Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Micromassagem e técnica de alongamento para recuperação muscular


Exercícios devem respeitar ordem para melhor efetividade

Após a fase de recuperação é recomendável que, o quanto antes, se inicie uma série de trabalhos de alongamento específico para o grupo comprometido. Outra técnica bastante indicada é a micromassagem profunda, com o objetivo de orientar o posicionamento das fibras do tecido cicatricial. Esse recurso é de grande importância, mas é preciso que a intensidade da dor ao toque na região esteja diminuída.

Nessa fase, serão a intensidade e a freqüência da dor que determinarão a substituição das compressas de gelo por compressas de calor úmido. Esse procedimento tem como objetivo aumentar o aporte sanguíneo e nutricional na região, ambos importantes para o processo de reconstrução tecidual.

Tão logo o indivíduo não tenha mais dor no alongamento analítico e na solicitação ativa, itensifica-se o alongamento global para o músculo acometido, observando-se sempre se há desconforto ou dor específica no local da lesão para controle da intensidade e amplitude do movimento.

Os exercícios ativos devem respeitar uma ordem: inicia-se com contrações isométricas, mantidas por seis segundos, seguido de exercícios de contração isotônica excêntrica e, posteriormente, concêntrica.


Bibliografia:

DE BARROS, Turíbio Leite & GUERRA, Isabela. Ciência do Futebol. Editora Manole, 2004.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

As estruturas do corpo relacionadas com a massagem


ARTE DA MASSAGEM (1895) - J. H. KELLOGG - AS ESTRUTURAS RELACIONADAS ESPECIALMENTE COM A MASSAGEM

A Massagem, nas suas variadas aplicações , tem uma relação direta ou indireta com todas as estruturas e funções do corpo; mas nas suas aplicações ordinárias esta medida terapêutica afeta, especialmente, direta e imediatamente, o seguinte:

1. A Pele - com a sua ligação ao tecido conjuntivo, as suas glândulas sebáceas e sudoríparas, pêlos folículos, e um número infinito de minúsculos vasos sanguíneos e terminais sensitivos de filamentos nervosos – nervos tróficos, vasomotor e sensório.

2. O Tecido Conjuntivo - situado, exatamente, por baixo da pele, com o seu rico suprimento de veias e vasos e espaços linfáticos.

3. Os Músculos - que constituem, sobretudo, as partes carnudas do corpo, e que recebem particular atenção durante os vários procedimentos manipulativos da massagem, tanto como músculos individuais como grupos funcionais.
Os músculos constituem cerca de metade do peso do corpo. Recebem cerca de um quarto do sangue. Quando os seus vasos estão dilatados sob a influência do exercício físico ou da massagem, eles podem conter metade do sangue. O calor do corpo é gerado, principalmente, nos músculos pela oxidação, ou aquecimento, do glicogénio depositado neles pelo sangue. Quando os músculos estão ativos, um quarto da energia libertada é dispendida no trabalho, e três quartos em calor. O exercício muscular voluntário gasta a energia dos centros nervosos e músculos. A massagem estimula a atividade vital nos músculos sem sobrecarregar os centros nervosos. Os músculos estão constantemente ativos sob a influência do sistema nervoso, mesmo quando em estado de repouso aparente. Esta atividade insensível é conhecida como tónus muscular. É muito perceptível nos músculos abdominais, o tónus dos quais permite aos músculos, em oposição ao diafragma, ajudando na expiração. A massagem aumenta o tónus muscular pelo melhorar da sua nutrição.

4. Os Grandes Vasos Sanguíneos, Veias, e Artérias - mas principalmente as veias, a circulação nas quais pode ser prontamente acelerada ou impedida tendo em conta como as manipulações são aplicadas, o sangue corre nas veias, ou na direção oposta. Os grandes canais linfáticos que, habitualmente, acompanham as maiores veias são, também, atraídos, diretamente, sob a influência da massagem através de manipulações apropriadas. O próprio coração pode ser alcançado por certos procedimentos especiais e é grandemente influenciado por quase todas as formas de manipulação.

5. As Grandes Vias Nervosas - que com os filamentos nervosos terminais são influenciadas por todas as formas de manipulação, mas especialmente, por certos procedimentos que são particularmente eficazes na produção de efeitos estimulantes ou sedativos.

6. Todas as Grandes Vísceras do Abdómen – estômago, cólon, intestino delgado, pâncreas, baço, fígado, rins – que podem ser atraídas mais ou menos diretamente pela influência da massagem por um operador habilitado, e ainda que menos diretamente, mas ainda efetivamente, os pulmões e o coração também podem ser influenciados por determinados procedimentos.

7. Os Ossos, as Articulações e os Ligamentos - devem também ser mencionados como estruturas que são diretamente afetadas pela massagem. O estudante de massagem deveria fazer um estudo cuidadoso dos músculos, ossos, e articulações, e de fato, tão grande quanto possível, de toda a anatomia. (Tradução)

domingo, 29 de agosto de 2010

Oferta de trabalho em Brasília


ACADEMIA CONTRATA: MASSOTERAPEUTA E PROFESSOR Ed. Física p/ginástica laboral em hospitais. Tr: 3381-8182 Currículo izack29@hotmail.com


A Ginástica Laboral é realizada no próprio local de trabalho, é de curta duração e consiste em exercícios de alongamento das estruturas musculares envolvidas nas tarefas ocupacionais diárias. Não provoca cansaço físico ou sudorese, é realizada com a própria roupa de trabalho e tem como objetivo a prevenção de doenças ocupacionais (L.E.R- Lesão por Esforço Repetitivo e D.O.R.T- Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

A Ginástica Laboral conceitua-se como a prática de atividade física orientada, realizada pelos funcionários no próprio local de trabalho durante a jornada diária. Também tem o objetivo de analisar a postura corporal do funcionário e realizar teste de flexibilidade coletando dados para mensurar a evolução do trabalho. Ela visa à promoção da saúde, a prevenção da fadiga muscular, a correção de vícios posturais, além de aumentar a disposição e a concentração para o trabalho.

sábado, 28 de agosto de 2010

Terapias Holísticas no esporte


Ante preconceito, terapia holística promete acelerar recuperação
Tratamento do atleta em todas as esferas pode facilitar retorno às atividades

Que tal reduzir o período de recuperação de uma lesão em até dois terços, além de ter um reforço psicológico para o momento de retornar aos gramados? A idéia pode parecer totalmente irreal para alguns atletas, mas é isso que faz Daniel Escouto, especialista em terapia holística que trabalha no Rio de Janeiro. O profissional aplica técnicas alternativas de tratamento de lesões, como terapia auricular e moxabustão, em uma atividade interdisciplinar com a fisioterapia. Assim, garante uma recuperação mais eficaz e rápida para os atletas que o procuram.

Entretanto, Escouto ainda vê um grande preconceito contra a terapia holística no mundo do futebol. O profissional chegou ao esporte por meio de lutadores de jiu-jitsu e ainda não encontrou uma brecha para incutir suas técnicas na preparação para o esporte mais popular do país. "Durante alguns anos, quando ele ainda estava no Rio de Janeiro, eu tentei chegar ao Edmundo para fazer um tratamento com ele. E nunca consegui um contato! Eu cheguei à Lavínia Vlasak [atriz de TV que atualmente está na Record], mas não nele. Isso mostra que o esporte ainda tem um certo receio", lamentou.

Enquanto tenta derrubar o preconceito oriundo dos profissionais do futebol, Escouto trabalha com atletas esporádicos dessa modalidade. "Afinal, trata-se do esporte mais popular do país. Ainda mais no Rio de Janeiro, com tantas praias, quase todo mundo pratica", ponderou. Mas também atende a praticantes de outras áreas esportivas: "Tenho muito contato com lutadores de jiu-jitsu, que foram os responsáveis pelo início do meu trabalho com esporte, e também com surfistas e jogadores de futsal".

O contato entre Escouto e o esporte começou devido à carência dos lutadores de jiu-jitsu. "Eu trabalhei com o namorado de uma amiga minha e depois fiquei um ano estudando as formas de terapias alternativas que poderiam ser aplicadas ao esporte. O problema é que os praticantes de artes marciais, principalmente, sofrem lesões de manhã, procuram meus serviços ao meio-dia e querem treinar à tarde. Então, tentei encontrar meios de acelerar esse processo", contou o terapeuta.

O grande segredo para a redução do período de recuperação de lesões, segundo Escouto, é atacar o problema a partir de vários focos: "O trabalho é feito em conjunto com a fisioterapia tradicional e com um professor de educação física. E o intuito da terapia holística é trabalhar a pessoa como um todo. Então, ao mesmo tempo em que eu posso fazer uma massagem linfática, posso conversar com a pessoa e atacar seu psicológico".

Aliás, o lado emocional é uma das principais preocupações que Escouto enxerga nos jogadores de futebol. "Até por ser o esporte mais popular do país e por gerar muito interesse, os atletas sofrem uma pressão muito grande. E em geral, isso só é trabalhado quando o problema chega a um limite extremo. O que eu procuro fazer é aliviar essa tensão a partir de técnicas como a massoterapia, mas também com muita conversa. Às vezes, vemos lesões musculares que não apresentam hematomas e têm fundo totalmente emocional, por excesso de carga retesada", destacou.

As técnicas utilizadas por Escouto vão desde a massagem, algo até certo ponto tradicional nos clubes de futebol, até coisas inusitadas como a terapia auricular. Essa técnica é baseada na colocação de pequenas esferas, que podem ser de cristal, ouro ou prata, no pavilhão do ouvido. Essas bolinhas ativam as terminações nervosas presentes no local e acabam sedando, tonificando ou descongestionando as áreas tratadas.

"Existem duas correntes de terapia auricular, que são a francesa e a chinesa. Eu sigo as idéias chinesas e vejo essa técnica como um bom caminho para podermos mexer com o corpo do paciente e ativar algumas terminações nervosas", classificou Escouto.

Com tantas possibilidades de tratamentos, Escouto garante que pode acelerar o processo de recuperação de atletas em casos de lesões. "O retorno dele às atividades acontece em até dois terços do tempo normal, até porque ele não deixa de fazer o tratamento convencional também", lembrou o terapeuta.

Entretanto, as técnicas alternativas de tratamento não são indicadas pelo profissional apenas em caso de lesão. Escouto avisa que isso também pode ser aplicado para prevenção e garantia de uma estabilidade física e emocional. "A massoterapia, por exemplo, pode ser aplicada apenas para aliviar a tensão e não deixar que isso se transforme em um problema", concluiu.


Guilherme Costa

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Chá do Atleta - Para alívio das dores musculares e inflamações


Chá alivia dores musculares e dá energia a atletas

Esse chá simples tem feito muito sucesso entre os praticantes de atividade física e as pessoas que sentem dores e inflamações musculares. Além de combater os radicais livres, evitando o envelhecimento precoce.

Bebida mistura erva-doce, canela e semente de mostarda em porções iguais.

Eles resistem aos piores esforços. Provas que duram de dez horas a seis dias. São os atletas de alta performance. Saudáveis? Sim, mas com um alto desgaste para o corpo. O esforço extremo libera no corpo os radicais livres, que aceleram o envelhecimento.

Normalmente eles usam antiinflamatórios e suplementos para evitar dores e lesões. Seria possível substituir esses medicamentos por algo mais natural? Foi justamente um grupo de atletas que exige o máximo do metabolismo que pôde testar os efeitos de um chá de especiarias em Natal, no Rio Grande do Norte.

Durante 60 dias, um grupo de dez atletas tomou o chá. Outros dez não tomaram e serviram de controle para a eficácia da pesquisa. Mas muitos deles ficaram desconfiados.

A pesquisa foi desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mas o chazinho não é muito diferente daqueles caseiros: erva-doce, canela e semente de mostarda em porções iguais. Essas especiarias foram escolhidas por combaterem o envelhecimento. São ótimos antioxidantes.

“A canela é uma das especiarias mais utilizadas no mundo inteiro. Ela tem alto poder conservante. Inclusive, na época das múmias do Egito, era usada como conservante”, lembra a cientista em alimentos Ana Vládia Moreira.

Mas os pesquisadores pensaram também no gosto quando fizeram a escolha. Queriam algo que pudesse virar uma rotina.

“Quando propomos algo importante para a saúde, para não ser algo que simplesmente tomamos sem prazer, temos que pensar também no lado sensorial. E essa mistura é bastante agradável ao paladar das pessoas”, assegura Ana Vládia Moreira.

E também é um chá simples, fácil de fazer.

“O ponto ideal [da água] é quando começa a levantar bolhinhas. Você apaga e está no ponto de colocar na xícara. Com a água pronta, colocamos o sache”, ensina Ana Vládia Moreira.

A dose diária é de uma colher de chá em uma xícara de água. Ou seja, não adianta tomar um bule de chá. O necessário mesmo é uma xícara.

A pesquisa mostrou que a maioria dos atletas teve uma redução do MDA, substância que causa lesões musculares e dores. O chá ajudou a diminuir a sensação de desgaste físico depois dos exercícios.

“Por ter papel antioxidante e antiinflamatório, ele acaba sendo universal. Onde processos inflamatórios estão presentes, como uma simples dor de cabeça ou mesmo uma cólica, ele pode vir a ter efeitos atenuantes, principalmente preventivos se a pessoa tiver o hábito de beber”, explica a cientista de alimentos.

A nutricionista Jussele Lourenço acredita que o resultado da pesquisa pode combater um grande problema entre atletas amadores: a automedicação. Eles poderiam trocar os remédios pelo chá, que pode ser consumido como qualquer outro alimento. “Um alimento que reduza o estresse oxidativo. Muitas vezes eles vão diminuir essa inflamação com automedicação”, diz.

Para quem passa a vida por matas, estradas e rios, o resultado foi animador.

“Não há um alimento por si só capaz de reverter uma doença. Há um conjunto de fatores. Cabeça boa, corpo em movimento e uma pitadinha de sabor não fazem mal a ninguém”, finaliza Ana Vládia Moreira.


Veja materia a seguir.

http://g1.globo.com/globoreporter/0,,MUL1021351-16619,00-CHA+ALIVIA+DORES+MUSCULARES+E+DA+ENERGIA+A+ATLETAS.html

Massagem desportiva ( vídeo)

video

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dicas para cuidar da saúde durante o tempo seco


Algumas cidades do Brasil estão em estado de alerta, devido à baixa umidade relativa do ar. O tempo seco causa danos à saúde, desde ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz, até o agravamento de doenças respiratórios.

Enquanto durar o estado de alerta, a Defesa Civil recomenda que a população evite atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e as 17h, não pratique exercícios das 11h às 15h e aconselha a ingestão de bastante líquidos para evitar desidratação.

Para evitar ou minimizar os problemas, a Secretaria de Estado da Saúde indica alguns cuidados importantes.

As crianças e os idosos precisam de atenção especial, pois são os mais afetados pela baixa umidade do ar.

O acúmulo de poeira pode desencadear problemas alérgicos, por isso é importante manter a higiene doméstica. Dormir em local arejado e umedecido ajuda a ter uma noite de sono tranquila. Os ambientes podem ser umidificados com toalhas molhadas, reservatórios com água ou umidificadores.

Para aliviar irritação das vias aéreas e dos olhos, eles podem ser lavados com soro fisiológico.

A pele também merece atenção especial. Banhos com água muito quente provocam ressecamento --o uso de hidratante ajuda a manter a pele saudável.

Segundo o coordenador estadual de Saúde de São Paulo, Ricardo Tardelli, "são cuidados simples, mas que podem fazer toda a diferença neste período de tempo seco, ajudando a manter a saúde e a qualidade de vida".

A função do massagista na comissão técnica



Profissional trabalha no auxilio médico no trato de lesões

O massagista é um especialista que concentra sua ação nas massagens e tem a responsabilidade de dar as primeiras assistências aos atletas nos locais de treinamentos e jogos. Seu principal trabalho para com o atleta é acelerar o processo de recuperação, reduzir a fadiga e as tensões musculares e articulares.

Ele oferece assistência permanente aos médicos. Entre suas funções, está administrar e controlar a ingestão de medicamentos por parte dos jogadores, sempre orientado pelos especialistas em questão. É importante que tenha conhecimentos sobre os procedimentos básicos de primeiros socorros em atividades esportivas

O massagista deve ainda ter uma atuação dinâmica e rápida e, ao mesmo tempo, colocar em prática, com serenidade, as necessárias medidas de suporte da preparação física para a prevenção de contusões.

Na prática do futebol, a contusão é uma das situações que ocorrem em campos e treinos. Por conta disso, a atuação do massagista é fundamental para aliviar a dor e reduzir ao mínino os hematomas e componentes inflamatórios. Os casos de atendimento mais habituais são as lesões, feridas, fraturas e luxações.

Em alguns clubes, dependendo da qualificação profissional, massagistas também podem atuar na área da quiropraxia. No que tange a prevenção de lesões e mecanismos para favorecer a relaxação muscular, utiliza os efeitos terapêuticos da massagem convencional.


Bibliografia

CARRAVETTA, Elio. O Jogador de Futebol. Editora Mercado Aberto, 2001.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

O que traz mais benefícios, correr ou caminhar?


Antes de responder à pergunta, é importante saber que, quando iniciamos uma atividade física, é comum estarmos descondicionados para começarmos com uma corrida. Assim, até por forças da circustâncias, acabamos optando pela caminhada.

Passado algum tempo, por condições normais de melhora do grau de condicionamento físico, a caminhada começa a perder espaço para pequenos trotes, para corridas intervaladas com caminhadas mais intensas, até por fim se sobressair somente a corrida. Essa é a história natural do começo de quase todos corredores.

Analisando por esse prisma, a corrida é um grau mais avançado da caminhada? Depende, pois se levarmos em consideração que essas duas atividades são cíclicas (movimentos repetitivos em sua execução), que ambas são predominantemente aeróbias e que permitem um grande tempo em sua execução, qual modalidade teria mais vantagem sobre a outra?

Aí que entra o discernimento sobre o seu objetivo. Se você tem a compreensão de que atividades longas e de baixa intensidade são as melhores para queimas de gordura, deve-se perceber como está o condicionamento do praticante para distinção se é melhor caminhar ou trotar leve. A ideia é elevar a frequência cardíaca num patamar entre 65 a 70% da frequência máxima e possibilitar à pessoa uma sensação de conforto que permita a atividade por uma longa duração. Dessa maneira, estará sendo executada a opção correta que otimizará a queima de gordura.

De nada vale correr numa intensidade mais elevada, pois a mesma exigirá um suprimento de energia que terá como sua principal fonte a queima de carboidratos. Até então, toda essa explicação vem do lado fisiológico. O que muitos profissionais acabam não se importando é sobre os outros sistemas que são fundamentais para tais modalidades.

O sistema músculo esquelético, que compõe os ligamentos, tendões, articulações, músculos e ossos, é o que sai, com uma escolha inadequada da atividade, mais castigado e se torna o grande limite de uma maior aderência à prática dessas atividades. Muitas vezes, pessoas com sobrepeso estão aptas do ponto de vista cardiorrespiratório a fazerem um trote, mas não na parte de tendões e articulações. A prática do trote, com movimentos de impacto repetitivos, acaba gerando, no decorrer do tempo, o início de algumas lesões que podem ser extremamente prejudiciais no futuro da pessoa.

Daí a importância de um trabalho paralelo, de fortalecimento muscular, nas regiões musculares que circundam as articulações mais solicitadas na prática dessas modalidades, que seriam os músculos estabilizadores de uma boa postura, fundamental para a parte biomecânica, tanto na caminhada como na corrida. Feito esse trabalho simultâneo, também devemos se atentar para uma boa biomecânica da marcha, com exercícios educativos e corretivos, que terá influência direta na biomecânica da corrida.

Uma pessoa correndo numa postura mais adequada sofrerá um índice muito menor de lesões e desenvolverá em seu corpo um grande potencial de solicitação muscular, que fará a diferença no futuro. Por tudo, aos corredores que subestimam a caminhada, vale refletir como ela pode ser vantajosa do ponto de vista biomecânico. Aos caminhantes aspirantes de corrida, o recomendado é perceber como a mesma deve ocorrer gradativamente do ponto de vista cardíaco, respiratório e muscular.

Assim, a caminhada e a corrida se completam, dependendo da pessoa e da fase de treinamento em que se encontra.
Fonte:saúde plena

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A função do massagista no futebol


Profissional é responsável pela primeira assistência aos atletas lesionados

O massagista é um especialista que concentra sua ação nas massagens e tem a responsabilidade de dar as primeiras assistências aos atletas nos locais de treinamentos e jogos. Seu principal trabalho para com o atleta é acelerar o processo de recuperação, além de reduzir a fadiga, as tensões musculares e articulares.

Os médicos também recebem assistência permanente do massagista. Cabe a esse profissional providenciar e controlar a ingestão de medicações e dos líquidos orientados pelos especialistas do setor de saúde durante os treinamentos, nos dias de jogos, durante os jogos e após os mesmos.

É importante que o massagista tenha conhecimento sobre os procedimentos básicos de primeiros socorros em atividades esportivas. O desconhecimento pode fazer que ele deixe de adotar medidas elementares e pode levar a manobras inadequadas sobre um atleta lesionado. Em muitos casos, isso acarreta no agravamento de uma lesão ou em complicações que poderiam ser evitadas.

Por todos esses fatores, a atuação do massagista deve ser dinâmica e rápida, mas colocada em prática com serenidade. O profissional não pode ser precipitado e precisa antecipar os procedimentos técnicos adequados para a especificidade de cada caso.

Na prática do futebol, a contusão é uma das situações que ocorrem com mais freqüência durante treinos e jogos. Portanto, a atuação imediata do massagista é fundamental para aliviar a dor e reduzir ao mínimo o hematoma e os componentes inflamatórios (através do frio, compressão e elevação).

Os casos de atendimentos mais habituais são as lesões, feridas, fraturas e luxações. Circunstâncias de emergência que ocorrem com alguma freqüência são os traumatismos violentos, geralmente sobre a cabeça, que tem como resultado a inconsciência do jogador e até em paradas cardiorrespiratórias.

Nesses casos, pode ser vital um auxílio rápido, colocando em prática medidas de suporte destinadas a manter a vida do atleta até a chegada de um atendimento especializado.

Em algumas unidades de saúde de clubes, o massagista utiliza conhecimentos de quiropraxia. Esse tratamento é uma manipulação de várias partes do corpo, sobretudo das vértebras, a partir da idéia de que o crânio e as vértebras servem de suporte dos órgãos mais sensíveis e mais importantes do sistema nervoso.

De acordo com essa linha de entendimento, a compressão ou irritação de um nervo pode perturbar o funcionamento normal dos órgãos. Para evitar isso, o massagista utiliza procedimentos para devolver o atleta à posição correta e evitar anomalias.

Sobre a prevenção de lesões e mecanismos para favorecer o relaxamento muscular, o massagista deve utilizar os efeitos terapêuticos de suas técnicas através do estímulo à circulação venosa e linfática e do alívio dos pontos de tensão.

Bibliografia

CARRAVETTA, Elio. O jogador de futebol - técnicas, treinamento e rendimento. Editora Mercado Aberto, 2001.

Fonte:Equipe Universidade do Futebol

domingo, 22 de agosto de 2010

Diferença entre Massoterapia e Fisioterapia



Muita gente não sabe qual é a diferença entre um e outro, aliás, os dois temas tem como foco principal o corpo humano.

Vamos aos conceitos de cada um:

A Fisioterapia, em sentido amplo, é a ciência que estuda o movimento humano e que utiliza recursos físicos no tratamento e cura. Com o sentido restrito à área de saúde, está voltada para o entendimento da estrutura e mecânica do corpo humano. Ela estuda, diagnostica, previne e trata os distúrbios, entre outros, da biomecânica e funcionalidade humana decorrentes de alterações de órgãos e sistemas humanos. Além disso, a Fisioterapia estuda os efeitos benéficos dos recursos físicos e naturais sobre o organismo humano. É a área de atuação do profissional formado em um curso superior de fisioterapia. O fisioterapeuta é capacitado a avaliar, reavaliar, prescrever (tratamento físico, órteses, próteses), dar diagnóstico cinesiológio-funcional, prognóstico, intervenção e alta, dentro de sua tipicidade assistencial.

Massoterapia é a utilização de diversas técnicas holísticas de origem orientais e ocidentais, exercidas por meio de toques (massagens) proporcionando grandes virtudes terapêuticas, relaxantes, anti-estresse, estéticas, emocionais e massagem desportivas. Possibilita maior contato com o próprio físico, valorizando a respiração e desenvolvendo uma melhor percepção corporal, aumentando a consciência e dando a devida importância ao equilíbrio na vida para o dia a dia.

Depois das definições, agora fica mais claro saber qual profissional procurar de imediato dependendo do problema de cada um.

Texto:Kátia Kioki, Terapeuta Holística e Massoterapeuta

sábado, 21 de agosto de 2010

Quick Massage


A Quick Massage (massagem rápida) conhecida também, como massagem expressa, massagem em cadeira e shiatsu express, é realizada em uma cadeira especialmente projetada onde o cliente se posiciona de maneira muito confortável e relaxante, o que permite que o terapeuta possa trabalhar de maneira fácil e com ótimos resultados.

A Quick Massage tem em média duração de 10 a 30 minutos, As técnicas normalmente utilizadas são Shiatsu, Anmá e Alongamentos. Promovendo o equilíbrio energético do corpo e relaxamento muscular das regiões dos membros superiores, cervicais, torácicas e lombares, proporcionando uma sensação de bem estar muito agradável.

As posturas corporais inadequadas adotados pela maioria das pessoas durante o tempo de trabalho causam uma tensão muscular que prejudica a circulação sanguínea e causam dores corporais, principalmente na região da cervical e torácica, e até mesmo dores de cabeça, que é chamada de cefaléia tensional, esses problemas prejudicam muito o desempenho durante o trabalho e aumentam o estresse, diminuindo os seus resultados no final da jornada de trabalho.

Com a correta aplicação da técnica, o cliente sentirá alivio imediato de dores, do cansaço físico e mental, do desconforto muscular e da dor de cabeça, além da melhoria na circulação sanguínea e da reativação da energia perdida no dia a dia.

O Terapeuta leva a cadeira ao local onde o cliente está, como, por exemplo, no escritório de trabalho, eventos esportivos, feiras, congressos... As massagens são ministradas por profissionais com curso e experiência na área.

Sempre que possível é criado um ambiente descontraído e relaxante para a realização das sessões. Podem ser realizadas em eventos especiais ou em programas regulares na empresa, em sipat, atendimento empresarial, feiras, eventos, congressos, coffe-break, maratonas e corridas, promoção de produtos, lançamentos imobiliários, entre outros.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Remoção de lactato em jogadores de futebol após aplicação de massagem


Os efeitos da massagem desportiva na recuperação metabólica de atletas de futebol de campo, não estão bem definidos na literatura. A cinética da remoção do lactato sanguíneo após sessão aguda de treinamento, seguida de massagem desportiva e recuperação ativa de baixa intensidade, pode ser um processo de intervenção importante na questão de manutenção do desempenho ou diminuição no tempo de recuperação física.

A amostra foi composta por 10 atletas do sexo masculino com idade de 17,3 ± 1,64 anos, dividida em grupo teste (5 atletas que receberam 10minutos de massagem desportiva) e grupo controle (5 atletas em repouso durante 10 minutos). A primeira coleta de lactato sanguíneo foi realizada em repouso, onde a concentração foi de 1,78±0,40 mmol.l-1 no grupo teste e 1,64±0,21 mmol.l-1 no grupo controle, após sessão intensa de treinamento realizou-se a segunda coleta demonstrando 10,8±5,35 mmol.l-1 nas concentrações do grupo teste e 11,1±2,28 mmol.l-1 no grupo controle, a terceira coleta o grupo teste (grupo que recebeu massagem desportiva) resultou em 6,86±2,28 mmol.l-1 na contração de lactato sanguíneo e 8,14±2,19 mmol.l-1 grupo controle (grupo em repouso), finalizando com a quarta coleta após recuperação ativa de baixa intensidade onde grupo teste demonstrou 2,84±0,71 mmol.l-1 e grupo controle 2,64±0,77 mmol.l-1.

Através dos resultados obtidos, observou-se no grupo teste após aplicação de 10 minutos de massagem desportiva uma maior redução nas taxas de lactado sanguíneo, onde a velocidade de remoção foi 18,7% maior comparados aos sujeitos do grupo controle, apresentando uma forte tendência da massagem desportiva em acelerar a recuperação metabólica em atletas após sessão aguda de treinamento, porém não interferindo na velocidade de remoção na recuperação ativa de baixa intensidade aplicada aos dois grupos.

Embora exista diferença encontrada no percentual em relação à remoção, os valores nas concentrações após sessão de massagem desportiva do grupo teste, comparado ao valor encontrado no grupo controle não obteve significância (p=0,39) sendo considerado estatisticamente significativo valores de p≤0,05. Sendo assim, o presente trabalho abre uma perspectiva para novos estudos que abordem os efeitos da massagem desportiva frente aos métodos utilizados na recuperação pós-treinamento.

Fonte:www.efdeportes.com

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Cervicalgia - Massagem Preventiva

Podemos definir a Cervicalgia como um quadro doloroso, normalmente resultado de uma contratura muscular no pescoço, geralmente assimétrica. Os musculos do pescoço estão sujeitos a uma tensão constante para manter a posição correta da nossa cabeça, o que poderá vir a provocar dor muscular, devido a um aumento gradual de tensão nos musculos e provocar também algum tipo de ruptura muscular, através de movimentos rápidos e bruscos.

Os sintomas mais comuns neste caso são: atitude de defesa e rigidez dos movimentos, alteração da mobilidade do pescoço e a dor durante a palpação muscular do pescoço podendo também abranger a região do ombro e nos casos mais graves ou prolongados irradiando para todo o membro superior.

Em relação à dor, o paciente pode queixar-se desde uma dor leve local e uma sensação de cansaço, até uma dor mais forte e limitante. O braço, além de doer, pode apresentar alterações de sensibilidade e força muscular, são as chamadas “alterações neurológicas”.

O paciente refere adormecimento de alguma área ou de todo o membro, podendo ser contínua ou desencadeada por algum factor. A fraqueza muscular acontece em casos mais graves ou prolongados sendo geralmente progressiva. Podem existir também alterações nos reflexos encontrados em algumas inserções musculares no punho, cotovelo e ombro nos casos mais graves.

Outros sintomas que podem ser vistos, porém são menos comuns são: dificuldade na escrita ou na caminhada, alterações na fala, dor de cabeça, zumbidos, náuseas, visão turva, febre, sudorese noturna, cansaço e perda de peso.

Em casos mais graves a dor cervical pode fazer parte de graves infecções ou tumores. A cervicalgia é um dos sintomas da meningite, infecção rara e grave do sistema nervoso.

REABILITAÇÃO

Objetivos:

Diminuir a dor e inflamação
Identificar as possiveis causas da Cervicalgia
Restaurar a mobilidade e flexibilidade
Fortalecimento muscular
Diminuir Dor e Inflamação

Se não suspeitar de ruptura muscular durante as primeiras 48 horas, então aplique quente na forma de banho ou saco de agua.
Aplique quente durante 15 a 20 minutos, cada hora.
Anti-Inflamatórios (Não esteroides), poderão ser benéficos na fase inicial da lesão. (Atenção: Consultar sempre um médico antes de tomar qualquer medicamento).
Descanço é importante. Evitar fazer movimentos que provoquem dor. Manter sempre uma postura correta, principalmente se trabalhar sentado.
Ligadura funcional poderá ajudar a descomprimir a tensão muscular na zona.
Técnicas de massagem é muito importante, ajudarão a relaxar e a diminuir a dor na zona.
Restaurar Mobilidade e Flexibilidade

Os musculos do pescoço poderão voltar á sua condição inicial, ou até melhorar, através de exercicios de mobilidade, alongamento e massagem.
Os exercicios de mobilidade deverão começar a ser executados assim que a dor o permitir, se sentir dor ao executar, não o faça.
Deverá efetuar exercicios de mobilidade 3 vezes ao dia durante as 2 primeiras semanas da lesão, para uma melhor recuperação.
Os exercicios de alongamento deverão igualmente ser feitos assim que a dor o permitir e devem ser executados após os exercicios de mobilidade.
A massagem é um excelente metodo para ajudar no relaxamento dos musculos tensos, e poderá ser feita após a fase aguda da lesão (48h a 72h).

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Alongamento terapêutico


Conceito de alongamento

Alongamento muscular são exercícios físicos para manter ou desenvolver a flexibilidade. O alongamento é uma das mais importantes categorias de exercícios que podem ser prescritos para manter e restaurar o equilíbrio normal em cada uma destas estruturas: o músculo, a fáscia, o tendão e o ligamento. Estes podem exibir um grau de rigidez aumentado – que conduz ao funcionamento não-ótimo em determinada articulação secundária – e restringir a amplitude de movimento disponível. O alongamento muscular permite modificar o comprimento do músculo, visando manter ao mesmo tempo, características mecânicas e funções neuromusculares.

Alongamento terapêutico

O alongamento pode ser utilizado como manobra terapêutica para aumentar o comprimento de tecidos moles que estejam encurtados, podendo ser definido também como técnica utilizada para aumentar a extensibilidade músculo-tendinosa e do tecido conjuntivo periarticular, de tal modo contribuindo para aumentar a flexibilidade articular.
Benefícios dos alongamentos

Um programa regular de alongamento proporciona:

Aumento da flexibilidade, resistência e força muscular;
Diminuição de dores e desconfortos musculares;
Boa mobilidade muscular e articular;
Melhora da aparência física e imagem pessoal;
Melhora do alinhamento postural estático e dinâmico;
Facilitação dos processos de aquecimento/desaquecimento em atividades esportivas;
Redução de encurtamentos do sistema muscular;
Diminuição dos riscos de lesões músculo-articulares;
Aumento do relaxamento muscular e melhora da circulação sangüínea;
Melhora da coordenação motora.

Objetivos:

Restaurar a amplitude de movimento normal na articulação envolvida e a mobilidade das partes moles adjacentes a esta articulação;
Aumentar a flexibilidade geral antes de exercícios vigorosos de fortalecimento;
Minimizar o risco de lesões músculo-tendíneas relacionadas a atividades físicas;
Prevenir o encurtamento ou tensionamento irreversíveis de grupos musculares;
Facilitar o relaxamento muscular.

Indicações:

Quando a ADM está limitada como resultado de contraturas, adesões ou tecido cicatricial, levando ao encurtamento de músculos, tecido conectivo e pele;
Quando existe fraqueza muscular e retração nos tecidos opostos. Os músculos retraídos devem ser alongados antes que os músculos fracos possam ser efetivamente fortalecidos;
Quando as limitações da movimentação da articulação causam deformidades esqueléticas evitáveis que podem influenciar na simetria corporal e postura.

Contra-indicações:

Bloqueio ósseo limitando a mobilidade articular;
Inflamação ou infecção nas estruturas envolvidas;
Presença de dor aguda;
Integridade óssea ou vascular comprometida;
Presença de hematomas ou outras indicações de traumatismos teciduais;
Comprometimento ou falta de estabilidade ou integridade articular;
Fratura recente.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Massagem esportiva - Apoterapia


A massagem esportiva – algumas vezes chamada apoterapia – foi revivida das suas origens gregas com seus ginastas, pugilistas e gladiadores no século XX, tendo sido citada em dois livros franceses, por Coste e Ruffier, como “massage sportif”.

A massagem esportiva vem sendo cada vez mais reconhecida como uma importante modalidade terapêutica, a medida que um numero cada vez maior de pessoas de todas as idades se envolve na pratica dos esportes e em treinamentos de aptidão.

Efeitos da massagem esportiva:

Diminui lesões de treinamento
Melhora a consistência do treinamento
Ajuda a prevenir
Lesões musculares e tendinosas
Promove a cura de lesões agudas
Promove a cura completa, ao evitar que problemas agudos tornem –se crônicos
Promove a cura de lesões muito prolongadas (rompe aderências para a restauração da mobilidade)
Reduz os espasmos musculares para a promoção da restauração do funcionamento muscular normal
Incentiva uma atitude mental relaxada
Aumenta a confiança
Capacita o atleta a permanecer no seu esporte por mais tempo

domingo, 15 de agosto de 2010

Encontre na dança uma solução para aliviar dores nas costas, pescoço e braços


A maioria das pessoas passa boa parte do dia sentada, seja no trabalho, no carro ou assistindo à televisão. Tal atitude tem chamado a atenção dos sistemas de saúde de vários países, que já promovem ações para estimular a adoção de estilos de vida mais saudáveis. Entre as opções para alguém se tornar ativo fisicamente, a dança tem merecido destaque, pois é um exercício considerado completo.

Um estudo publicado pelo Journal of Physical Education, Recreation & Dance declarou que a prática é muito mais do que arte ou divertimento. Trata-se de uma extraordinária terapia que auxilia na prevenção, administração e tratamento de doenças físicas e mentais. A lista dos benefícios é longa: aumento da capacidade respiratória, cardíaca e cognitiva, fortalecimento muscular, redução do risco de osteoporose, melhora da autoestima, controle do peso, incremento da sociabilidade, controle da demência, coadjuvante no tratamento de Parkinson etc.

Entre as tantas indicações terapêuticas, a melhora da postura é consequência natural e pode atenuar um mal que incomoda 77% das pessoas que utilizam computadores. Quem nunca sentiu dores no pescoço, nas costas ou nos braços, depois de uma longa jornada de trabalho? O problema não se restringe ao mundo dos adultos, pois um estudo publicado pelo The European Journal of Public Health, revelou que o uso frequente de computadores aumenta o risco de dores lombares e no pescoço entre os adolescentes também.


Alinhar a coluna

Conforme Jussara Miller, bailarina, coreógrafa e professora da Faculdade de Dança da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), autora do livro A escuta do corpo – sistematização da técnica de Klaus Vianna (Summus Editorial), dançar é uma atividade que “promove a consciência do corpo em relação à força da gravidade, possibilitando, dessa forma, uma postura adequada”.

Jussara explica que, em geral, vivemos num estado de ausência corporal e por meio da dança essa condição se modifica. Passamos a compreender como o corpo funciona e, gradativamente, estabelecemos uma “integração com gravidade”. Conforme a bailarina, o reconhecimento das próprias articulações facilita o trabalho de flexibilidade da coluna vertebral, dando espaço aos seus três movimentos: cervical, torácico e lombar. “É aí que o alinhamento postural desperta”.

Novos movimentos

Para Ivaldo Bertazzo, bailarino e coreógrafo, quando dançamos passamos a nos deslocar de outras formas. “Na vida cotidiana só andamos para a frente. Dançando, aprendemos a dominar espaço-distância. Essas novas aptidões favorecem a postura.”

Na opinião do médico Cláudio Santili, professor do departamento de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e presidente eleito da Sociedade Brasileira de Ortopedia (SBO), para além da postura, o mais importante da dança é a capacidade de colocar as pessoas em movimento, favorecendo o aparelho locomotor e a musculatura. “Como a prática exige o alinhamento do tronco, a coluna vai se acomodando numa posição mais reta e, naturalmente, opõe-se àquela decorrente da acomodação sedentária”, diz o médico.

Dos 8 aos 80

Democrática, a dança pode ser praticada pela maioria das pessoas, independentemente do sexo e idade. No entanto, o médico Cláudio Santili comenta que é muito comum que professores de dança confundam esforço com performance: “Os pais precisam ficar atentos. A dança para as crianças nunca deve perder sua espontaneidade”.
Para os adultos, Ivaldo Bertazzo recomenda que nenhum movimento seja realizado com velocidade: “A pessoa deve ter o cuidado de não se lançar bruscamente”.

Como em qualquer atividade física, antes e depois de dançar, o aquecimento é imprescindível e pode ser realizado por meio de alongamentos, para movimentar as articulações dos membros inferiores, bem como da cadeia muscular posterior (coluna, panturrilha, tornozelos).

Postura – Os músculos que devemos desenvolver para melhorá-la


Cifose

Para o tratamento da cifose os exercícios devem estar focados na ação escapular e na elevação forçada, estes dois movimentos da cintura escapular se relacionam com a extensão horizontal e a ação da articulação escapulo-humeral respectivamente.

Os músculos que devemos tonificar pertencentes à cintura escapular são os seguintes:

- Trapézio
- Angular
- Rombóides

Por outro lado os exercícios a realizar devem estar focados na alongamento dos seguintes músculos:

- Peitoral Menor
- Peitoral Maior
- Serrato Maior

Lordose

Para o tratamento da lordose os exercícios devem fortalecer os flexores do tronco e os extensores do quadril, quer dizer os abdominais e os isquiotibiais. Os músculos a alongar seriam os espinhais e o psoas, por isso os abdominais devem se praticar unicamente quando não envolver o desenvolvimento do psoas

Escapula Alada

Neste caso os músculos a tonificar serão os rombóides e trapézio que são os que pegam a escapula e a grelha costal.

Os músculos a alongar seriam o peitoral menor e maior.

Ombros Caídos

Ver cifose

Dose das cargas

Os exercícios devem se realizar com sobrecarga (pesos, aparelhos etc). O peso deve ser de acordo com o estado físico de cada pessoa, uma carga que é leve para uma pessoa, pode ser pesada para outra, esta é a razão pela qual não podemos dizer qual é o peso apropriado para cada exercício. Entretanto podemos dizer que se a sobrecarga for muito leve não chega a tonificar o músculo, e se pelo contrário é muito pesada, pode provocar uma lesão no lugar de corrigir o problema postural.

A rotina de trabalho poderia ser:

Séries 2 – ir aumentando a cada duas semanas até chegar 4 ou 5
Repetições – 10 a 15
Pausa – 60/90 min.
Carga – A que permita realizar 10 ou 15 repetições com um esforço passível, não se deve finalizar a série exausta, mas tampouco sem padecer de cansaço muscular.

Defeitos do Pé

Pé Varo:
A paralisia do períneo lateral comprido, do períneo lateral curto ou ambos permite que os tibiais ant. e post. desviem o pé fazendo que a planta fique para dentro.

Pé Valgo:
A perda do tibial posterior ou a contração do períneo lateral comprido pode produzir a inversão da planta do pé.

Pé Cavo:
É o excesso do arco do pé, é aumentada e é produzida pela perda do tríceps sural (gêmeos e solear)

Pé Plano:
É a carência do arco do pé, ocorre por que os tíbiais ant. e post. e os plantar intrínsecos estão estirados. Estas são algumas causas que produzem este defeito

- Inatividade na infância e na adolescência
Não desenvolve a força necessária nos músculos e ligamentos para suportar o peso do corpo.

- Caminhar constantemente sobre superfícies duras e uniformes
Geram um impacto violento em cada passo, seriam melhores as superfícies brandas e irregulares onde faz adotar ao pé distintas posições, desenvolvendo assim todos os músculos de forma casual.

- Problemas Congênitos

- Debilitação muscular por causa de alguma doença

Como escolher o Calçado

O calçado deveria reunir as seguintes características:

- Longitude Suficiente
Que o dedo gordo não fique pressionado, mas que tampouco se deslize o pé

- A parte anterior deve ser suficientemente larga

Para não apertar os dedos do pé um com os outros

- Suficiente altura do púbis

Para não provocar pressão para baixo

- A planilha deve coincidir com o arco do pé.

- O amortecimento da sapatilha é de suma importância
Hoje em dia existe uma grande variedade de sapatilhas, muitas delas vêm equipadas com dispositivos que amortecem os golpes, é muito importante sua escolha para aquelas atividades de alto impacto (correr, saltar, etc.).

Salto Alto
A profissão médica condena unanimemente o salto alto. Tem se dito que são uma prótese deformante e que do ponto de vista fisiológico constituem o fator mais destruidor da fisiologia do pé. Produzem os seguintes efeitos:

- Diminui o tom dos músculos posturais.

- Aumenta o tom dos gêmeos e solear provocando cãibras crônicas.

- O tendão de Aquiles se corta produzindo problemas posturais.

- Mantêm os dedos em dorsiflexão mais ou menos completa.

O salto mais baixo que a sola parece ser bom para os dedos em martelo, joanetes e calo metatarsiano plantar.



Titulo Original: http://www.portalfitness.com/

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Revisão médica


À margem de que sejamos ou não esportistas, uma revisão médica periódica é muito aconselhável. Se já se pratica com regularidade, dita revisão será imprescindível para avaliar o estado do esportista e o risco de lesão.

Consiste em…

A revisão médica é um passo necessário para praticar um esporte sem medo nem preocupação. O controle médico variará em função do nível do esportista. Será contínuo se este for de elite, e requererá duas revisões anuais, se nos encontrarmos com um esportista esporádico.

Deve constar de…

Em qualquer caso, terá que exigir um certificado médico que demonstre a aptidão da pessoa para realizar uma atividade física, seja qual seja esta atividade.

Se for possível, recomenda-se que a revisão se realize em um médico especialista em esporte ou se não for assim que a revisão conste de:

- Prova de esforço.

- Controle de tensão arterial e de freqüência cardíaca antes, durante e depois da prova de esforço.

- Eletrocardiograma.

- Exploração física completa: Orelhas, boca, olhos, extremidades superiores e inferiores, costas, quadris, auscultação cardíaca e pulmonar, palpação de pulsos periféricos e sistema nervoso.

- Medição das extremidades.

- Estudo pedológico ortopédico.

- Controle da carteira de vacinação.

Esta revisão pode ser acompanhada de um estudo das capacidades físicas da pessoa e de um estudo de sua melhora com o treinamento.

Isto nos evitará lesões e acidentes provocados por patologias prévias, assegurando que todas as pessoas que estão realizando uma atividade física não sofram nenhuma contra-indicação.



Referência: http://www.pulevasalud.com/

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Alongamento do peito

Ficar sentado em frente ao computador o dia todo ou dirigir por muito tempo pode fazer com que suas costas fiquem curvadas. O alongamento do peito ajuda a abrir a região do tórax e esticar os músculos.

Passo 1
Sente com a coluna ereta, o corpo erguido e as pernas cruzadas. Coloque as mãos atrás da cabeça. Deixe os cotovelos apontando para frente.


Passo 2
Mova os cotovelos para o lado e empurre-os para trás. Fique nessa posição por 30 a 60 segundos, depois relaxe o corpo. Repita esse procedimento mais uma vez.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Massagista: Despesa ou Investimento?


O massagista acarreta uma despesa de fácil retorno. Ou seja, o massagista não é uma despesa mas sim um investimento, senão vejamos:

Ao “educar” os atletas na prevenção de lesões, reduz a probabilidade do aparecimento das mesmas fazendo com que se reduza as despesas médicas do clube;
Ao “atacar” prontamente as lesões, minora o seu agravamento, reduzindo o tempo de inatividade do atleta lesionado. Isso contribui para a redução de despesas no clube, pois não está a subsidiar um atleta que não treina;
Sendo parte integrante dos quadros técnicos, tem a preocupação de recuperar com celeridade o atleta (sem obviamente ultrapassar etapas), ao invés de algumas clínicas que quanto mais prolongado for o tratamento, maior será o seu rendimento;
Ao haver períodos de inatividade curtos dos atletas lesionados, o plantel estará à disposição da equipa técnica que assim poderá fazer o seu trabalho em melhor condições de modo a agradar ao público. Público agradado é público aumentado. Público aumentado é aumento de receita.

Ao invés, clubes que “poupam” no massagista, gastam o dobro em medicação e em reabilitação.
Texto:João Carlos Matos

Massagem & Esporte


Na busca constante por melhores resultados um número cada vez maior de atletas e desportistas utilizam a massagem como forma de melhorar seus resultados e minimizar suas contusões.

Todos atletas procuram alguma coisa que os ajude a treinar de maneira mais eficiente, obter melhores resultados e superar rapidamente as contusões. Nas últimas décadas temos testemunhado um aumento dramático na performance dos atletas. Avanços nos treinamentos e técnicas de condicionamento estão permitindo ao corpo humano se tornar um "máquina afinada". Os limites de velocidade, resistência e força tem sido superados freqüentemente e a cada ano, novos recordes mundiais são quebrados.


O salto na performance pode ser atribuído principalmente aos seguintes fatores:

-Equipamentos de treinamento cada vez melhores;
-Melhor compreensão de como os nutrientes são usados pelo corpo humano;
-Avanços científicos nos estudos da estrutura do corpo e suas funções.

O crescente conhecimento e uso da terapia de massagem voltada ao esporte, aliados a outras terapias manuais e tratamentos tem se mostrado um dos mais importantes componentes na busca de alta performance, tanto quanto os severos cuidados na boa alimentação do atleta.

Fonte: American Massage Theapy Association - Sports Massage - The Athlete´s & Trainer´s Edge

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Efeitos da massagem desportiva no Tecido Muscular



* Músculos Normais

Autoridades contemporâneas em geral concordam que a massagem não aumenta a força muscular.

Mennell (1945) afirmou que "apenas por um meio a força muscular pode ser desenvolvida, e este meio é a contração muscular.

Como um meio para atingir uma finalidade, a massagem pode ter utilidade em tornar possível, por exemplo, que um músculo seja submetido a mais exercício, desenvolvendo assim sua força.

Autores concluíram que a massagem pode causar relaxamento, que se expressa por um aumento no comprimento dos músculos. Bell (1964) informou que a fadiga muscular era aliviada com maior rapidez pela massagem e repouso, do que apenas pelo repouso.

Embora algumas afirmativas na literatura impliquem que a massagem aumenta o tono muscular, as evidências em favor desta colocação são inconclusivas, na melhor das hipóteses.

* Condições Patológicas do Músculo

A fibrose tende a ocorrer em músculos imobilizados, lesionados ou desnervados.

Com o uso cuidadoso das várias técnicas de massagem é possível aplicar tensão a este tecido fibroso; o objetivo consiste em impedir a formação de aderências, e na ruptura das pequenas aderências que já se formaram.

* Músculo Lesionado

Experiências demonstraram que os músculos massageados reapresentaram aspecto normal e maior volume muscular em geral.

* Músculo Desnervado

Dois grupos de macacos rhesus foram submetidos à secção unilateral do nervo ciático. Após 4 semanas, foram aplicadas massagens (alisamento e amassamento) e movimentos passivos durante 7 minutos diariamente a um grupo, enquanto o grupo-controle foi mantido em absoluto repouso. Após intervalos de 2 meses e de até 6 meses para outros, os músculos foram examinados microscopicamente. Os músculos mantidos em repouso estavam pálidos e circundados por septos espessados de tecido fibroso. Já os músculos massageados estavam flexíveis e elásticos e exibiam fibrose e aderências em quantidade consideravelmente menor.

Por ter prevenido até certo ponto a formação de tecido fibroso inelástico e de aderências, a massagem ajudou a manter uma relação favorável, permitindo uma recuperação mais satisfatória do funcionamento muscular.

Chor e colaboradores acreditavam que a atrofia e a degeneração do músculo esquelético desnervado são inevitáveis; em seguida, estes autores demonstraram que a massagem não impede a atrofia até um período de 6 semanas, mas devido ao seu efeito na quantidade de tecido fibroso formado, esta técnica realmente possibilitou aos músculos um retorno mais rápido ao normal, após a reinervação.

Os efeitos principais da massagem no tecido muscular podem ser resumidos como:

* A massagem não aumenta diretamente a força do músculo normal; contudo, como meio para atingir determinado fim, a massagem é mais efetiva que o repouso;

* Em termos gerais, a massagem não aumenta o tono muscular, mas certas manipulações podem ser aplicadas com o objetivo de facilitar a atividade muscular (sobretudo técnicas de percussão).

* A massagem não impede a atrofia no músculo desnervado.

* O objetivo da massagem no tratamento do músculo desnervado deve ser a manutenção dos músculos no melhor estado possível de nutrição, flexibilidade e vitalidade.

sábado, 7 de agosto de 2010

Espasmo muscular


Considerado uma contração involuntária do músculo, o espasmo aparece, principalmente, quando o estresse atingiu o limite ou quando houve uma sobrecarga muscular. De acordo com o neurocirurgião da Associação Médica de Brasília, Luíz Cláudio Modesto Pereira, o espasmo também pode ser o resultado de noites mal dormidas e tensão acumulada. "O fator preocupante é que o espasmo pode gerar uma síndrome crônica, ocasionando a contração permanente do músculo", explica especialista.

Qualquer músculo pode sofrer espasmos, principalmente, os dos membros superiores e inferiores (braços e pernas). No entanto, há dois tipos de contrações: as que não provocam dor e as que provocam. As primeiras são resultado do estresse, como é o caso do tremor da pálpebra: "O que precisa de atenção especial é o fato de que o tremor do olho pode gerar mioclomias, puxadinhas no olho extremamente desconfortáveis", salienta o neurocirurgião.

Já as contrações dolorosas são decorrentes de algum esforço em excesso que o músculo sofreu. "Carregar bolsas muito pesadas, por exemplo, podem provocar uma contratura permanente do músculo dos ombros, devido à sobrecarga. Ou até quem abusa na hora de fazer exercícios físicos pode sentir contrações musculares", explica Luíz Pereira.

De acordo com o neurocirurgião, o ideal é procurar um especialista quando o espamo permanece, pois é preciso verificar sua origem, que pode ser no nervo, no músculo ou possuir origem psicológica. "A contratura muscular pode ser um sinal, por exemplo, de doenças na medula espinhal. Por isso, é imprescindível saber sua causa", frisa o médico.

Porém, a maior parte dos espasmos pode ser evitada. A grande aliada para isso é a atividade física , "Os músculos precisam de uma boa oxigenação para que os espasmos não apareçam", explica o médico. A seguir, o médico do esporte do Hospital 9 de Julho, Pablius Staduto Braga da Silva, deixa algumas dicas para dar um chega pra lá nos tremeliques.

Faça exercícios aeróbicos
-eles irão manter a boa oxigenação dos músculos e impedir as contrações.

Coloque a hidratação em primeiro lugar
-a reposição dos sais minerais gastos durante os exercícios é crucial para que os músculos estejam sempre saudáveis. "A atividade física gasta os eletrólitos e, se não forem repostos, favorecem os espasmos", explica o especialista.

Alimente-se antes dos exercícios
-atividade física não pode ser realizada em jejum; o corpo precisa estar preparado para aguentar a repetição dos exercícios.

Aproveite a academia com esforço progressivo
-abusar nos exercícios prejudica os músculos, porque pode sobrecarregá-los. Ir com calma e ter acompanhamento profissional é o melhor caminho para fugir das contrações musculares.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Massagem para distensão muscular


Patologias

Um músculo traumatizado é geralmente doloroso, hipertônico e muito sensível; o indivíduo sente dor acentuada quando ele é usado, e certo alívio quando em repouso.

Vejamos a seguir alguns tipos de lesões musculares:

Distensão muscular: É o alongamento exagerado do músculo acompanhado de algumas rupturas de fibras musculares. Sendo assim a distensão muscular é uma lesão traumática aguda na unidade músculo-tendinosa (UMT). A força da lesão é indireta (uso excessivo, mau uso, hipercontração) em oposição à direta (pancada, corte, perfuração). Para ocorrer uma distensão, a falta de aquecimento e alongamento e o próprio cansaço muscular contribuem muito, mas o agente causal é sempre um movimento forte de rápida contração ou movimento exagerado contra uma grande resistência. As distensões são classificadas em:

Distensão de Primeiro Grau - é um pequeno trauma da UMT que provoca dor leve, edema e incapacidade, mas geralmente, não prejudica a capacidade de o indivíduo produzir uma contração (embora dolorosa) normal do músculo envolvido.

Distensão de Segundo Grau - é uma lesão moderada da UMT, inclusive com laceração ou ruptura de um número pequeno de fibras musculares e tendinosas, que provoca dor moderada, edema e incapacidade devido à contração anormal (fraca e dolorosa) do músculo envolvido.

Distensão de Terceiro Grau - é uma ruptura completa da UMT.


Precauções

Os exercícios de alongamento muscular devem ser obrigatórios antes de cada sessão se atividade física. Previnem lesões musculares e tendinoses, evitam dores musculares e aumentam a amplitude dos movimentos articulares. Em alguns casos, principalmente quando se está em programa de reabilitação de lesões ou em sessões de exercícios muito estafantes, os alongamentos também devem ser feitos ao final da atividade.

Antes das atividades físicas, o aquecimento é de fundamental importância. Ele aumenta a temperatura corporal o que aumenta a força de contração muscular. Da mesma forma ele otimiza a coordenação neuro-muscular, além de prevenir a ocorrência de lesões musculares e promover uma predisposição psíquica à performance. Para se ter idéia, em cada grau de temperatura corporal aumentando, o metabolismo celular aumenta em 13% e isso resulta em mais rápida liberação do oxigênio do sangue para os músculos.

Embora uma simples massagem seja muito agradável, seus efeitos são cumulativos e um tratamento completo traz os maiores benefícios. O uso regular da massagem fortalece e tonifica o corpo inteiro, ajudando a prevenir distensões e ferimentos que podem ocorrer devido ao excesso de tensão e uma fraqueza estrutural resultante. A massagem pode estimular ou acalmar o sistema nervoso – dependendo do que se necessite – e por tanto ajudar a reduzir a fadiga, deixando a pessoa com uma sensação de ter recobrado as energias. Se for bem feita, a massagem tem o poder de restaurar o indivíduo físico, mental e espiritualmente.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Esporte e Saúde - Guia Prático


O homem moderno vem deixando de lado as práticas esportivas, o que muitas vezes leva a um estilo de vida sedentário e provoca distúrbios como má alimentação, obesidade, tabagismo, estresse, doenças coronarianas, etc.

Como reação a essa atitude, a ciência do esporte vem desenvolvendo estudos e demonstrando a importância que a prática constante de uma atividade física bem planejada tem para que as pessoas possam ter uma vida mais saudável.

Motivos importantes para a prática da atividade física

1 Auto estima

A prática regular de exercícios aumenta a confiança do indivíduo.

2 Capacidade Mental

Pessoas ativas apresentam reflexos mais rápidos, maior nível de concentração e memória mais apurada.

3 Colesterol

Exercícios vigorosos e regulares aumentam os níveis de HDL (lipoproteína de alta densidade, o &ldquobom colesterol&rdquo) no sangue, fator associado à redução dos riscos de doenças cardíacas.

4 Depressão

Pessoas com depressão branda ou moderada, que praticam exercícios de 15 a 30 minutos em dia alternados, experimentam uma variação positiva do humor já após a terceira semana de atividade.

5 Doenças Crônicas

Os sedentários são duas vezes mais propensos a desenvolver doenças cadíacas. A atividade física regula a taxa de açúcar no sangue, reduzindo o risco de diabetes.

6 Envelhecimento

Ao fortalecer os músculos e o coração, e ao amenizar o declínio das habilidades físicas, os exercícios podem ajudar a manter a independência física e a habilidade para o trabalho, retardando o processo de envelhecimento.

7 Ossos

Exercícios regulares com pesos são acessórios fundamentais na construção e manutenção da massa óssea.

8 Sono

Quem se exercita pega no sono com mais facilidade, dorme profundamente e acorda restabelecido.

9 Stress e Ansiedade

A atividade física libera os hormônios acumulados durante os momentos de stress. Também funciona como uma espécie de tranqüilizante natural - depois do exercício a pessoa experimenta uma sensação de serenidade.


Conceitos importantes para a prática da atividade física

Avaliação Física

Antes de iniciar um programa de atividade física regular, é fundamental a realização de uma avaliação física para a prevenção de quaisquer riscos à sua saúde. Esta avaliação de estado de aptidão inclui quatro áreas.

-força muscular;

-flexibilidade articular;

-composição corporal (percentual de gordura, peso corporal magro e peso corporal desejável);

-capacidade funcional cádio-respiratória.

Todos estes dados colaboram para a formulação correta de um programa de exercícios individualizado, baseado no estado de saúde e de aptidão da pessoa.

Avaliação Correta

Adquira, progressivamente, bons hábitos alimentares. Faça cerca de 5 a 6 refeições moderadas por dia.

O café da manhã deve ser rico e diversificado, constituindo uma das principais refeições.

Elimine ou evite de sua dieta os alimentos que só contribuem com calorias e que não têm valor nutritivo.

Evite chá, café e álcool, pois podem causar uma indesejável diminuição da eficiência muscular.

Prefira água e sucos naturais, em detrimento de bebidas artificiais.

Evite alimentos gordurosos, pois além de prejudicar o processo digestivo, aumentam o colesterol e o percentual de gordura no organismo.

Inserir alimentos ricos em carboidratos é muito importante, porém o excesso pode ser transformado em gordura e depositado no tecido adiposo.

Use a roupa correta

Na prática da atividade física, a escolha da roupa é importante.

Não utilize aquelas que dificultam a troca de temperatura entre o corpo e o meio ambiente (evite tecidos sintéticos).

Prefira roupas claras, leves e que mantenham a maior parte do corpo em contato com o ar, facilitando a evaporação do suor.

Use tênis apropriado para a modalidade física escolhida.

Autoria: Fagner Alves Barreto

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Cinesioterapia


A Cinesioterapia é o uso do movimento ou exercício como forma de terapia. Os primeiros estudos sobre a utilização dos exercícios terapêuticos datam da Grécia e Roma antiga, porém foi a partir da I Guerra Mundial que houve um aumento acentuado da utilização deste recurso para a reabilitação de pacientes, isso devido ao grande números de incapacitados durante e após os cambates. Sua principal finalidade é a manutenção ou desenvolvimento do movimento livre para a sua função, e tem como efeitos principais a melhora da força, resistência à fadiga, coordenação motora, mobilidade e flexibilidade.

Cinesioterapia a arte de curar
A cinesioterapia é definida etimologicamente como a arte de curar, utilizando todas as técnicas do movimento. Licht (1965) definiu exercício terapêutico como "movimento do corpo ou das partes corporais para alívio de sintomas ou melhorar a função".

Auguste Georgii (1847), ao utilizar o termo cinesioterapia, propunha esta definição: "O tratamento das doenças através do movimento"; a cinesioterapia ativa é assim a parte da terapia que utiliza o movimento provocado pela atividade muscular do paciente com uma finalidade precisamente terapêutica. É o que há muito tempo se chamou de ginástica médica em oposição à ginástica geral, cujos propósitos são essencialmente higiênicos ou estéticos. Entretanto essa noção de movimento é muito restritiva, portanto se incluem inteiramente no quadro da cinesioterapia ativa solicitações musculares de estabilizações que não induzem nenhum deslocamento das alavancas ósseas.


O movimento como sinal de vitalidade não é um conceito novo, a cinesioterapia, ou terapia pelo movimento resume-se como uma análise e encorajamento ao movimento de uma ou mais zonas do corpo. Podendo ser ativo, passivo ou resistivo, de acordo com a situação particular em causa, permite devolver pelo incentivo bio-mecânico usado pelo terapeuta a mobilidade que se poderia considera normal para essa pessoa tendo em conta as suas características, hábitos e história clínica. Os movimentos são concertados com outras terapias, tanto na forma de avaliação, como de tratamento, sendo sempre o objetivo melhorar a função de mobilidade do corpo. O movimento, sempre tão essencial à condição saudável é parte integrante da preocupação da Massoterapia, sendo este um dos mais imediatos itens a ser avaliado e sobre o qual recai parte importante do planeamento terapêutico.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Alongamento combate dor nas costas durante o frio

Exercícios ajudam a evitar sintomas de doenças degenerativas




Quem sofre de algum problema nas costas deve ficar mais atento no frio e tomar alguns cuidados especiais. Isso porque as dores tendem a ser mais frequentes nesta época do ano, devido a uma série de fatores.

“O problema está na falta de atividade física”, aponta Sérgio de Souza Pinto, professor de fisioterapia da Unicid (Universidade Cidade de São Paulo). A baixa temperatura faz com que muitas pessoas evitem exercícios, o que pode agravar o efeito de processos degenerativos como bico de papagaio, hérnia de disco e artrose.

Roseli Cordeiro Morais, diretora do curso de fisioterapia da UnG (Universidade de Guarulhos), cita os problemas de postura. “A pessoa tende a ficar mais encolhida no frio, com os músculos retraídos”, afirma.

A musculatura se contrai e passa mais tempo parada por efeito do frio, de acordo com a fisioterapeuta. “O frio gera constrição dos vasos sanguíneos, reduzindo a irrigação muscular. Resultado: o músculo leva mais tempo para exercer suas funções.”

A circulação também pode privilegiar órgãos mais importantes do organismo, como pulmões e coração, prejudicando a irrigação muscular. Isso acontece, explica Roseli, em condições extremas. Mas também pode ocorrer, com menos intensidade, durante o frio.

Outro fator fisiológico está no líquido encontrado nas articulações do corpo, o líquido sinovial. “Ele fica mais espesso com o frio e pode limitar os movimentos”, afirma a fisioterapeuta.

No inverno, a umidade relativa do ar costuma ser mais alta e isso pode afetar os tecidos moles, tendões e ligamentos. “É por isso que as pessoas com cicatrizes costumam dizer que ela está doendo", comenta.

Motivos para se cuidar no frio não faltam. As dicas são simples: mantenha-se aquecido e não deixe de fazer alguma atividade física. Mas se você não pode ir à academia, existem alternativas de alongamento que podem ser feitas em casa. E elas ajudam bastante.

O ideal é fazer os alongamentos diariamente, mas eles também podem ser realizados a cada dois dias. Nas imagens, uma estudante da Unicid mostra os principais movimentos para evitar dor nas costas.

domingo, 1 de agosto de 2010

MOTIVAÇÃO – Dicas de Arnold Schwarzenegger


A força não vem da vitória. Seus esforços desenvolvem suas forças. Quando você enfrenta dificuldades e decide não se entregar, isso é força.

A mente não tem limite. Quando a mente pode prever o fato de que você pode realizar algo, você realmente pode, desde que acredite nisso 100 por cento.

Falhar não é uma opção. Todos precisam vencer.

Para mim, a vida consiste em estar sempre faminto. O significado da vida não é simplesmente existir, mas seguir em frente, subir, alcançar, conquistar.

Todos possuimos um grande poder interior. O poder é a auto-confiança. Há de fato uma postura para vencer. Você precisa se ver vencendo antes de vencer. E você precisa estar faminto. Você precisa querer conquistar.

Largue com vantagem, amplie mais e nunca olhe para trás.Eu aprendi algo em todos esses anos de treinamento e competição. Aprendi algo de todas essas séries e movimentos, quando eu achava que não poderia erguer mais nenhuma grama de peso. O que aprendi é que nós sempre somos mais fortes do que pensamos.

Eu sabia que eu era um vencedor no final dos anos 60. Eu sabia que estava destinado a grandes coisas. As pessoas vão pensar que este tipo de pensamento é totalmente arrogante. Modéstia não é uma palavra que se aplica em mim sob nenhum aspecto – espero que nunca se aplique.

Fisioculturismo é como qualquer outro esporte. Para se dar bem, você precisa se dedicar 100% ao treinamento, dieta e equilíbrio mental.

As últimas três ou quatro repetições é o que faz o músculo crescer. Esta área de dor divide o campeão de alguém que não é um campeão. Isso é o que falta a maior parte das pessoas, ir até o final mesmo através da dor, não importa o que aconteça.

Nunca se satisfaça com seu desenvolvimento, aprenda a amar o desafio e procure sempre estar faminto. Pessoas normais são felizes com vidas normais. Eu era diferente. Eu sentia que existia mais na vida do que se arrastar em um dia depois do outro… Eu era mais rigoroso que muitos dos meus amigos porque eu queria mais, eu exigia mais. Eu era mais faminto por sucesso do que qualquer pessoa que conhecia.

Arnold Schwarzenegger
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails