Páginas

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Massagem e atletas


A massagem ajuda um atleta a recuperar de um treino ou competição intensa, mas também pode prepará-lo para obter melhores resultados. A frequência da massagem é determinada pelo esforço do treino e pelo próprio desporto em que está envolvido. Para além do bem-estar dos músculos, a massagem também promove a circulação dos fluídos linfáticos.

Durante um período de treino o objetivo da massagem é manter a elasticidade dos músculos. As necessidades individuais do atleta e a reação dos músculos à massagem desempenham um papel decisivo no planeamento do objetivo e agendamento do tratamento. A massagem dada durante o período de treino é normalmente intensa. A massagem, administrada uma ou duas horas após uma sessão de treino extenuante, acelera efetivamente a recuperação. Em condições ideais a massagem, nesta fase do ciclo desportivo, deve ser seguida de um dia de descanso ou de apenas atividade física leve.

Durante um período de preparação do atleta para a competição, este gasta tipicamente um tempo considerável em treino específico do desporto, exercendo tensão em músculos específicos ou grupos de músculos. De forma a ser capaz de focar a massagem corretamente, o massagista deve estar familiarizado com as características particulares do desporto que pratica o atleta.

Durante uma época de competição, o toque do massagista deverá ser razoavelmente leve e as sessões deverão ser de curta duração.

De forma a obter um benefício pleno e não prejudicar a performance, a massagem de preparação do atleta para competição, requer um temo e toque corretos. A massagem não deve, nesta fase, ser dada a um atleta sem qualquer experiência de massagem anterior. A massagem administrada imediatamente antes de uma competição é particularmente crucial para uma performance de sucesso. Esta deverá ser rápida, leve e de curta duração.

domingo, 30 de agosto de 2009

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Coluna vertebral

Problemas na coluna vertebral afetam quase toda a gente a nível mundial, quer tenham uma vida muito agitada ou bastante sedentária.

Se ainda não tem, provavelmente vai ter algum problema relacionado com este órgão, já que pode ser provocado por inúmeras condições, entre as quais stress, herança genética, sedentarismo ou exercício em excesso, postura incorreta e obesidade.

Estes problemas criam sempre dores incómodas e frequentes que afetam imenso a nossa qualidade de vida, seja no desempenho profissional ou pessoal, como trabalhar ou praticar esportes.

O fato da coluna estar intimamente ligada aos nervos da medula vertebral (que comandam vasos sanguíneos, músculos, órgãos, entre outros tecidos), torna esta parte do corpo, uma das mais sensíveis e complicadas de tratar.


Artrose

A artrose é uma patologia que ataca principalmente as pessoas idosas, e apesar de não olhar a sexos, tem uma incidência maior nas mulheres.

Esta doença destrói a cartilagem articular, deformando os membros afetados e restringindo todos os movimentos da articulação, causando dores horríveis.

Os ruídos e inchaços articulares também são outros dos sintomas a ter em conta.

Apesar de todas as junções do corpo serem passíveis de ser afetadas por esta enfermidade, a artrose tem uma maior incidência nos joelhos, coluna, quadril e nos dedos, porque são articulações que sofrem mais “uso” no dia-a-dia.

Como a massagem o pode ajudar:

A massagem visa tratar destas patologia mobilizando as articulações, recorrendo a técnicas que só os especialistas conhecem e devolvendo à coluna vertebral as suas funções originais, sem dores nem complicações.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Massagem desportiva

massagem antes da ativade física

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Massagem e treino


Massagens ajudam a evitar lesões

Na William sport massagem há a opção da massagem esportiva, que pode ser realizada antes e depois dos exercícios físicos. Quem preferir levar o terapeuta até o local do treino conta com este serviço personalizado, algo inimaginável há alguns anos. O profissional faz um tipo de pré-aquecimento, com relaxamento simultâneo da musculatura e aumento do aporte sanguíneo. Depois da atividade é feita uma massagem de 30 minutos para relaxar os músculos.

Se você sempre sonhou em subir no primeiro lugar do pódio, esta é a hora! Boa sorte!

sábado, 22 de agosto de 2009

Thai Yoga Massagem para atletas


Toda atividade muscular, rotinas de treinamento extenuante e competições freqüentes provocam o acúmulo gradual de toxinas (ácido lático, dióxido de carbono) no organismo, produzindo rigidez muscular. Para que isso não aconteça, é preciso que nosso organismo elimine as toxinas acumuladas na circulação.

O acúmulo de toxinas provoca o endurecimento gradual das fibras musculares, acarreta na diminuição do poder de contração, diminuição da circulação do sangue e energia vital, tornando a irrigação capilar insuficiente.

Se o processo de rigidez muscular persistir, o passo seguinte poderá ser o surgimento da contratura muscular. Neste estágio, as articulações, os órgãos e os sistemas são afetados, provocando desequilíbrio energético no organismo, comprometendo o sistema músculo-esqueletico, ocasionando o surgimento da fadiga muscular e a manifestação da dor.

Dependendo da freqüência e duração da dor, inicia-se então, o processo da dor crônica. (A dor é a manifestação clara de que existe desequilíbrio no organismo) As diversas técnicas e manipulações empregadas durante a massagem foram desenvolvidas para diminuir a dor crônica e aliviar a rigidez muscular.

Por outro lado, sessões freqüentes contribuem para aumentar a irrigação capilar, relaxar a musculatura, melhorar o fluxo de sangue e de energia vital, bem como facilitar a eliminação de toxinas nocivas à saúde e diminuir a dor e a rigidez muscular.



Os benefícios da massagem para o paciente:

Diminui o stress e as tensões do dia-a-dia
Aumenta flexibilidade
Melhora a postura
Propicia profundo relaxamento físico e mental
Aumenta o nível de energia vital
Aumenta o nível de consciência corporal
Melhora a circulação do sangue e da linfa
Diminui o inchaço e a sensação de cansaço nos membros inferiores (pernas)
Promove integração entre os órgãos internos e sistemas do corpo
Melhora o fluxo de energia que circula no corpo
Promove profunda integração entre corpo, mente e espírito
Previne tendinites e luxações
Diminui o cansaço físico
Diminui a dor muscular articular
Previne lesões e distensões
Diminui a rigidez muscular
Facilita a eliminação de toxinas
Aumenta a mobilidade articular
Equilibra a simetria (músculo - esquelético) do corpo
Facilita a liberação de bloqueios emocionais
Nutre e relaxa o corpo, promovendo um estado de mente pacificada
Auxilia o sistema nervoso central, regulando o corpo, enquanto registra os benefícios alcançados pela diminuição da tensão, estresse e rigidez muscular

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

sábado, 8 de agosto de 2009

Suco de beterraba aumenta a resistência física



Beber suco de beterraba todo dia ajuda a aumentar a resistência física e permite que atletas se exercitem por até 16% de tempo a mais, segundo um estudo realizado pela Universidade de Exeter, na Grã-Bretanha. De acordo com a pesquisa, o nitrato contido na beterraba ajuda a reduzir o consumo de oxigênio, diminuindo o ritmo em que as pessoas chegam à exaustão.

O efeito de um copo de 500 ml do suco do legume seria maior do que o de treinamento regular. A descoberta poderia beneficiar pessoas com doenças cardiovasculares, respiratórias e metabólicas, além de atletas de esportes de resistência.

Os cientistas ainda não sabem ao certo como o nitrato ajuda a aumentar a disposição física, mas eles suspeitam que a substância se transforma em óxido nítrico no corpo, reduzindo a quantidade de oxigênio consumida durante o exercício.

Pesquisa
No estudo, que durou seis dias consecutivos, oito homens entre 19 e 38 anos bebiam 500 ml de suco de beterraba orgânico e depois completavam uma série de exercícios numa bicicleta ergométrica. Em outra etapa, eles ingeriram um placebo de suco concentrado de cassis pelo mesmo período e tinham que realizar a mesma rotina de exercícios.

Depois de beber o suco de beterraba, o grupo conseguiu pedalar uma média de 11,25 minutos — 92 segundos a mais do que quando tomaram o placebo. A ingestão do suco de beterraba também fez com que o grupo apresentasse pressão arterial mais baixa durante o período de descanso.



O consumo também ajuda a baixar a pressão sanguínia

O consumo de meio litro de suco de beterraba por dia pode ajudar a baixar a pressão sanguínea significativamente, segundo uma pesquisa britânica publicada na revista online especializada Hypertension.

Aparentemente, a substância chave parece ser o nitrato, também encontrado em vegetais verde-escuros e folhosos.

Os pesquisadores concluíram que, em voluntários saudáveis, a pressão arterial diminuiu uma hora depois de consumido o suco, mas o efeito era ainda mais forte depois de três a quatro horas, e continuava a ser sentido até 24 horas depois de tomada a bebida.

O estudo conjunto da Queens University e da Universidade de Exeter poderia abrir caminho para um tratamento de baixo custo contra a pressão alta.

Anteriormente, os benefícios das dietas ricas em frutas e legumes eram atribuídos ao seu alto conteúdo de vitaminas antioxidantes.

Papel da saliva

Os pesquisadores mostraram que o nitrato presente no suco é convertido em nitrito na saliva, por bactérias presentes na língua.

Essa saliva contendo nitrito é engolida, e no ambiente ácido do estômago ela é ou convertida em óxido nítrico, ou reinserida na circulação como nitrito. O ápice da redução da pressão arterial coincidiu com o ápice dos níveis de nitrito na circulação.

A redução da pressão, no entanto, não foi observada em um segundo grupo de voluntários, que não engoliu a saliva enquanto bebia o suco, ou durante as três horas seguintes.

Mais de 25% da população mundial é hipertensa e há estimativas de que este número poderia chegar a 29% até 2025.

A hipertensão é apontada como causa de cerca de 50% dos problemas cardíacos e aproximadamente 75% dos derrames.

“Nossa pesquisa sugere que beber suco de beterraba, ou consumir outros vegetais ricos em nitrato, pode ser uma maneira simples de manter um sistema cardiovascular saudável, e pode vir a ser mais uma forma de combater a pressão alta”, disse a médica Amrita Ahluwalia, envolvida no estudo.

O professor Graham McGregor, da British Hypertension Society, descreveu a pesquisa como “interessante”. Segundo ele, “isso mostra que o suco de beterraba baixa a pressão a curto prazo em voluntários com pressão sanguínea normal”.

“Agora precisamos de pesquisas para ver se ele tem efeito sobre pessoas que apresentam pressão alta há um longo período de tempo.”

Segundo McGregor, já há pesquisas mostrando que uma dieta rica em frutas e legumes tem impacto benéfico sobre a hipertensão. Mas ele afirma que estudos anteriores mostraram que o potássio pode ser o mineral chave.

Victoria Taylor, da British Heart Foundation, afirma que “enquanto o suco de beterraba foi usado neste estudo, é pouco provável que as pessoas consigam –ou queiram– consumi-lo nas quantidades usadas na pesquisa”.

“Apesar de sabermos que uma dieta rica em frutas e legumes como parte de uma dieta balanceada é benéfica à saúde do coração, nós ainda não sabemos se há alguns mais benéficos do que outros, então, por enquanto, as pessoas devem continuar a consumir uma ampla variedade para atingir as cinco porções diárias de frutas e legumes.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails