Páginas

sábado, 10 de dezembro de 2016

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Massagem de Recuperação



Massagem de Recuperação, também muitas vezes 
designada por Massagem Terapêutica, implica a 
utilização de um conjunto de técnicas específicas orientadas 
para aumentar a flexibilidade muscular e tonificar os 
tecidos, dando especial atenção a determinadas partes do corpo.

É essencialmente uma massagem localizada com o 
objetivo da recuperação gradual da zona afetada.

Benefícios da Massagem Terapêutica


Massagem Terapêutica é essencial para:
  • Eliminação das toxinas nas áreas afetadas
  • Reabilitação motora
  • Maior flexibilidade muscular
  • Diminuição do stress
  • Recuperação gradual de lesões
  • Tonificação e regeneração muscular
  • Regeneração Celular

Ao ter uma ação estimulante do sistema imunitário, melhora 
o bem-estar geral.

Tratamentos

  • Dores Lombares;
  • Dores Cervicais;
  • Problemas Articulares;
  • Dores de Cabeça;
  • Dores Musculares;
  • Torcicolos;
  • Dor Ciática.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Massagem na prevenção e recuperação pós-treino



As massagens aceleram a recuperação após exercícios físicos e ajudam a evitar lesões, aliviando tensões e promovendo o equilíbrio músculo-esquelético. A técnica melhora a circulação, remove resíduos metabólicos, estimula as terminações nervosas e diminui dores e cansaço muscular. Em relação ao sistema linfático, a massagem estimula seu funcionamento como um todo, eliminando substratos indesejáveis ao organismo e colaborando com o processo circulatório, o que favorece o bom aspecto da pele e amenizan possíveis edemas.

Praticamente todos podem usufruir desses benefícios. Há contraindicação apenas em casos de problemas vasculares, como trombose venosa profunda, ou de lesão muscular recente. Além disso, pessoas com insuficiência cardíaca devem evitar a drenagem linfática para não aumentar o fluxo sanguíneo.

Prevenção e recuperação pós-treino

Os procedimentos utilizados na massagem esportiva geralmente variam de acordo com objetivos individuais. Muitas vezes, o que funciona para uma pessoa pode não ter resultados eficazes para outra. “Gosto de misturar massagem clássica, shiatsu e drenagem linfática, por exemplo. Costumo usar mais de uma técnica para aproveitar o que existe de melhor em cada uma”, comenta Claudio Maradei, formado em educação física e massagista da Seleção Brasileira de Basquete.

Se a intenção for auxiliar a preparação para as atividades que serão realizadas, a massagem deve ser rápida e intensa para aquecer os músculos. Dessa forma, os receptores contidos nas camadas da pele são estimulados, aumentando a temperatura. Um músculo aquecido tem condições melhores de desempenhar os movimentos.

Recomenda se que as sessões de massagem sejam realizadas uma vez por semana como auxiliares do treinamento, um dia antes ou um dia após os exercícios, e duas ou três vezes por semana como coadjuvante nos tratamentos de lesão – se forem aplicadas no mesmo dia do treino, o indicado é programá-las para depois da atividade física. Os movimentos mais lentos e suaves são usados no alívio de dores, bem como na recuperação pós-corrida, quando é necessário buscar o relaxamento muscular.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Massagem desportiva como forma de recuperação muscular

Sua rotina de treinamento é intensa? Utiliza massagem desportiva como forma de recuperação muscular. Atletas ou pessoas que praticam exercícios físicos com frequência sabem que a musculatura precisa de preparação e recuperação. A massagem desportiva é reconhecida por tratar (recuperação) e ajudar a alcançar melhores objetivos (preparação) ao esportista. Serve, portanto, para pré e pós atividades físicas e/ou competições. Na fase de condicionamento, pode ajudar os atletas a recuperarem a musculatura após um treino intenso e também a evitar dores causadas pela fadiga. Neste momento, as manobras devem ser realizadas com mais velocidade e intensidade, para “acordar” a musculatura, elevando a circulação e temperatura local. Após uma competição, pode auxiliar na regeneração muscular, alongando as fibras musculares, eliminando possíveis edemas e toxinas (como o ácido lático) do corpo. Neste caso, a massagem deve ser mais lenta e precisa. Muitos autores acreditam que a massagem desportiva realizada após uma atividade física intensa, promove uma recuperação muscular mais rápida – além da diminuição da dor. A técnica também trabalha nos trigger points (pontos de gatilho), nódulos sensíveis e palpáveis causadores de dores locais. Geralmente localizam-se onde músculo e tecido se conectam, lugar onde a tensão se acumula. Os pontos de gatilho podem estar longe do ponto de origem da dor – e podem causar problemas como enxaquecas, torcicolos e dores nos braços e pernas, por isso a importância de serem trabalhados. Como se percebe, a massagem desportiva pode ser benéfica para pessoas que curtem atividade física ou aquelas que se dedicam exclusivamente ao esporte. Em ambos casos é bem vinda, pois tem também um efeito psicológico, ligado ao bem estar, desencadeado pelo toque e pelo relaxamento. O que modifica em cada caso é a maneira de ser aplicada e, por isso cabe ao profissional que for executá-la conhecer a pessoa que vai receber a técnica, saber qual esporte pratica e quais áreas do corpo são mais utilizadas – assim poderá fazer uma massagem mais efetiva e correta. Muitos atletas, como os jogadores de futebol, corredores e fisioculturistas, são usuários da massagem desportiva – que geralmente é bem recebida pela maioria das pessoas. E o melhor: existem estudos que comprovam que a técnica ajuda o atleta a aumentar o desempenho e evitar lesões. Os principais objetivos da massagem esportiva são: relaxar musculatura, aliviar estresse e possíveis dores, evitar a fadiga, remoção de toxinas, aumento das articulações, diminuir edemas, aumentar o desempenho, prevenir lesões. Ideal ser realizada uma vez por semana. Nos casos de preparação para uma prova, pode aumentar para duas vezes na semana ou sempre após o treinamento e competição. Ela é contra-indicada para quem apresenta lesões agudas, doenças cutâneas, feridas abertas, febre, infecções, tumores, trombose, problemas circulatórios ou renais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails