Páginas

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O que as vértebras mal posicionadas podem causar?


A Região Cervical é constituída por sete (7) vértebras localizadas no pescoço. A primeira vértebra se chama Atlas e se articula com o crânio possibilitando flexão e extensão da cabeça sobre a coluna vertebral cervical, bem como suportando seu peso. O Axis é a segunda vértebra cervical e apresenta uma apófise (saliência) na sua região anterior que se projeta para cima, penetrando o plano horizontal do canal vertebral da primeira vértebra, articulando-se com a parte posterior de seu anel anterior. O Atlas não tem um corpo vertebral como a maioria das demais vértebras.
 
A Região Torácica é constituída de doze (12) vértebras que também servem para a inserção das costelas.
 
A Região Lombar é constituída por cinco (5) vértebras maiores e é esta região que suporta todo o peso do tronco, dos membros superiores, do pescoço e da cabeça quando estamos na posição sentada ou em pé. Na região da coluna vertebral lombar na altura entre a primeira e a segunda vértebra ( L1 e L2 ) termina a medula nervosa espinhal dentro do canal vertebral em uma formação conhecida como cone medular. A partir do cone parte um aglomerado de raízes nervosas conhecido como cauda equina. Em pares, as raízes nervosas espinhais estendem-se até a parte lateral do canal vertebral, sendo uma raiz de cada lado, saindo pelo foramen lateral.
 
Abaixo da região lombar, sendo parte da bacia, a Região Sacrococcígea é composta pelo osso sacro que é resultado da fusão de cinco (5) vértebras. Um de cada lado, este conjunto se articula com os ossos ilíacos do quadril, que se articula com os fêmures.
O Osso Cóccix é formado pela fusão das últimas quatro vértebras.

Possíveis sintomas causados por vértebras mal posicionadas:Região Cervical

C1 – Dores de Cabeça, Nervosismo, Insônia, Resfriados, Hipertensão Arterial, Enxaquecas, Amnésia, Cansaço Crônico e Vertigens.
C2 – Alergias, Estrabismo, Casos de Cegueira.
C3 – Nervalgia, Acnes e Eczemas.
C4 – Perda de Audição.
C5 – Dores de Garganta, Laringite, Ronquidão.
C6 – Rigidez no Pescoço, Dores nos Braços, Amigdalite.
C7 – Problemas na Tireóide, Bursite, Resfriados.
Região Toráxica
T1 – Asma, Resfriados, Dores nos Braços, Mãos.
T2 – Coração, Tórax, Dor na Região Superior das Costas.
T3 – Bronquite, Pneumonia, Pleurite.
T4 – Vesícula Biliar, Icterícia, Herps.
T5 – Fígado, Febre, Hipertensão Arterial, Anemia, Deficiência Circulatória.
T6 – Problemas Gástricos, Nervos, Indigestão.
T7 – Úlceras, Gastrites.
T8 – Soluços, Baixa Resistência.
T9 – Alergias, Urticárias.
T10 – Problemas Renais, Rigidez nas Artérias, Nefrites e Cansaço.
T11 – Acnes, Eczemas, Furúnculos.
T12 – Reumatismo, Gazes, Certos Casos de Esterelidade.
Região Lombar
L1 – Constipação, Colite, Disenteria, Diarréia, alguns tipos de hérnia inguinais.
L2 – Cãimbras, Acidose, Veias Varicosas.
L3 – Problemas da bexiga, Dor Menstrual, Corrimento, abortos, Impotência, Dor no Joelho.
L4 – Ciática, Lombalgias, Lumbago agudo, Dificuldade ou dor para urinar ou aumento de frequência.
L5 – Inchaço dos Tornozelos, Pernas e Cãimbas
Região do Sacro
Alterações da articulação sacroilíaca, curvatura da coluna.
Coccix
Hemorróidas, Prurites, Dores na Região Terminal da Espinha.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Massagem auxilia na recuperação da musculatura depois do exercício


 Além de amenizar os desconfortos e pequenas dores que aparecem após os treinamentos, relaxamento também serve de prevenção para as lesões
A situação é bastante comum entre corredores amadores. Basta você participar de uma prova desgastante ou treinamento puxado que os desconfortos e pequenas dores logo aparecem. Por conta disso, muitos atletas aliviam o incômodo através da massagem esportiva. Essa receita é bem simples: massagear as áreas que sofrem maior pressão após os treinos e corridas ajudam o atleta a conseguir uma recuperação muscular mais rápida e eficaz.
Corrida eu atleta (Foto: Nelson Veiga / Globoesporte.com)Para conseguir uma recuperação muscular eficaz, atletas procuram a massagem (Foto: Nelson Veiga)
O desgaste muscular acontece porque após a atividade o nosso corpo produz ácido lático, que ocasiona as dores musculares e cãibras. A massagem possui a função de elevar a quantidade de oxigênio levado para os músculos, aumentando a circulação sanguínea e ajudando o corpo a se livrar mais rápido de toxinas.
Prevenção de lesões e cuidados
eu atleta maratona de revezamento do Rio (Foto: Igor Christ/Globoesporte.com)Wilson Gabriel recebe massagem para amenizar
as dores na lombar após prova (Foto: Igor Christ)
Realizada uma ou duas vezes na semana, a massagem pode servir como prevenção, caso seja aplicada de forma regular. Deve ser feita com manobras de deslizamento, profundas e suaves, nos locais que mais incomodam, no sentindo das articulações.
-  Os atletas reclamam muito de dores nas pernas, pés e costas geralmente após provas que são mais longas, como de 10km ou 21km. Mas, para que se sintam aliviados e renovados, temos que saber reconhecer o histórico de lesões deles para não agravar o problema. Tem aumentado muito o número de pessoas que recorrem à massagem para amenizar as dores. Até mesmo nas semanas que antecedem as provas - disse a massoterapeuta Verônica Galvão, que oferece esse serviço em corridas de rua há dois anos.
É o caso do carioca Wilson Gabriel Dias, de 48 anos. Depois de correr os 5km de uma prova de revezamento, a dor na lombar o levou direto para a maca de Verônica, localizada à beira da pista. O alívio após 20 minutos de sessão foi imediato.
- Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Saí da prova com as costas doendo muito. Depois de receber a massagem, me senti rejuvenescido e preparado para voltar ao dia-a-dia normal. Agora, pretendo fazer mais sessões para evitar que eu sinta esse incômodo de novo - contou.
Com o aumento dos serviços de relaxamento em tendas de equipes, acessorias e empresas nos eventos, alguns atletas amadores têm procurado a massagem antes da largada da prova. David Homsi, fisioterapeuta e especialista do EU ATLETA, no entanto, faz um alerta sobre isso:
- Não recomendo, pois pode provocar um relaxamento muscular e assim também prejudicará o desempenho do corredor. É preciso ter cuidado - afirmou.
Bons resultados
É importante deixar claro que a massagem serve para complementar os tratamentos tradicionais nos casos de dores e contusões
O paulista Alexander Gomes treina de quatro a seis vezes por semana e é um dos adeptos das massagens quase sempre no segundo dia após os treinos mais longos e provas. Ele conta que tem conseguido bons resultados com o relaxamento muscular.
- Eu sempre me alongo após os treinos, mas os de maior duração deixam alguma contratura, que mesmo pequena pode ser liberada pela massagem. Se você não soltar isso, pode acabar se tornando um lesão mais séria e que vai te atrapalhar no treinamento - disse.


Alexander, que faz sessões de massagem de forma regular, destaca que o trabalho com o mesmo fisioterapeuta ou massoterapeuta é importante para prevenir as lesões.

- Ele vai te dizer os pontos de tensão que estão repetitivos no tempo certo de fazer uma ação preventiva sobre isso - encerrou.
É importante deixar claro que a massagem serve apenas para complementar os tratamentos tradicionais nos casos de contusões e dores, já que um número cada vez maior de pesquisas documenta sua eficiência. Ou seja, as lesões mais sérias devem ser tratadas por um médico.

Por 

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Exercícios de Jump equivalem a uma sessão de drenagem linfática

 
As celulites são um verdadeiro pesadelo na vida das mulheres, principalmente daquelas que passam muito tempo sentadas. Sabemos bem como ficar em uma única posição pode bloquear a circulação e contribuir para o aparecimento dos temíveis furinhos.
 
Se você, assim como todas as mulheres, quer se livrar delas de uma vez por todas, aposte nas aulas de Jump Fitness ou Power Jump. Ou seja, exercícios realizados em cima do mini-trampolim.

Para quem não acredita, saiba que os movimentos realizados na cama elástica aliam drenagem linfática, resistência e movimentos de alta contração dos músculos das pernas, além de promover uma perda de 700 calorias em uma hora. Comparado com massagens corporais, as aulas de Jump trazem resultados muito mais eficazes. Isso porque a massagem não provoca a contração voluntária dos músculos, ao contrário do exercício físico que realiza uma contração gerada pelo próprio músculo em atividade.

Os movimentos de saltos realizados em cima do mini-trampolim geram uma grande contração dos músculos dos membros inferiores, gerando ao redor dos vasos linfáticos uma compressão capaz de provocar uma curva ascendente muito maior do direcionamento da linfa para a bexiga. Isto explica o desejo em urinar logo após a aula.
 
Mas, não é só isso, o educador físico Sandro Costa da Body Systems também destaca a desobstrução da corrente sanguínea, combate a edemas e auxílio aos gânglios na excreção das toxinas por meio dos órgãos responsáveis: rins, intestinos e glândulas.

"A linfa é o resultado de um sistema de filtragem do sangue que ocorre nos gânglios, responsáveis pelo sistema de defesa natural e que produzem um líquido formado por proteínas e toxinas, expelidas do corpo por meio do sistema linfático. Este processo pode ser lento ou dificultado por fatores como maus hábitos alimentares, sedentarismo, stress e acúmulo de ácido lático", explica Costa.

O educador físico ainda lembra que a aula é contraindicada a gestantes, pessoas com labirintite não medicada e praticantes que apresentam grandes instabilidades nas articulações dos membros inferiores, como tornozelos, joelhos e quadril.

Benefícios:
- Eliminação dos ácidos láticos
- Desintoxicação dos tecidos
- Modelagem da gordura localizada


Por Paula Perdiz

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Você sabe quando se preocupar com estalos no corpo?

Estalos ao se espreguiçar, estalos ao agachar, estalos ao descer escadas e até mesmo durante a prática de exercícios. Mas, afinal, o que são esses sons que nosso corpo produz? Segundo o reumatologista Geraldo Castelar, da Sociedade Brasileira de Reumatologia, até hoje ainda não se sabe exatamente a causa dos estalos que produzimos. "O que temos são apenas hipóteses", afirma. Uma delas é a de que o ruído é resultado da interação entre os tendões e uma espécie de tubo que os reveste quando entramos em movimento. Outra é a de que os estalos são decorrentes da formação de bolhas de ar dentro do líquido que reveste as articulações.

De um jeito ou de outro, a grande dúvida que fica é: eles são ou não prejudiciais? Para saber quando se preocupar com esses estalos, conversamos com especialistas  que você confere a seguir.
 
Pergunta: Estalar articulações e tendões nos primeiros movimentos do dia é:
Resposta Completamente normal

Nota: De acordo com o reumatologista Geraldo, é normal o corpo estalar nos primeiros movimentos do dia. "Ao espreguiçar, esticar os braços ou mesmo descer uma escada, forçamos tendões e articulações que permaneceram muito tempo em repouso", explica. Também é normal não conseguir repetir o mesmo estalo depois, pois essas estruturas já foram forçadas e entraram em movimento.
 
Pergunta: Ao perceber um estalo incomum que se repete durante a prática de um exercício, o ideal é:
Resposta Checar com um profissional se o movimento está correto

Nota: "Como a maior parte dos estalos não indica lesão, ainda mais quando não há dor, não há motivo para abandonar o exercício", aponta o ortopedista Antonio Carlos da Costa, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Entretanto, se o estalo só acontece durante a prática de determinado exercício, é possível que o movimento realizado esteja incorreto. Nesses casos, é melhor consultar um educador físico.
 
Pergunta: Estalar os dedos faz com que eles fiquem mais grossos?
 Resposta Não

Nota: "O engrossamento dos dedos é sinal de um processo degenerativo e ainda não há estudos mostrando que estalos são prejudiciais", afirma o reumatologista Geraldo. Segundo o especialista, a osteoartrose, chamada popularmente de problemas nas juntas, tem como causas principais a idade e a herança genética. Um dos poucos fatores mecânicos que poderia contribuir com a doença é a solicitação exagerada dessas juntas. "Isso acontece com pessoas que trabalham em uma linha de montagem, por exemplo, realizando movimentos repetitivos horas a fio."
 
Pergunta: Devo consultar um médico sobre estalos no corpo quando:
 Resposta O estalo provocar dor

Nota: Como estalos não são entendidos como uma manifestação perigosa, a única razão para buscar um especialista seria sentir dor. "Algumas pessoas estalam mais do que outras, mas apenas a sensação de desconforto deve ser motivo para ir ao consultório", aponta o ortopedista Antonio. Nesses casos, procure um reumatologista ou ortopedista.
 
Pergunta: Estalos tendem a ser menos comuns entre:
Resposta Pessoas que praticam exercícios regularmente

Nota: Segundo o reumatologista Geraldo, estalos costumam ser menos comuns entre pessoas que praticam exercícios regularmente. "Isso acontece porque a estrutura muscular fica equilibrada e fortificada, exigindo menos das articulações", explica. Além disso, quem treina com frequência adquire melhor postura e realiza movimentos mais calculados. "Desse modo, o indivíduo está fisicamente melhor preparado e tende a ser menos ruidoso", complementa.
 
Pergunta 6: Estalos no corpo:                       
Resposta : Não estão relacionados a doenças

Nota: "Até o momento, não há provas de que estalos sejam prejudiciais", diz o ortopedista Antonio. Segundo ele, estudos já tentaram mostrar a relação entre patologias, como a artrose, mas os resultados não foram significativos.
 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Massagem melhora imunidade mostra estudo

 
Pesquisadores do departamento de psiquiatria e neurociências do Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles (EUA), descobriram que uma simples sessão de massagem é capaz de melhorar a imunidade de uma pessoa.

Segundo os pesquisadores, cerca de 9% dos adultos que residem nos EUA passaram por ao menos uma sessão de massagem no último ano. "As pessoas sempre buscaram a massagem como parte de uma vida saudável, mas até agora não havia provas de que a terapia pudesse melhorar a resposta imunológica", explica Mark Rapaport, médico responsável pelo departamento.
 
A pesquisa avaliou dois grupos: um deles, com 29 pessoas, foi submetido a 45 minutos de massagem sueca (parecida com a massagem clássica ou relaxante que conhecemos no Brasil) e o outro, de 24 pessoas, recebeu apenas toques leves no corpo. Todos os participantes tiveram amostras de sangue coletado cinco minutos antes da sessão, e 5, 10, 15, 30 e 60 minutos após a massagem.
 
O grupo que recebeu a massagem sueca apresentou, entre outras alterações, mudanças significativas no nível de leucócitos (glóbulos brancos do sangue) e uma redução nos níveis de cortisol, o hormônio do estresse.
 
O estudo será publicado na edição de outubro do Journal of Alternative and Complementary Medicine.
 
 
(matéria publicada no UOL noticias)

domingo, 25 de novembro de 2012

EXERCÍCIO FÍSICO E MASSAGEM PARA AS CÉLULAS - COMBINAÇÃO PERFEITA!

EXERCÍCIO FÍSICO E MASSAGEM PARA AS CÉLULAS - COMBINAÇÃO PERFEITA!
Você pode fazer todos exercícios e atividades, desde alongamentos, Pilates, RPG, Power Pilates, Yoga lates, Feldenkrais, Reeducação postural,Mat pilates, Musculação, Power fit, Treinamento funcional, mas nenhum deles completará você integralmente.
Nosso corpo (células) necessitam de contato ,toque e manipulação, ele merece e precisa de cuidados que vão além do exercício... Complemente seus exercícios com Terapia por massagem , já está comprovado é medicina para seu corpo.
Procure profissionais técnicos habilitados, pense nisto - seu corpo agradece!

 www.abramc.org.br

sábado, 24 de novembro de 2012

"A massagem em busca do Equilíbrio"

 
A má execução dos exercícios físicos podem criar um desequilíbrio na estrutura corporal proporcionando mais tarde problemas como má postura, hérnia de disco, artrose, osteófitos e muitos outros. Também é muito comum os problemas de tendinites, contraturas e nódulos.

Em todos estes casos o massoterapeuta pode atuar mas o  alerta é para que a condução dos exercícios seja feita com orientação de profissional que entenda as formas, condução, benefícios e risco dos exercícios. Não é simples executar exercícios principalmente manter a postura perfeita, contração abdominal, controle da respitração, concentração e consciência corporal dos músculos envolvidos. Por isto, tire sempre suas dúvidas e não faça de qualquer jeito.

É certo que outros profissionais da área de saúde também podem ter conhecimento e aplicar exercícios físicos junto aos seus pacientes em suas terapias. Já foi a época que o repouso era a única orientação no tratamento do sistema osteomuscular.
 
Benefícios e indicações
Benefícios
Libera as tensões e os estresses, induzindo a um profundo relaxamento e paz mental;
Aumento da flexibilidade das articulações e dos músculos;
Melhora inúmeras condições e sintomas crônicos da postura corporal inadequada;
Melhora o funcionamento de todos os sistemas fisiológicos;
Aumenta o fluxo de energia vital;
Auxilia na remoção das toxinas do corpo;
Equilibra os chacras (os centros energéticos).
Indicações
Estimula ativamente a recuperação de lesões e alivia muitas condições crônicas, tais como:
Dores nas costas
Dores no pescoço e nos ombros
Ombros enrijecidos
Desequilíbrio na faixa pélvica
Prisão de ventre
Insônia
Estress e ansiedade
Depressão crônica

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

OS BENEFÍCIOS DA TERAPIA POR MASASGEM NA SAÚDE INTEGRAL



No estudo « The use of therapeutic massage as a nursing intervention to modify anxiety and the perception of cancer pain » (1993), Ferrell-Torry & Glick investigaram as modificações do nível de ansiedade e da sensação de dor em pessoas com câncer. Eles descobriram que a massagem reduz a sensação de dor em 60%, diminui o nível de ansiedade e...m 24% e aumenta o relaxamento em 58%.Na Escola de Medicina da Universidade de Miami (no Touch Research Institute-2007), estudos demonstraram o auxílio da massagem na diminuição da pressão arterial em pessoas hipertensas, no alívio da dor em pessoas que sofrem de enxaquecas e na melhora da agilidade e performance humana e melhora a o bem estar em funcionários de escritório.

Fonte:

-ABRAMC- 2009
-Conferencia de terapeutas manuais CANADA – 2009.
-Conferencia da Body work EUA - 2010
-SMS/RJ-2004

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Estalos nas articulações e manobras de massoterapia


Estalos nas articulações e manobras de massoterapia

Outra causa comum de estalos é quando o ar (gás) fica dentro de tecidos moles, o que pode causar um ruído ou som de estalo quando pressionada. É também semelhante a crepitações em alguns casos.
 
Quando massoterapeuta realiza manobras articulares com a intenção de regularizar algum encaixe, é comum ouvir alguns estalos provenientes da compressão. É muito comum logo após tratamento, o paciente experimentar um profundo alívio.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Massagem desportiva reabilita o corpo após atividade física intensa



Uma massagem convencional pode ser insuficiente para aliviar dores se a pessoa tiver acabado de concluir uma atividade física puxada. Nesses casos, a massagem desportiva é mais indicada.
A técnica reabilita, alonga, aumenta a circulação e ajuda a eliminar toxinas (como o ácido lático) que se acumulam nos músculos depois da prática de exercícios. A grande diferença entre a massagem desportiva e a relaxante é o vigor e a velocidade.
A desportiva é profunda e usa movimentos e manobras de deslizamento mais rápidas e mais fortes para aumentar a circulação sanguínea, o que traz uma recuperação mais eficaz após o esforço físico. Ela também previne lesões musculares, recupera e prepara o corpo para o próximo treino.
A massagem desportiva pode ser dividida em dois campos. O primeiro é aplicado depois um esforço físico para recuperar a musculatura.
O segundo é aplicado antes do esforço físico para preparar a musculatura para a tarefa. Isso funciona porque, devido aos movimentos mais vigorosos, pode-se estimular a produção de adrenalina e aquecer os tecidos do corpo, agitando o atleta antes do esforço físico.
Os primeiros registros de massagem desportiva são encontrados nas antigas culturas grega e romana. Os gregos usavam massagem nas Olimpíadas para aliviar dores e aumentar a recuperação muscular dos atletas.

Hérnia de disco


terça-feira, 20 de novembro de 2012

Massagem desportiva pode melhorar a sua corrida



Conheça a técnica que prepara o corpo para a atividade física

É claro que uma massagem sempre é bom, principalmente para quem pratica esportes. Mas você sabia que existe um tipo específico de relaxamento para ser feito antes de um treino? É a massagem desportiva, que promove uma série de benefícios para a saúde, além de melhorar o desempenho na corrida.

Esse tipo de massagem é recomendado especificamente para tratar as lesões musculares provocadas pelo esporte. “É utilizada uma técnica que aumenta a circulação e ajuda a liberar adrenalina”, explica a fisioterapeuta Barbara Teixeira, do Zahra Spa & Estética, em São Paulo.

A principal diferença entre a massagem desportiva e a relaxante está na velocidade dos movimentos.

A técnica específica para quem pratica esportes é feita com manobras rápidas e mais fortes. “Isso permite que o sangue e o oxigênio voltem aos músculos, deixando os tecidos musculares mais fortes e resistentes”, esclarece a fisioterapeuta.

Ainda não teve vontade de fazer a massagem desportiva? Conheça algumas vantagens descritas pela fisioterapeuta Barbara Teixeira:

- Aquece o corpo para você se exercitar
- Favorece a circulação sanguínea
- Ajuda a eliminar as toxinas do organismo
- Melhora a elasticidade
- Aumenta a permeabilidade dos tecidos
- Alivia dores musculares
- Equilibra o sistema nervoso

Por: Patrícia Orlando
wrun

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Dieta dos músculos: deixe o corpo definido com uma alimentação saudável

Alimentos ricos em proteínas são os campeões no ganho de massa muscular

Dieta dos músculos com a nutricionista Regina Dantas

Alimentos ajudam o corpo a ficar mais forte.

Para isso, é necessário ter uma dieta equilibrada e fazer musculação. As refeições devem ter sempre uma proteína.

Café da manhã: leite, iogurte, queijos magros, ovo cozido, frutas, pães integrais
Meio da manhã: leite batido com fruta ou iogurte light
Almoço: leguminosas, carboidratos, hortaliças, verduras
À tarde: iogurte light Jantar: mesmas opções do almoço, porém em menor quantidade
À noite: um copo de leite

domingo, 18 de novembro de 2012

Alongar-se é preciso!



A terapeuta Arandi Vasconcellos alerta sobre a importância e os benefícios do alongamento no dia a dia.
Muitas pessoas acreditam que não é preciso fazer alongamentos antes e depois da atividade física, o que muitas pessoas não sabem é que para termos saúde e boa forma é necessário fazermos alongamentos, sim!
A prática do alongamento é tão importante quanto fazer exercícios, pois ao estimularmos a musculatura ganhamos flexibilidade, elasticidade da pele e melhoramos a oxigenação dos tecidos, fundamental para desenvolvimento da musculatura.
O alongamento é extremamente importante, por isso não devem ser feitos somente na academia antes da prática esportiva. Eles devem fazer parte de uma rotina, é muito importante durante a jornada de trabalho, principalmente para as pessoas que trabalham horas na frente de um computador, realizar mini pausas para se levantarem e fazer alguns movimentos de alongamentos, ao longo de todo o dia, pois ao ficarmos muito tempo em uma mesma posição , comprometemos o fluxo da circulação sanguínea que é responsável por transportar oxigênio, nutrientes e vitaminas para as células do corpo.
O resultado de trabalhar horas a fio sem fazer pausas provoca problemas circulatórios, dores de cabeça, encurtamentos musculares e tensões nas articulações, com o passar do tempo a situação pode se tornar crônica e gerar hérnias de disco, bicos de papagaio e LER (lesão por esforço repetitivo).
Por isso fique atento aos sinais que seu corpo emite ao longo do dia, respeite os seus limites. Criar uma rotina de alongamentos é uma prática simples, que não atrapalha as atividades diárias, melhora a disposição e o rendimento em atividades que necessitam de movimentos e ainda previne contra uma série de problemas físicos.
 
A terapeuta-Arandi Vasconcellos iniciou sua carreira como terapeuta há doze anos em São Francisco na Califórnia. Estudou em conhecidos institutos como o Alive & Well e Institute of Conscious BodyWork, onde se se especializou nas mais diversas e inovadoras técnicas de massagem e mecanismos terapêuticos que desenvolvem o bem-estar físico e mental, entre eles Arandi desenvolveu experiência em Cura Vibracional, Polaridade, Alinhamento energético.
Já no Brasil, Arandi que também é comunicadora e já fez inúmeras participações em programas de TV disseminando suas técnicas e outras tantas formas de promover o bem estar, se especializou em outras inúmeras técnicas e diferenciadas terapias e cursos, como o de drenagem linfática, massagem Ayurvédica, aromaterapia e massagem com pedras.
 
Arandi, é extremamente preocupada com a saúde e o bem estar das pessoas, não é a toa que escolheu a terapia como profissão, sua maior preocupação é o rumo que a vida moderna tem tomado; como o simples fato das pessoas deixarem de lado a importância do toque e da afetividade interfere diretamente no cotidiano e geram inúmeras outras consequências para esta geração cada vez mais tecnológica. Por isso ela criou um blog onde apresenta temas sobre as mais variadas frentes, com dicas simples que podem transformar a vida das pessoas.

sábado, 17 de novembro de 2012

A massagem aumenta a disposição fisica



O estudo “The relationship of massage and exercise to mood enhancement” de Weinberg &Kolodny (1988) investigou a relação entre o exercício, a massagem e o aumento da disposição. A mesma proposta de pesquisa foi realizada entre 2008/2009.
 
Os pesquisadores concluíram que a massagem relacionou-se consistentemente com o aumento do humor positivo e com o bem-estar psicológico. Acredita-se que a liberação de serotonina aconteça porque a massagem possui o mesmo impulso fisiológico que o exercício que também libera serotonina e ocitocina. Sobre os hormônios, sabe-se que há liberação de hormônio ocitocina (aumento de bem-estar), aumento de hormônio serotonina (a massagem altera a respostado corpo ao estresse).
 
A massagem aumenta os níveis disponíveis de encefalinas e endorfinas, diminui o nível de cortisol, também os níveis de norepinefrina /noradrenalina. Não é a toa que a massagem era chamada de ginástica passiva. O estudo foi um ensaio científico, porém no futuro acontecerão novas pesquisas. No Brasil um grupo de pesquisa já iniciou novas pesquisas neste sentido e em breve teremos novas descobertas.

ABRAMC- 2010
Westminster Reino Unido - 2009
MassageTherapy Foundation - 2009
 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Crepitação nas articulações e massoterapia


Crepitação é causada por tecidos esfregando de um modo anormal. A forma mais comum de crepitação é a cartilagem e osso ásperos esfregando em uma articulação. A causa mais comuns é a artrite, lesões articulares e degeneração.
A massoterapia pode influenciar positivamente através de massagens nas articulações e adjacências aumentando o fluxo de líquidos e energia no local. O profissional de massoterapeuta pode ainda realizar manobras de mobilizações, alongamentos passivos e seitai, ajudando também na soltura dos tecidos proporcionando normalmente bem-estar imediato.
 
Eduardo marinho

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

AS TECNICAS E SISTEMAS DE TERAPIA POR MASSAGEM VOLTADAS PARA MASSAGEM DESPORTIVA

AS TECNICAS E SISTEMAS DE TERAPIA POR MASSAGEM VOLTADAS PARA MASSAGEM DESPORTIVA

A massoterapia no ambiente de esportes teve seu inicio empirico na antiga Grecia.Com o passar dos anos a massagem cresceu e ganhou um status diferencia dos demais métodos,inclusive no ambiente de saúde. Após as bases estabelecidas da massagem classica de Ling em 1813, diversos ramos de massoterapia iniciaram seus métodos dentre eles desenvolvidos para o esporte. Paises como Russia, Filandia,França e Gra-bretanha, desenvolveram no universo do esporte uma forte escola de massoterapeutas para atender e auxiliar as equipes.
 
Com a massoterapia de volta na saúde após 1960, EUA,Canadá e crescendo a Austrtralia vem tomando espaço na preparação de profissionais habilitados no campo de massoterapia voltada para o esporte.A massoterapia tornou-se cadeira de saúde auxiliar no ambiente do esporte ,onde todos os profissionais aprendem métodos e tecnicas diferenciadas para aplicação em atletas de ponta.Muitas tecnicas são ensinadas e transmitidas aos profissionais onde conhecimento de biomecanica e cinesiológia são fundamentais ,incluindo biofisica e fisiologia.
 
As tecnicas referenciais para os profissionais de massagem no esporte são: Método de massagem Classica Sueca, a abordagem cinesilógica da cinesiologia aplicada, métodos de terapias neuromusculares britanicas, terapia miofascial ou massagem miofascial também fazem parte do repertório incluidas na Russia e Filandia.
 
Nos EUA e Canada as tecnicas são variadas desde, alongamentos especificos até métodos de Stretching e Legstrstching,Drenagem adaptada, Abordagem miofascial e Massagem global integral.
No Brasil as tecnicas são simples e necessita de maior aporte técnico para os profissionais. Os técnicos de massoterapia necessitam de conhecimento de avaliação ,conhecimento de patologias e fisiopatologia, as tecnicas praticas são: Massagem clássica Sueca, Cinesiologia aplicada,DLM e Alongamento ativo e passivo. Táis métodos mencionados ainda estao em fase de aplicação fisiológica incluindo treino direto com atletas. Algumas tecnicas podem não surtir os efeitos esperados devido as contraindicações relativas, observações fisiológicas e metabolicas dos atletas.
 
Atualmente as equipes estão trabalhando com o método de regeneração ou seja imerção com gelo que serve para reabilitar e possibilitar ao atleta de melhor recuperação. Diante da inovação da regeneração a massoterapia como ciencia deve pensar em adaptar suas tecnicas aos atletas sem ferir os principios fisiológicos. Diversas perguntas devem ser realizadas sobre as tecnicas de terapia por massagem disponiveis no ambiente de esporte ,como:
1-Existe correlação da DLM com treino de desempenho?
2-Pode ocorrer melhora na desintoxicação com massagem Sueca + Alongamento?
3-Para regeneração é necessario somente aplicação de frio e cinesiologia aplicada ?

Estas questões permearão os profissionais que serão chamados para participarem das equipes desportivas em breve...
 
ABRAMC

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

A Massagem terapêutica pode ajudar doentes de fibromialgia

A Massagem terapêutica pode ajudar doentes de fibromialgia.
Segundo pesquisa realizada American College of Rheumatology nos EUA e Arthritis Society do Canadá, afirmam que a Fibromialgia parece ser uma condição de inflamação nos tecidos moles e também junções articulares. Em geral a etiologia é duvidosa, entretanto, algumas terapias em conjunto pode melhorar a condição do paciente em até 40%, concluem pesquisadores.

O que é fibromialgia? Diz-se ser uma dor crônica dolorosa, condição que produz dor musculoesquelética e trenura em locais específicos no corpo, dor e inchaço nas articulações, problemas crônicos do sono e fadiga. O Arthritis Society do Canadá, sugere que a fibromialgia afeta a cada 3 em cada 100 canadenses. As mulheres são, pelo menos, quatro vezes mais propensas que os homens de desenvolver a fibromialgia e que normalmente ocorre em pessoas acima de 50 anos.
 
Comparativamente, a fibromialgia afetar cerca de 3 a 6 milhões de pessoas na Europa. Em conjunto com Estados Unidos pesquisadores resolveram investir em terapias naturais uma pesquisa piloto e concluíram resultados satisfatórios. As técnicas ou ferramentas utilizadas no tratamento incluíam Acupuntura, Homeopatia e massoterapia. As duas primeiras atuavam na parte emocional e no controle de quadros álgicos, enquanto a massoterapia abria caminho com efeitos fisiológicos.

A massoterapia consegue abordagem terapêutica satisfatória, devido aos efeitos mecânicos e fisiológicos no corpo. Pesquisas sobre pontos dolorosos desenvolvidas por Dra.Jannet Travell nos anos de 1950, confirmam que pontos doloroso intitulados de “trigger points”, são um dos maiores obstáculos na fibromialgia no inicio deste século. Classificando como fibromialgia o médico confirma em sua avaliação entre 11 e 18 pontos dolorosos, sendo positivo os pontos no paciente/cliente, o mesmo entrará no programa de tratamento onde diversas terapias serão utilizadas.
 
A pesquisa realizada entre os anos de 2005-2006, colhendo informações nos EUA e Canadá, confirmaram intervenção multidisciplinar e complementar, onde a massoterapia abriu campo para abordagem de novas técnicas. Foi confirmado que a Massagem terapêutica pode ajudar a resolver a maioria dos sintomas da fibromialgia, sendo eles:
• aumentar a circulação sanguínea
• aumentar a flexibilidade
• aumentar a gama de movimento
• diminuir o stress e ansiedade
• reduzir a dor, inchaço e rigidez
• melhorar o sono.

Após a confirmação destes benefícios a equipe médica pode trabalhar especificamente em outras áreas do quadro para melhoria na evolução do paciente. Utilização de técnicas desativadoras de Pontos de gatilho são necessárias no segundo momento e um programa de atividade física também fará parte do tratamento, mas concluímos que as intervenções iniciais se darão com a massoterapia, comenta o Dr. Richard, responsável pelo projeto e afirma que é cedo para apontarmos como metodologia padrão a utilização de técnicas complementares, mas já ficamos surpresos com os resultados,no futuro faremos outras pesquisas para confirmação de dados.

 ABRAMC- Associação Brasileira de Massoterapia Clínica 2010
American College of Rheumatology – 2006
British Journal of Rheumatology 2007
Tifani Fiebs, MassageTherapy- 2007.

MEDICINA CHINESA & EXERCÍCIO - 2013


MEDICINA CHINESA & EXERCÍCIO - 2013

Palestrante: Dr. Alexandre Martin

Data: 24 de fevereiro de 2013

 LOCAL: Rua Abílio Soares, 607 - Paraíso - São Paulo - SP

R$ 200,00 para Depósitos efetuados até 21 de dezembro de 2012

PROGRAMA E INSCRIÇÕES NO SITE

www.liaolivericursos.com.br

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Qual a diferença entre a dor crônica e a dor aguda?

 
A dor aguda é aquela decorrente de um evento recente, tal como a provocada pela angina ou infarto do miocárdio, a dor do queimado, a dor da cólica renal, do trauma agudo e do pós-operatório, tendo como característica básica alertar o organismo de que tal segmento do corpo humano apresenta um fator agressivo. Ela tem um tempo relativamente curto de evolução, cedendo na proporção direta da cura da lesão inicial. Conceitualmente não ultrapassa três meses
 
A crise de dor chamada “aguda” é aquela começa rapidamente e dura menos do que seis semanas, a grande maioria das crises de dor é desse tipo.
Geralmente tem um fator causador como um trauma, um esforço excessivo, uma queda, um acidente e geralmente não há antecedentes de dor. A dor crônica é definida como a dor que persiste por mais de três meses, geralmente decorrente de lesão neurológica primária, de câncer ou de processos degenerativos de evolução crônica. Frequentemente o paciente com dor crônica apresenta co-morbidades na esfera emocional, incluindo depressão, irritabilidade, ansiedade e nervosismo.

FONTE:http://www.pordentrodo9dejulho.com.br / http://www.colunavertebral.net

Aprenda a ajustar seu capacete

APRENDA A AJUSTAR SEU CAPACETE

A causa da traumatismo craniano geralmente está associado à negligência do uso de capacete ou ajuste indevido deste, favorecendo que o mesmo saia durante a queda, deixando o ciclista suscetível à lesão. Independente da distância, terreno ou nível profissional o capacete não dever ser deixado de lado. É importante que o ciclista tenha em mente que se trata de UM EQUIPAMENTO PARA A SUA SEGURANÇA.

domingo, 11 de novembro de 2012

Diagnóstico do massoterapeuta

 
Para aqueles que ainda não tiveram acesso ao trabalho de um profissional qualificado, podem pensar que o massoterapeuta apenas tem uma massagem para cada local de dor. Se a dor é na região lombar, vamos fazer massagem de dor lombar! Se é uma dor nos pés, vamos fazer sempre a mesma massagem para os pés! Isto é um grave engano. O profissional deve ir muito mais além e identificar o que pode estar causando o desconforto em seus pacientes.
 
Muitas questões são abordadas como:
Qual o histórico da dor relatado pelo paciente para imaginarmos como foi feita a possível lesão;
Quais os movimentos que geram dor e assim identificarmos os músculos e articulações envolvidas;
Na apalpação, quais os locais que provocam dor;
Sinais na pele que podem sinalizar problemas nos tecidos superficiais e profundos como varizes, estrias, celulites, coloração, edemas, temperatura e outros.
 
Identificando, por exemplo, o músculo romboide maior encurtada e com nódulos, podemos agir com as diversas técnicas que permitem evoluir o estado do paciente. Assim como, crioterapia, acupressura, massagem profunda, alongamentos, óleos terapêuticos e muitos outras.
 
No final de uma sessão ainda podemos orientar o paciente na melhor conduta para manter saudável os tecidos tratados.
 
É evidente que o diagnóstico do massoterapeuta não substitui a de um médico. Dores na região do quadrado lombar podem estar ligadas a um problemas nos rins e não necessariamente tem como causa principal os músculos.
 
eduardo marinho

sábado, 10 de novembro de 2012

Consciência corporal e massoterapia

 
Sessões de massoterapia podem criar um acesso mais profundo em nossas percepções e criar uma linguagem corporal mais vasta. As diversas formas experiências provocadas por profissional, nos leva a identificar melhor as nossas sensações de contato e também de ação. Percebemos os locais que nos dão mais prazer, os mais doloridos, os que fazem cócegas os são quase indescritíveis e muitos outros. No final teremos um corpo que se comunica melhor com nossa mente, como por exemplo, uma situação em nós estamos muito tempo numa mesma posição. Um corpo em harmonia percebe mais rapidamente a agressão daquele momento.
 
Eduardo marinho

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Massagem contra a dor: massagem previne e trata a enxaqueca

 
Uma opção de tratamento alternativo, a massgem  ameniza e até previne os sintomas da enxaqueca que atinge aproximadamente 20% dos brasileiros

Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia, o número de pessoas que sofrem de enxaqueca no Brasil gira em torno de 20%. Pior: as mulheres são muito mais atingidas do que os homens. Se você não é fã dos medicamentos que combatem o mal, saiba que a massoterapia ameniza e até previne os episódios de dor. As técnicas se valem de pressão sobre alguns pontos do pescoço e da cabeça que causam o desconforto. Rodrigo Peres, fisioterapeuta da Central de Fisioterapia (SP), ensina, para as interessadas no tratamento alternativo, que as massagens devem ser feitas duas vezes por semana e que cada sessão deve durar 40 minutos.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Correr aumenta sua libido


Especialista fala sobre a relação entre a corrida e o aumento do apetite sexual

Por Rebeca Torres

É comum que, ao longo de nossas vidas, tenhamos algumas dúvidas relacionadas ao sexo e o que ele pode trazer de bom para o nosso preparo físico se relacionado à prática de algum esporte, como a corrida.

Pois, foi com o intuito de pontuar algumas questões comuns do universo dos corredores que o site O2 Por Minuto consultou um especialista, o Dr. Reginaldo Antonio Lotumolo, especialista em medicina esportiva e pós-graduado em Saúde Pública pela UNIMEP.

Confira a entrevista:

O2 Por Minuto - Sexo na noite anterior a uma competição ajuda ou atrapalha?Reginaldo Antonio Lotumolo - A prática sexual tem reflexos diferentes nas pessoas. Em alguns, o desempenho físico durante a prova melhora, pois há uma mudança da tensão psíquica, que em certas pessoas tem grande influência no resultado da competição. Em outros, não.

O2 - A corrida melhora a atividade sexual de um indivíduo? E o contrário?R.A.L. - A corrida, como qualquer outro esporte realizado com técnica, é adequada ao indivíduo, traz melhoria para o preparo físico e, consequentemente, também para o sexo. Agora, não é verdade dizer que a prática sexual traz melhorias para a performance do atleta na corrida. As pessoas acham que sexo e esporte devem andar juntos. A verdade é que sexo é um fenômeno instintivo, necessário ao organismo e sua necessidade atinge todos os seres humanos, nos mais variados graus, assim como todos os animais. Além de ser importante para a perpetuação da espécie, acalma. Já a corrida, como todo esporte, nada tem a ver com o sexo. Sendo assim, quem pratica esporte com certa frequência, tem um aumento no condicionamento físico e consequentemente melhoria na atividade sexual também.

O2 - Quem ganha mais em aliar corrida com sexo: homens ou mulheres?R.A.L. - Tanto homens quanto mulheres ganham muito em praticar sexo e esporte com regularidade. Porém, devem escolher uma modalidade esportiva na qual se sintam bem, para não liberarem neurotransmissores ruins ao organismo, que podem trazer malefícios ao corpo.

O2 - O “overtraining” pode atrapalhar a prática sexual?R.A.L. - A síndrome do “overtraining” é hoje um fenômeno muito estudado e explica, por exemplo, porque um esportista com exames normais pode ter arteriosclerose, hipertensão arterial, etc. Pode até mesmo causar certa dificuldade na hora da prática sexual em si.

O2 - Durante a corrida o corpo humano produz uma substância chamada beta endorfina, conhecida como a responsável pelo prazer da atividade física. Isso influencia na vida sexual?R.A.L. - Hoje, já se tem estudos comprovando que a beta endorfina não seria a responsável pela sensação boa acometida pelos esportistas, pois ela não consegue atravessar a barreira hemato encefálica. Os cientistas estão atribuindo essa sensação à dopamina. Portanto, para se ter libido, é necessário ter a imaginação ativa na área sexual, e quem comanda esse pensamento é a dopamina. Assim, quem corre, tem bom nível de dopamina e, portanto, maior libido.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Ficar muito tempo parado na mesma posição pode causar dor nas costas

Deixar de se movimentar causa problemas, mesmo com a postura correta.
Veja dicas para se posicionar em situações do dia a dia para evitar dores.

 
O corpo humano não foi feito para ficar parado em uma mesma posição por muito tempo. Mesmo com a postura correta, a falta de movimentação faz com que os músculos entrem em fadiga e doam. Esse problema tem efeitos ainda piores em situações de postura incorreta e os dois casos podem provocar dor nas costas.
Sentir dor nas costas é um problema que atinge uma parcela muito grande da população. Além da falta de movimentação, a postura errada e os músculos enfraquecidos também são fatores que contribuem para esse incômodo. Por isso, a prevenção é simples: corrigir a postura, fortalecer os músculos e se movimentar alternando a posição, como recomendaram o ortopedista Raphael Marcon e o fisioterapeuta Cássio Siqueira.

As dores musculares mais comuns são provocadas por fatores mecânicos, como o esforço excessivo e o erro postural. Essas dores costumam durar até 8 semanas e ter começo, meio e fim.Se a dor continuar por mais de 8 semanas, é preciso procurar um médico para investigar se há algum outro problema. Dores que duram mais de três meses são consideradas crônicas e podem ser causadas por alterações degenerativas da coluna, como osteoartrose e hérnia de disco.

Outra causa de dor é a deformidade em alguma das três curvaturas da coluna: a lordose cervical, a cifosetorácica e a lordose lombar. Quando a cifose é acentuada, pode causar um problema chamado hipercifose, comum em pessoas tímidas, altas e que usam muito o computador. Normalmente, essas pessoas jogam os ombros e a cabeça para a frente e têm dores no pescoço e ombros.
Já a escoliose, doença que altera a posição da coluna, está ligada a um fator genético e tem vários graus. Em casos mais leves, o uso do colete é indicado. Nos mais graves, é indicada a cirurgia. Porém, tem as alterações de posturas que também levam a coluna a ficar em formato de S, chamada de "escoliose postural". Esta deformidade é momentânea e pode ser corrigida apenas com realinhamento postural.
A região lombar é a que mais aguenta carga do corpo, portanto, a que mais sofre. Quando a curvatura dessa região e da cervical é acentuada, o problema se chama hiperlordose. O uso do salto alto, por exemplo, faz essa curvatura se acentuar. Outro problema é o escorregamento da vértebra, muito comum nos adolescentes.Outro fator que pode causar dores na lombar é ficar sentado por muito tempo.
Um estudo mostrou que a pessoa que fica sentada pressiona muito mais os discos invertebrais do que a pessoa que fica em pé, por exemplo. A pressão aumenta ainda mais quando a postura é incorreta.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Etnia e gênero influenciam respostas à dor física, diz estudo

Um estudo feito com voluntários de duas etnias indica que o sexo e a origem étnica de uma pessoa influenciam sua aparente tolerância à dor física e também sua disposição a admitir sensações de dor física.

De maneira geral, homens parecem ser mais tolerantes e mulheres tendem a demonstrar maior sensibilidade à dor. Voluntários britânicos brancos demonstraram menor tolerância e expressaram maior sensibilidade à dor do que voluntários líbios.

A pesquisa liderada pelo especialista Osama Tashani, da Leeds Metropolitan University, na Inglaterra, foi publicada na revista científica European Journal of Pain. Ela contou com a participação de 200 voluntários e foi feita ao longo de dois anos.

Para medir as respostas à dor, a equipe aplicou testes laboratoriais em participantes na Grã-Bretanha e Líbia. Um dos testes envolvia pressionar um instrumento pontiagudo sobre a mão dos participantes. O outro envolvia comprimir o braço erguido dos voluntários com uma faixa semelhante às que são usadas para medir a pressão sanguínea, impedindo a circulação do sangue.

"Tradicionalmente, altos índices de estoicismo estão associados aos homens e altos índices de sensibilidade estão associados às mulheres. Alguns grupos étnicos são descritos como mais estóicos, outros são tidos como mais livres na expressão da dor", disse Tashani.

Quando a equipe comparou as respostas dos participantes baseada no critério gênero, participantes homens demonstraram maior tolerância à dor e usaram graus menores para expressar a intensidade da dor que sentiam do que as mulheres, independentemente de sua etnia.

Ao comparar os resultados com base na etnia dos participantes, os voluntários líbios atribuíram notas menores à dor que sentiam e demonstraram maior tolerância à dor em relação aos voluntários britânicos.

A equipe concluiu que estereótipos associados a conceitos culturais de masculinidade e feminilidade influenciam as respostas de homens e mulheres à sensação de dor. Da mesma forma, conceitos culturais associados à nacionalidade dos participantes parecem tornar os britânicos mais livres para expressar sensações de dor física.

sábado, 3 de novembro de 2012

Massagem Miofascial (dica de Livro)

MASSAGEM MIOFASCIAL
DIXON,MARIN WOLFE

1.Introdução à Massagem Miofascial
Parte 1.Anatomia e Fisiologia da Massagem Miofascial
2.Anatomia e Fisiologia dos Músculos
3.Anatomia e Fisiologia do Tecido Conjuntivo
4.Anatomia e Fisiologia do Tecido Nervoso
Parte2.Métodos Diretos Usados na Massagem Miofascial
5.Abordagem Neuromuscular
6.Abordagem Direta do Tecido Conjuntivo
7.Hata-ioga como Suplemento dos Métodos Diretos
Parte 3.Métodos Indiretos Usados em Massagem Miofascial
8.Abordagem Indireta do Tecido Conjutivo
9.Exercícios para Suplementar Métodos Indiretos
10.Abordagem Craniossacral
Parte 3.Integração da Massagem Miofascial na Prática Profissional
11.Reunindo Tudo
Apêndice
Glossário
Índice Alfabético
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails