar um corpo bem definido. Três modalidades onde, diz quem sabe, os pêlos só atrapalham.

Natação: dos pés à cabeça
Num esporte onde cada centésimo de segundo pode decidir uma vitória ou um recorde, atletas e técnicos acreditam há muito que a depilação é um dos detalhes que ajudam a aumentar o rendimento desportivo na natação. Porém, no que toca a este assunto, a comunidade científica tem estado dividida. Não obstante, cada vez mais investigadores defendem as vantagens competitivas de um corpo sem pêlos.

É o caso de João Paulo Vilas-Boas, professor universitário e ex-treinador da seleção nacional de Portugal, para quem esta técnica ajuda claramente a melhorar o desempenho.

O docente da Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto explica que “a depilação é uma vantagem porque permite reduzir o arrasto de fricção imposta pela água”. Alguns autores desvalorizam o seu significado prático, mas “mesmo que isso resulte numa diferença de décimos ou centésimos de segundos, em termos cronométricos acaba por ser muito expressivo já que faz a diferença entre ganhar ou não ganhar e bater ou não bater um recorde”, acrescenta o autor do estudo “A importância da depilação no rendimento desportivo em natação” [*1].

O treinador olímpico de Portugal acrescenta a importância psicológica desta técnica, quanto mais não seja “pela percepção de velocidade e de deslizamento ou pela certeza de se ter feito tudo para estar ao mais alto nível”.

A verdade é que nenhum nadador de alta competição abdica da depilação e muitos até rapam também o cabelo, para poderem prescindir da touca, ou mesmo todo o corpo. No caso das mulheres, o cabelo comprido também pode ser uma dificuldade, por isso algumas atletas têm o cuidado de o colocar na touca de uma forma específica, semelhante aos capacetes dos ciclistas.

Ciclismo: pedalar sem pêlos
Tal como na natação, a aerodinâmica explica também parte da importância da depilação no ciclismo, mas a ausência de pêlos no corpo traz ainda outras vantagens à modalidade. Vítor Gamito, vencedor da Volta a Portugal em 2000, diz que “com velocidades elevadas nota-se bem a diferença do impacto do vento, sobretudo nas pernas”.

O ex-ciclista acrescenta outras 3 razões de peso para não dispensar a depilação: “uma está relacionada com a higiene, porque suamos muito e apanhamos muito lixo na estrada”, outra com a segurança, uma vez que ajuda a desinfetar e a fazer os curativos, e a última tem a ver com as massagens, que acabariam por “aquecer e arrancar os pêlos, provocando uma autêntica tortura”.

Vitor Gamito garante que hoje seria impensável encontrar um ciclista de topo sem depilação e que muitos até já o fazem também na zona do peito e das axilas.

Fitness: A cultura da depilação
Enquanto que na natação e no ciclismo a depilação traz várias vantagens competitivas, no mundo do fitness e do culturismo está relacionada sobretudo com razões estéticas. Luís Cerca, professor universitário e diretor técnico do Solplay Health Club, afirma que a ausência de pêlos “é já uma cultura nas academias”, sobretudo porque “dá a vantagem de ficar com o corpo mais limpo e liso, tornando mais perceptível a definição muscular”.

O master trainning do programa Les Mills diz que este sistema de treino foi o primeiro a incentivar e a dar o exemplo da depilação, “quando trouxe para Portugal um perfil internacional onde a imagem e o visual são muito importantes”. Hoje, cerca de 10 anos depois, depilar o corpo deixou de ser um tabú, assumindo-se cada vez mais como uma moda nas academias.

REFERÊNCIAS OU NOTAS:
[*1] – Vilas-Boas, J.P., A importância da depilação no rendimento desportivo em natação, Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Vol. 1 – Nº 2 – págs. 65-72, 2001

terça-feira, 19 de junho de 2012

Curso de Massagem e Alongamento em SP



O curso de Massagem e Alongamento é oferecido pela Universidade Gama Filho a todas as pessoas interessadas em aprender massagem que trabalhem com pessoas que pratiquem atividade física, estudantes de educação física, fisioterapia, estudantes de acupuntura, estudantes de massagem e massoterapeutas.

Desenvolver o aprendizado de movimentos de massagem e alongamentos para colaborar no relaxamento corporal, aliviar o stress físico e mental e aprender alongamentos dos meridianos chineses e alguns pontos que contribuirão para um bom cotidiano são alguns dos propósitos do curso de Massagem e Alongamento, ministrado pela professora Suzete Coló Rosetto.

Os objetivos específicos do curso são: Dominar os movimentos do toque perante a sensibilidade; atuar com alongamentos ativos e passivos; atuar nos pontos e trajetos dos meridianos chineses e aplicar uma sequência completa de massagem com alongamentos passivos e a utilização de pontos e trajetos de acupuntura para profissionais de educação física, fisioterapeutas, acupunturistas, massoterapeutas

O curso acontecerá das 8h às 18 horas no sábado e das 8h às 14 horas no domingo.

A metodologia do curso se resume em exposição dialogada e áudio visual com data show, demonstrações práticas, atividades práticas em grupo e em duplas

Carga Horária: 16h

Cidade: São Paulo
Data e Horário: 30/06 e 01/07/2012 (Sábado e domingo, das 8h às 16h)

Conteúdo Programático
- Apresentações;
- Definições e indicação (massagem e alongamento);
- Alongamentos ativos e preparatórios para o massagista;
- Movimentos de mãos em duplas. (em duplas e especificar quais os tipos de toque para contratura e stress)
- Trajetos dos meridianos;
- Localização de pontos de acupuntura;
- Alongamentos passivos em duplas;
- Sequência ombros, pescoço;
- Sequência para final de aula de ginástica em duplas, eventos e etc;
- Demonstração de seqüência básica (movimentos de massagem e alguns alongamentos passivos)
- Aplicação de sequência em duplas com correção de postura de atendimento.

Corpo Docente
Prof.ª Esp. Suzete Coló Roseto

Investimento
Até 20 dias antes do início do curso: R$ 60,00 + 1x R$ 130,00
Após 20 dias antes do início do curso: R$ 75,00 + 1x R$ 130,00

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Creatina reduz fadiga neuromuscular no ciclismo


Num estudo publicado no Journal of The International of Sports Nutrition, investigadores norte-americanos investigaram os efeitos registados no indicador “fadiga” provocados pela suplementação com creatina em mulheres que praticaram ciclismo estacionário (prática de ciclismo em bicicletas estáticas).

Quinze jovens saudáveis do sexo feminino participaram no estudo. Sete delas consumiram 20 gramas diárias de creatina após completarem um teste inicial numa bicicleta estática e antes de voltarem a repetir o mesmo teste. As restantes oito consumiram um placebo. Os cientistas recorreram à electromiografia para registar a atividade elétrica muscular das participantes e assim registar os níveis de fadiga.

As jovens que tomaram creatina puderam aguentar 14,5% mais tempo na prática da atividade física antes de mostrarem sinais de fadiga. Não se verificou nenhum tipo de aumento no grupo do placebo. Os autores do estudo concluíram: “Estes dados sugerem que 5 dias de suplementação com creatina nas mulheres pode ser uma estratégia eficiente para atrasar o aparecimento de fadiga neuromuscular durante o ciclo ergométrico” [*1].

[*1] – Smith, A.E. et. al., Effects of creatine loading on electromyographic fatigue threshold during cycle ergometry in college-aged women, Journal of The International of Sports Nutrition Vol. 4 – Nº20, Novembro 2007

domingo, 17 de junho de 2012

Saiba prestar os primeiros socorros em caso de contusão muscular


Uma pancada no futebol, mau jeito na musculação ou um tombo mais forte são causas comuns de contusão muscular, acidente que deixa marcas roxas (hematoma), provoca dor e até, em alguns casos, compromete os movimentos na região afetada. "Esse tipo de lesão agride os músculos e, às vezes, o tendão", afirma o fisioterapeuta Evaldo Bósio, da clínica Prime, de São Paulo. Os cuidados certos na hora em que pancada acontece são fundamentais para encurtar o tempo de recuperação e diminuir a gravidade do problema. Veja quais são os primeiros socorros no caso de uma contusão muscular e aprenda como reagir à situação.

Coloque uma bolsa de gelo

No momento do trauma é de grande importância o uso do gelo para evitar ao máximo o sangramento intramuscular e o hematoma na pele. "Esse procedimento impede que ocorra um processo inflamatório exagerado, que pode atrapalhar na cicatrização da lesão", afirma o educador físico Adriano Coronatto, personal trainer de São Paulo. Aplique uma bolsa de gelo envolta numa toalha de pano, por aproximadamente 30 minutos, na região afetada.

O especialista explica que cubos de gelo, embrulhados em saco plástico e toalha limpos, também funcionam. "O contato direto do gelo com a pele pode provocar queimaduras, por isso uma toalha é necessária". Evite também o uso de bolsa de água quente sobre esse tipo de lesão. Isso vai aumentar o sangramento, o hematoma, o processo inflamatório e a dor, já que o calor favorece a dilatação dos vasos e o sangramento local.
Eleve o membro afetado

"Se você bateu a perna ou o braço é interessante deixá-los numa altura acima do coração", explica Evaldo Bósio. Esse posicionamento permitirá que o sangue seja drenado dessa região em direção ao coração, melhorando o processo inflamatório e amenizando o sangramento. O acúmulo de sangue pode aumentar o hematoma na pele, gerando dor e queimação no local.
Comprima

Fazer uma compressão sobre o local da lesão também ajuda a evitar que um grande volume de sangue se desloque para a região afetada, já que o sangue enfrentará uma maior resistência para chegar à lesão, brecando o processo inflamatório. O fisioterapeuta Evaldo Bósio explica que a compressão pode ser feita até com a bolsa de gelo e uma faixa elástica ou toalha. A pressão tem que ser firme, mas não pode apertar demais ou doer. Mantenha a compressão até que seja feito o atendimento médico.

Proteja a região

Proteger a região lesionada é um dos cuidados mais básicos para quem sofre uma contusão, isso porque esse tipo de machucado pode esconder uma fratura ou outra lesão mais grave. "Quando a lesão acontecer nas pernas, evite pisar no chão e a mantenha sempre em elevação até que o diagnóstico médico seja feito", diz o fisioterapeuta Evaldo. Para os braços, vale imobilizar a região contundida com talas.

Mantenha repouso

Um tecido mantido em repouso após uma lesão se recupera de forma muito mais eficiente. "Mexer muito numa área lesionada pode agravar a lesão, já que as estruturas envolvidas na contusão podem se machucar ainda mais", afirma Adriano Coronatto. Além disso, evitar movimentos desnecessários é muito importante para que as dores não sejam agravadas. Essa conduta também evita que haja complicações de outras lesões ainda não diagnosticas. O tempo recomendado de descanso varia conforme a gravidade da lesão, mas costuma girar entre 24 e 48 horas.

Remédio só com prescrição médica

Antes de pulverizar uma área lesionada com spray, saiba que esses produtos apenas resfriam a área e dão uma sensação de frescor, por isso uma bolsa de gelo é mais eficiente. "Nunca faça uso de remédios por conta própria, o ideal é procurar é buscar uma prescrição médica para medicamento ou fisioterapia, quando houver necessidade", afirma Evaldo Bósio.

sábado, 16 de junho de 2012

Especialista do Into alerta sobre os perigos de fazer massagem sem orientação profissional



A prática da massagem traz inúmeros benefícios a quem a recebe, mas deve-se estar sempre alerta para eventuais riscos. Feitas sem avaliação prévia ou por pessoas sem habilitação, podem agravar problemas de saúde. De acordo com a coordenadora da fisioterapia do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (INTO), Márcia Botino, a boa intenção pode causar problemas como uma contratura muscular.

“As pessoas entendem a massagem como uma solução rápida para as dores, para os desconfortos, sobretudo musculares. O maior problema é que o leigo não tem conhecimento de anatomia, não sabe os pontos. O sentido correto da massagem, a pressão e a posição das mãos influenciam no resultado”, observa a fisioterapeuta. “A indicação terapêutica de massagem, feita por um massagista ou fisioterapeuta, leva em conta detalhes como o tempo e a técnica adequada”, completa.

Como qualquer outra terapia, a massagem envolve risco de agravamento do problema. Em pessoas com histórico de doença vascular, a massagem pode deslocar um embolo e causar danos irreversíveis. “Em pacientes com osteoporose muito avançada, a massagem feita com muita pressão ou um movimento de torção, pode causar uma fratura”, exemplifica a especialista. Ela cita que geralmente a massagem também não é indicada para pessoas com doenças de pele infecciosa, bolhas ou ferimentos que não estão curados.

A coordenadora da fisioterapia do INTO frisa que somente o profissional conhece as contraindicações. “Uma inocente massagem em um edema, para aliviar a dor, pode espalhar bactérias se for uma infecção. Mães que massageiam o tórax de crianças com secreção pulmonar, a resposta pode ser uma insuficiência respiratória”, alerta Márcia. “Só de nos observar, os familiares do paciente pensam que podem repetir em casa, que é fácil, simples. Não oriento fazer massagem em casa”, finaliza.


Fonte: Ana Paula Ferraz/ Comunicação Interna do Ministério da Saúde

sexta-feira, 15 de junho de 2012

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Ciclistas - Maximizando a recuperação pós treino


Um atleta amador ou profissional não deve apenas treinar corretamente para que consiga atingir os seus objetivos. Cuidados com a alimentação, vida social e rotina diária, incluindo o trabalho, devem ser levados em consideração para que o saldo final seja positivo. Mas não é só isso, pois a grande maioria das pessoas esquece ou talvez não saiba que o organismo necessite de um período de recuperação física e mental após os treinos. Não podemos associar o descanso somente a longas horas de sono, longe disso, pois este não é o melhor meio de equilibrar o organismo.

A recuperação excelente é um intercâmbio entre os âmbitos nutricional, físico-químico e mental do ser humano. Se nos recuperarmos de forma inteligente, melhor será o nosso desempenho nas próximas sessões e melhor será a nossa saúde geral.

Este tema é bastante discutido no meio acadêmico e chega a ser polêmico, pois existem vários meios para aperfeiçoar a recuperação e os mesmos dependem de vários fatores, tais como: Tipo de sobrecarga gerada através dos exercícios físicos, idade, experiência em relação ao treino, sexo, fatores externos (temperatura, umidade, fuso horário....), nutrição adequada e o estresse psicológico.

Devido a tudo isso algumas técnicas utilizadas por muitos atletas, que são de fácil acesso e de baixo custo.

Sauna: Os benefícios deste tipo de estratégia é o aumento da temperatura corporal, ativando mecanismos que favorecem a dilatação dos vasos e facilitando o aporte de oxigênio aos músculos. Alguns profissionais recomendam, pois afirmam que auxilia na maior formação de anticorpos, melhorando a defesa do organismo, principalmente nas vias respiratórias superiores. Além disso, como o suor não é composto apenas por água a transpiração na sauna leva a eliminação de uma série de resíduos do metabolismo.

Apesar disso, sauna tem algumas contra-indicações e recomendações: Ingerir líquidos SOMENTE antes e/ou após (evite freqüentar a sauna quando estiver desidratado), não freqüentar a sauna quando estiver muito debilitado ou em estado febril. Alem disso, nunca se exercite na sauna.

Massagem: Essa técnica é muito utilizada por ciclistas e pode beneficiá-los devido à diminuição das freqüências cardíaca e respiratória e a retardando ou inibindo as dores musculares de efeito tardio. Por experiência  a sensação que as sessões de massagem também auxiliavam no relaxamento mental.

Como existem vários tipos de massagem é importante que seja realizada por um profissional para que os resultados almejados sejam alcançados.

Algumas contra-indicações e recomendações são: não aplicar massagem sobre lesões recentes, fratura, doenças dermatológicas, tumores ou feridas abertas.

Alongamentos: meios que auxiliam a recuperação pós-treino, porém realizar alongamentos no cotidiano, com certeza, contribui também com a qualidade de vida das pessoas. Recomenda se que sejam realizados de forma sustentada (estática), lenta, controlada e nunca ultrapassando o limiar da dor. Quando os músculos e tendões não causam problemas por falta de mobilidade ou recuperação inadequada, os ciclistas conseguem suportar melhor os treinamentos mais árduos e de maior duração.

A recomendação é que realizem um aquecimento prévio antes de uma sessão de alongamentos, podendo ser um giro leve com a bike num intervalo entre 5 a 10 minutos.

A somatória de todos os meios para aperfeiçoar a recuperação, realmente, é a estratégia mais eficaz. Para isso, é necessário que vocês não se restrinjam apenas ao que eu citei acima e adotem mudanças de hábitos no cotidiano, tais como: hábitos alimentares saudáveis, pratica de exercícios físicos regularmente (pedalar é muito bom!) e de maneira agradável e diminuição do estresse psicológico.

Enfim, adotando uma visão holística, quando evitamos, ou, procuramos minimizar a rotina entediante e tomamos uma atitude positiva em relação a nós mesmos e com o que se encontra ao nosso redor, a recuperação tende a melhorar.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Massoterapia: benefícios para o corpo e para o bolso



Profissional de Educação Física também pode atuar como massoterapeuta. 

Após um treino longo e maçante, todo atleta deseja uma boa massagem para se recuperar. O que muitos não sabem, é que a massagem além de relaxar, age como um anti-inflamatório, capaz de aliviar dores musculares e reabilitar todos os músculos lesionados durante a atividade física.

De acordo com André Nessi, diretor do Instituto Nessi de Massoterapia de São Paulo, a massagem possui diversas finalidades e é normalmente procurada para fins terapêuticos, estéticos e esportivos. “Primeiramente, a massagem favorece a recuperação rápida do corpo após a prática de atividade física, e diminui as dores pós a prática. Além disso, a massagem melhora o condicionamento físico e o aspecto circulatório. A técnica garante uma resposta neuromuscular mais apropriada ao corpo, por conta dos estímulos que promove. É uma ação natural, uma ação rejuvenescedora”, afirma o diretor.

No início de 2012, um estudo realizado pela revista Science Translational Medicine comprovou que a massagem estimula a produção de sinais químicos no corpo, capazes de diminuir inflamações. Segundo o estudo, que contou com a participação de 11 atletas voluntários, 10 minutos de massagem já são suficientes para sentirmos os benefícios da técnica.

Como você pode ganhar dinheiro com massagem

A massoterapia é um ramo que oferece diversas oportunidades de trabalho ao profissional de educação física, como no esporte, SPAS, clínicas de estéticas, resorts, hotéis, eventos, academias, entre outros. É um mercado crescente e que é cada vez mais procurado pelas pessoas. Para André Nessi, essa procura aumentou por conta das pessoas começarem a optar pelos recursos naturais no seu dia a dia. “Cresce a preocupação das pessoas com a saúde e em serem vítimas de sequelas de medicamentos. Com isso, a massagem, acaba sendo atrativa e substitui os tradicionais remédios”, explica Nessi.

Porém, apesar de ser um setor crescente, a formação em massoterapia ainda é escassa, já que não existe graduação específica. Em cursos de Fisioterapia é possível encontrar matérias sobre massoterapia, porém possuem uma pequena carga horária. No caso, o profissional que tiver interesse em atuar nesta área deve buscar um curso técnico ou uma especialização. Atualmente, uma massagem varia entre R$ 60,00 até R$175,00 e tem duração de 1 hora.

Se você pensa em investir neste mercado, saiba o que as mulheres e os homens buscam na hora da massagem:

Mulheres

O ciclo menstrual é um período muitas vezes incômodo e desagradável para as mulheres. A maioria sofre de desconfortos abdominais e inchaços. Para isso, a massagem acaba sendo uma ótima opção para a retenção de líquidos. Com a massagem, é possível diminuir os desconfortos e dores, principalmente nas costas. Além do que, a massagem somada a produtos com princípios ativos conseguem resultados estéticos de qualidade, como diminuição de estrias e celulites. Lembrando que, a massagem não emagrece, mas auxilia na redução de medidas e edemas (inchaços das células gordurosas).

Homens

Normalmente, o homem ao praticar atividade física busca sempre superar seus limites, aumentando a cada treino mais a sua carga de exercícios. Sendo assim, muitas vezes, os treinos masculinos são mais densos e exigem muito mais dos músculos. Quando o treino acaba, a tensão muscular também é maior, e a massagem é uma boa opção para aliviar a tensão, e por isso, os homens buscam a massagem para relaxamento muscular.

Aline Fraga,  PortalEF

terça-feira, 12 de junho de 2012

Massagem desportiva/Recuperação para ciclistas



A massagem desportiva ajuda a retirar dores musculares após atividades físicas. Se realizadas por um terapeuta que domine bem a técnica, permitir-lhe-ão obter uma maior performance no ciclismo, uma vez que facilita a eliminação de acido láctico, elimina contraturas e hematomas do esforço e permite uma recuperação mais eficaz após esforço.

A massagem de recuperação ativa toda a massa muscular, para uma melhor tonificação dos músculos, e é direcionada para aqueles que procuram uma melhor qualidade de treino e uma evolução mais rápida e um maior bem estar.

 “Provavelmente o fator mais importante para o progresso do ciclista seja a sua capacidade para recuperar devidamente”, diz Rick Crawford, um treinador de ciclismo . “E provavelmente é o fator mais ignorado”. 

O problema essencial é este: o ciclismo é um desporto duro, e os ciclistas competitivos são pessoas rijas acostumadas ao sofrimento e à dor. De fato, é em primeiro lugar por isso que muitos são atraídos para este desporto. Está verdade  é positivo, mas nem todo o sofrimento do mundo fará de si um bom ciclista se não der espaço à recuperação. Lembre-se: quando treina, está efetivamente a destruir tecido muscular. E durante o período de recuperação que ele é regenerado, regressando mais forte do que anteriormente.

Para o ciclista empenhado, a recuperação deve ser tida em conta em tudo o que faça fora da bicicleta. Deve ditar como e quando alimentar-se, dormir, e relaxar. Há um velho ditado no mundo do ciclismo que diz: nunca corras quando puderes andar, nunca andes quando puderes ficar parado de pé, nunca fiques de pé se puderes sentar e nunca te sentes se puderes deitar-se. A regra, mais do que a excepção, é sestas diárias e massagens, e durante o pico de treino e de provas, os deveres caseiros devem ser deixados para as esposas compreensivas ou para ajuda contratada.

Parece satisfatório, não é verdade? Mas para a maioria de nós, um tal estilo de vida centrado no ciclismo é tão realista como uma excursão de fim-de-semana a Marte. Todavia, há muita coisa que pode fazer para melhorar a recuperação, mesmo dentro dos limites de uma vida atarefada sem bicicleta.

Primeiro, veja o que pode fazer na bicicleta para ajudar à recuperação. A coisa mais importante é consumir os hidratos de carbono adequados para não cavar uma cova demasiado funda para si. Isso significa encher os cantis com bebidas desportivas em todos os percursos com mais de 60 minutos e encher os bolsos  com refeições leves e géis energéticos. Aponte para cerca de 300 calorias por hora, provenientes de uma fonte que tenha um rácio hidratos de carbono - proteínas de aproximadamente 4:1, que é o rácio ideal para manter o glicogénio armazenado e os músculos alimentados. No fim de percursos longos (mais de 90 minutos), certifique-se que repõe o glicogénio armazenado nos 30 minutos seguintes com um lanche rico em hidratos de carbono (ou uma refeição, se estiver na hora de refeição).

Outro truque para a recuperação em cima da bicicleta é assegurar-se que inclui um período de arrefecimento apropriado no final do percurso. Isso deve consistir em 20 minutos de pedalada fácil a uma cadência elevada (100 a 110 rpm), que ajuda a eliminar o ácido láctico dos músculos. Se possível, depois de um dia de treino particularmente duro ou de provas, vale a pena pedalar 15 a 30 minutos à noite. O melhor lugar para o fazer é num equipamento de treino dentro de casa, não só porque é mais eficiente em tempo como é mais fácil monitorizar o seu esforço.

Sesta: sempre que possa tirar uma soneca, faça-o, mesmo que seja apenas durante 20 minutos. Dormir é crucial para a produção de hormonios do crescimento, que são um fator importantíssimo no aumento da força e da forma física (é por isso que alguns atletas recorrem a doping ilegal com hormonios do crescimento).

Massagens: Não tem meios para pagar massagens regulares? Então efetue massagens em si próprio levantando as pernas e trabalhando de cima para baixo, certificando-se que chega à barriga das pernas, músculos isqueo-tibiais e quadricípites. Mesmo que seja só durante alguns minutos por dia pode fazer uma diferença enorme. Se puder pagá-las, não faça cerimónia e vá a uma massagem profissional, mesmo que seja apenas algumas vezes durante o decurso da época. Procure marcá-las de modo a caírem no dia a seguir a uma sessão de treino dura ou a uma prova.

Mantenha-se hidratado: tenha uma garrafa de água no seu trabalho e no seu carro, e beba dela frequentemente. Controle a sua urina; se não for incolor ou amarelo pálido, beba mais.

Evite o álcool: um copo de vinho ao jantar não prejudicará seja o que for (e até pode ajudar; o vinho tinto é rico em antioxidantes), mas beber até ficar bêbedo fá-lo-á. Adie as impregnações para o período fora da época.

Alimente-se convenientemente: isto já você sabia, não é verdade?

Lide com o «stress»: não consinta que os stresses devidos aos aborrecimentos da vida se acumulem e cresçam. Quando o stress surgir (como acontecerá invariavelmente), sirva-se das suas capacidades para resolver problemas para lhe fazer frente e continue em frente. O dar guarida a situações stressantes e o viver em stress são assassinos da recuperação e terão um impacto extremamente negativo no seu treino.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Massoterapeuta Austríaco equilibra energias da equipe olímpica de judô que vai para Londres




Peter Strubreiter já está há dois anos no Brasil

Peter Strubreiter, que trabalha com massoterapia, veio para o Brasil por causa da namorada mas se adiantou e mandou currículo para a Confederação de Judô; ganhou o emprego e vai para Londres com os atletas brasileiros. Lucio Mattos/CBJ

Tem austríaco na beira do tatame da equipe de judô que até já virou brasileiro: Peter Strubreiter, de 31 anos, já em sua segunda temporada no país, que trabalha com massoterapia. É ele o responsável pelo equilíbrio de articulações, mas também de pontos de energia no corpo dos atletas que se preparam para a Olimpíada de Londres (entre 27 de julho e 12 de agosto).

Peter explica que a técnica, que estudou por três anos na cidade de Linz, soma aspectos físicos e energia.

- Passei a me interessar pela massoterapia por minha causa mesmo, depois de várias operações e muita fisioterapia. Lutava na categoria -66 kg e passei por uma cirurgia em cada joelho, problemas no tornozelo, no ombro. Assim, ,, .

Nadador, judoca, velejador: dor é “diferente” para cada um

Formado, o ex-judoca passou a trabalhar em clínica e logo foi chamado por equipes de alto nível. Assim, acumula experiência com atletas de natação, de vela e de judô. E percebeu algumas características interessantes, em relação aos atletas desses esportes.

- O nadador é mais sensível, vamos dizer assim. Não estão acostumados com contato, com pancada, e assim uma coisa pequena se torna muito grande, se compararmos com os outros. Eles não têm essa rotina de dor que, para eles, é diferente. Os judocas têm machucados mais graves – e em todo lugar: é tornozelo, é joelho, ombro, pescoço… cotovelo… Os velejadores também são muito “quebrados” – fora que quando o vento é pouco ficam muito tempo parados em uma mesma posição e o desgaste muscular é muito grande!

Ativando e desativando pontos

A tensão aparece principalmente às vésperas das competições e é preciso ativar – e desativar – pontos de energia, para conseguir equilíbrio.

- Por exemplo: em determinados momentos a energia vai toda para coração e rins, por uma questão de “sobrevivência”. É preciso que seja mais distribuída – lembrando que no esporte de alto nível os detalhes são fundamentais.

O austríaco veio para o Brasil por causa da namorada – mas se adiantou e enviou currículo para a CBJ (Confederação Brasileira de Judô). Ganhou o emprego e segue neste ciclo olímpico. Vai para Sheffield junto com os judocas – a equipe brasileira ficará fora da Vila Olímpica por melhor concentração.

- É verdade que os brasileiros são mais abertos, no geral, em relação a técnicas paralelas que ajudam na preparação. Mas também acho que ter sido judoca facilitou que se interessassem pelo trabalho.

domingo, 10 de junho de 2012

Auto-massagem para Ciclistas


Felizmente, você pode colher muitos dos benefícios, mesmo se você não tem um massagista de plantão

Tente a rotina
Sente-se em uma toalha, ou na borda de uma cama ou cadeira. Com as mãos nas laterais das coxas, faça movimentos rápidos para cima e para baixo, soltando os músculos superior  da sua perna como se você fosse escovar migalhas de suas mãos. Trabalhe seu caminho até sua perna, soltando o seu quadríceps, isquiotibiais e panturrilha.

Alterne as pernas após um minuto.

Aplique algumas gotas de óleo de massagem com óleo de oliva ou uma pitada na sua coxa superior. Use os dedos para massagear lentamente o seu quadríceps e isquiotibiais, movendo-se para cima de seu joelho. Após um minuto ou dois, inverter a direção ao aplicar mais pressão.

Repita o processo em sua outra coxa e parte inferior das pernas.

Tempo certo

Massagem profunda pode irritar as terminações nervosas, causando dor, para evitá-lo a noite antes de um evento. Porque o seu corpo desvia sangue do que os músculos do estômago durante a digestão, Barrett recomenda terminar o trabalho de massagem antes das refeições.

Mas manter-se hidratado: Fluidos ajuda a eliminar as toxinas dos músculos cansados.



Clique no link acima para assistir o vídeo com algumas dicas de massagens específicas para ciclistas, do massagista da equipe Caisse D'epargne, Vicente Iza.

Frase

sábado, 9 de junho de 2012

Alem dos alongamentos uma massagem após a pedalada pode ajudar




Com certeza, a massagem principalmente a profunda irá aumentar a circulação local e diminuir a rigidez e o espasmo muscular. Logo depois aplicamos o alongamento para garantir a extensibilidade dos tecidos moles, liberando de forma específica os pontos gatilhos (pontos de dor). A massagem no atleta pode ser local com ênfase na dor, ou uma massagem completa com intuito de relaxamento muscular . Geralmente é realizada uma massagem terapêutica.

Para todas as formas de exercício, desde o atletismo até a dança ou o ciclismo, a massagem tem um valor tremendo para o condicionamento do corpo para a ação, relaxamento e cura de lesão. Antes do exercicio, a massagem deve ser aplicada como complemento de uma rotina de aquecimento e alongamento. Depois de exercicio, necessitamos alguns momentos de repouso para restaurar o equilibrio metabólico em nossos músculos.

A massagem ajuda os musculos a retornar a sua capacidade original com maior rapidez do que o repouso, por melhorar a circulação e ajudar na remoção dos produtos do mebolismo. A massagem localizada tambem alivia as cãibras, a fibrosite e acelera o tempo de recuperação das lacerações musculares e tendinosas, as torções e as luxações. Muitos atletas declaram que correm melhor depois de uma sessão de massagem, porque não só seus pes ficam mais soltos, mas o corpo inteiro fica tonificado e relaxado.

MASSAGEM ANTES DO EXERCíCIO

Uma massagem estimulante, recebida preferilmente um dia antes de qualquer forma de exercicio intenso ou prolonado, condicionará o corpo e ajudará a prepará-lo para o esforço futuro. Ajuda a evitar problemas como cãibras e enrijecimentos.

RELAXAMENTO APÓS O EXERCÍCIO

Ajuda na drenagem dos produtos do catabolismo (desassimilação) que podem ter se acumulado nos tecidos, e no relaxamento dos musculos cansados, alem de fazer com que ocorra o aporte de sangue fresco.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Massagem para ciclistas



Todos os Ciclistas devem ser massageados pelo menos uma vez por semana. A massagem é benéfica, porque ajuda a extrair a quantidade de ácido láctico que se vai acumulando nos músculos com os variados esforços que o atleta se vai submetendo ao longo da semana.

Para facilitar o manejar das mãos na massagem, deve usar creme especiais ou produtos oleosos de fácil remoção. Não se devem empregar pomadas, uma vez que vão obstruir a passagem do ácido láctico e consequentemente a respiração.

Nas provas por etapas, os atletas devem ser massageados assim que acabam de tomar uma ducha e de fazerem os exercícios de alongamentos musculares. Evite a massagem depois das refeições. Só em casos em que não haja tempo de fazê-lo antes da refeição.

Cada atleta deve ser submetido à pelo menos 45 minutos de massagem e pelos menos ½ hora para os músculos das pernas, começando pelos músculos flexores e depois os gêmeos e não esquecendo a sola dos pés.

Começar lentamente sempre no sentido do de baixo para cima, deixando de comprimir lentamente na mesma proporção que se iniciou.

Não se devem massagear os atletas antes das provas, porque nesse caso só os músculos é que estão quentes, enquanto os outros órgãos estão frios. Aconselha-se um bom aquecimento de maneira a aquecer todos os órgãos ao mesmo tempo.

A massagem traz vários benefícios para o organismo: relaxamento dos músculos tensos, alívio da dor muscular, melhora da circulação sanguínea, além de ser um instrumento importante no combate ao estresse, tão comum no mundo moderno.
A massagem com certeza é muito importante e vale ressaltar que para uma boa massagem o atleta tem que estar depilado para facilitar o deslizamento das mãos.Aqueles que não se depilam, perceberão como é pior a massagem sob pêlos.


quarta-feira, 6 de junho de 2012

Campeonato Brasileiro de Ciclismo Master



CAMPEONATO BRASILEIRO DE CICLISMO MASTER E SUB 30 2012 - SERÁ EM BRASÍLIA!

Está confirmado! O próximo Campeonato Brasileiro de Ciclismo Master e Sub 30 será realizado na Capital Federal no período de 15 a 17 de junho. A competição consistirá na disputa de um contra relógio de aproximadamente 10 quilômetros e uma prova de estrada de 75 quilômetros, a tradicional Volta ao Lago.

O período será excelente pois não se chocará com nenhuma outra grande prova do calendário master nacional e há tempo suficiente para quem está meio desanimado tomar fôlego para competir em pé de igualdade.

Neste Brasileiro, os CINCO primeiros colocados de cada categoria terão direito a troféu, dinheiro para os TRÊS primeiros e brindes sensacionais!

Para se federar basta levar um atestado médico nas lojas Ciclo Miroir ou Leão Bikes. Aqui em Brasília a federação é GRATUITA! Deixe de manha, faça parte da principal prova do calendário Master do ano! Atletas de Brasília, a prova é no quintal de vocês, participem!

Para quem não é de Brasília, vale dizer que a prova de estrada será no percurso mais tradicional da cidade, a Volta ao Lago! Um ótimo trajeto ao redor de um dos maiores cartões postais da Capital Federal, o Lago Paranoá.

Cada categoria largará separadamente, você disputará apenas com atletas de sua faixa etária, o que torna a prova mais justa e competitiva.

No contra relógio também teremos troféu até o quinto colocado e premiação em dinheiro. O percurso é totalmente plano (apenas 25 metros de desnível) e a disputa vai ser linda! Você vai cinco e volta cinco, é velocidade o tempo inteiro!

Durante a prova será realizada degustação de energéticos Sport Muscle distribuídos pela Mega Força Nutrição Esportiva, empresa que montará uma tenda em que além de degustar você poderá também adquirir seus suplementos para tomar antes, durante e depois da prova.

Vale lembrar que os atletas de Brasília poderão se federar enviando as informações necessárias para o email bike.fitness.miroir@gmail.com e aguardar o seu número.


Se você já tiver se federado alguma vez, basta renovar pelo email enviando cópia de atestado médico atual scaneado. Caso você tenha o número, inscreva-se agora para aproveitar o desconto e renove o quanto antes sua filiação. É gratuito!

Diferença entre a massagem desportiva e a relaxante



A massagem desportiva é a massagem ideal para pessoas que fazem algum tipo de esporte, seja como profissão, hobby ou como amador. Ela traz uma série de benefícios, mas preventivamente deixa o corpo e a musculatura mais saudável. A grande diferença entre a massagem desportiva e a relaxante, é o toque, que é mais profundo, para otimizar o sistema circulatório, melhorando a qualidade da circulação sanguínea no músculo, proporcionando uma recuperação mais eficaz depois um esforço físico.

A massagem desportiva normalmente é personalizada para cada atleta, considerando o esporte praticado e onde o atleta se encontra dentro da área de atuação. O tratamento varia muito entre períodos de treino e competiçãoA hora certa para realizar a massagem desportiva é após a atividade ou durante os treinos intensos, mas se você adaptar o seu corpo a receber a massagem uma vez por semana os benefícios são imensos.A massagem antes do treino é usada como um suplemento ao atleta, pois melhora a circulação e reduz o excesso de tensão tanto mental como dos músculos. A massagem também melhora a flexibilidade dos tecidos, preparando o atleta para sua performance máxima.

A massagem depois de um treino tem como principal objetivo a redução dos espasmos musculares e redução de substâncias liberadas pelo metabolismo durante o exercício vigoroso, acelerado o processo de recuperação do corpo, melhorando o retorno dos atletas ao treinamento, reduzindo assim o risco de lesões.

Beneficios:

- Evita lesões musculares;
- Recupera e prepara o corpo para o esporte;
- Aumenta rentabilidade física;
- Acelera processo de recuperação do corpo;
- Diminui o ritmo cardíaco e respiratório;
- Promove relaxamento mental.

A sua performance durante a atividade física vai melhorar, você não irá sentir aquela dor provocada pelo ácido lático e vai deixar o músculo saudável pronto para a próxima atividade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails