Páginas

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Massagem Esportiva e crossfit



A massagem esportiva é prática comum para atletas de elite e amadores. A facilidade e versatilidade da técnica possibilita que seja utilizada facilmente para qualquer esporte. O foco em áreas de maior uso e estresse para melhora na recuperação muscular são o segredo do sucesso da Massagem Esportiva.

A massagem esportiva é considerada tendência mundial para melhora e balanço do regime de treinamento, além de aprimorar um fundamento do Crossfit a mobilidade. Bastante utilizada pré eventos de maior intensidade como campeonatos e quebra de Personal Record, por sua capacidade de melhora na resistência e potência. E com ampla eficiência no pós treino pela diminuição da fadiga e reequilíbrio do corpo.

Estudos diversos de alta evidência ( aqueles contém maior confiabilidade) demonstram que a prática regular da massagem esportiva diminui a ocorrência de lesões. Outro dado importante é o que em caso de lesão pessoas com atendimento especializado prévio , como massagem esportiva, tendem a passar menor tempo afastadas da atividade e despendem menos recursos com reabilitação. Tornando assim a massagem esportiva uma alternativa barata para a segurança do treino.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Mix massagem desportiva



É uma terapia totalmente personalizada que circula entre a profundidade da massagem dos tecidos profundos e a suavidade da massagem relaxante clássica, com o objetivo de restabelecer o equilíbrio necessário para realização das suas atividades diárias. 

INDICAÇÃO

Tensões e lesões musculares, Dores, Rigidez de articulações, Insônia, Estresse, Depressão e Ansiedade.

EFEITO

Alívio de dores musculares, Estimulação da circulação, Eliminação dos resíduos metabólicos, Melhora do sistema imunológico, Reabilitação física, Prevenção de lesões, Alívio do estresse, Redução da ansiedade e depressão e Aumento da produção de endorfinas.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Massagem tem uma ação anti-inflamatória



"A publicação na revista Science Translational Medicine (2012) conclui que a massagem tem uma ação anti-inflamatória e é eficaz na reabilitação de músculos que sofrem lesões. "Há consenso de que a massagem produz bem-estar. Agora temos base científica para explicar como ela atua", afirma Simon Melov, do Instituto Buck, nos EUA.

Os cientistas concluíram que a massagem estimula a produção de sinais químicos que diminuem a inflamação e estimula a geração de mitocôndrias, pequenas estruturas que funcionam como verdadeiras usinas de energia dentro da célula. Assim, a prática de massagem também contribui para acelerar a reconstrução de tecidos musculoesqueléticos, afetados por exercícios físicos ou doenças. "Os benefícios da massagem podem ser úteis para um amplo grupo de indivíduos que inclui idosos, pessoas que sofrem de lesões musculoesqueléticas e pacientes com doença inflamatória crónica", pondera Mark Tarnopolsky, principal autor do estudo e cientista de Departamento de Pediatria e Medicina da Universidade de McMaster, em Ontário (Canadá). "Apesar de não ter efeito sobre metabólitos musculares (como ácido lático), a massagem diminui a produção do fator inflamatório, mitigando o stress celular da fibra muscular."


Dez minutos de massagem bastariam para produzir um efeito benéfico perceptível, aponta o artigo, que contou com a participação de 11 atletas voluntários." 

Livro Massoterapia Oriental e Ocidental - A Linguagem do Toque

domingo, 23 de julho de 2017

Massagem Desportiva



Se você, atleta amador ou profissional, pratica exercícios físicos, precisa recuperar e/ou relaxar a musculatura, aumentar os rendimentos pré ou pós de qualquer atividade correlata ou sentiu dores após uma corrida, uma competição, a Massagem Desportiva é a mais indicada. Ela alivia as dores, melhora a corrente sanguínea, elimina as toxinas na musculatura e estimula a produção de adrenalina.
Suas manobras são mais intensas, fortes e rápidas para promover uma melhor circulação sanguínea, deixar a pessoa “mais agitada” antes do exercício e no pós-exercício. Além de conter técnicas de liberação miofascial, alongamentos terapêuticos e outros recursos, como gelo, ataduras e esparadrapo. Isso conforme cada caso.

sábado, 22 de julho de 2017

sexta-feira, 21 de julho de 2017

terça-feira, 18 de julho de 2017

Inscrições para a Meia Maratona de Curitiba estão abertas


Praticada por todas as idades, a corrida de rua vem ganhando cada vez mais adeptos em Curitiba (PR), tanto entre os corredores amadores como entre os que levam o esporte como profissão. Para estimular esses atletas, a cidade vai promover, no dia 6 de agosto, a tradicional Meia Maratona de Curitiba.
Com largada no Museu Oscar Niemeyer, o trajeto de 21 km poderá ser percorrido individualmente, em duplas ou trios, nas categorias masculina, feminina e mista – com separação por faixa etária. Os pequenos corredores também podem participar na categoria kids, com percursos que vão de 100 a 400 m, dependendo da idade.
As inscrições podem ser feitas no site do evento, com valores que variam de R$ 50 a R$ 70 por pessoa. Apoiadora da meia maratona, a Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário está oferecendo 20% de desconto na inscrição para clientes que quiserem participar da prova e vai disponibilizar um espaço de massagem aos corredores no dia do evento.
Serviço
Largada: Museu Oscar Niemeyer, na Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba
Data e horário: 06/08, às 7h
Inscrição com desconto para clientes da Ademilar: R$ 55,92

segunda-feira, 17 de julho de 2017




As fibras musculares se embaraçam e formam pequenos caroços, que são os nódulos, é como se o músculo desse nós em si mesmo, e por isso ele fica tensionada. A dor que estes nódulos causam não se atém só ao local. Ela pode se refletir em outros músculos ou então se generalizar pelo corpo inteiro. 

 🔘 Massagem relaxante alivia tensões, stress, depressão, fadiga e muito mais!
🔘 Sessão de 1 hora. Seu corpo será massageado da cabeça aos pés.
🔘Após a massagem, você se sentirá revigorado com a pilha recarregada!

domingo, 16 de julho de 2017

Dê adeus ao estresse e às dores pós futebol e academia



Sabe quando você volta quebrado do futebol, da academia ou de um dia cheio no trabalho? Uma ótima alternativa para recuperar as energias é com uma massagem relaxante. Isso pode parecer um luxo, mas a técnica é indicada inclusive pelo Sistema Único de Saúde (SUS) como tratamento para auxiliar na cura de doenças como depressão, debilidades físicas, artrose, estresse, fadiga, contraturas musculares, cansaço e dores no corpo.

Se você nunca experimentou uma massagem dessas está perdendo tempo, cada vez mais homens estão procurando essa técnica. De acordo com dados do aplicativo Singu, 93% dos caras de 18 a 44 anos do app estão atrás de uma massagem relaxante , 4% por drenagem e 3% por modeladora. “Acredito que essa procura se deva ao fato dos homens estarem mais atentos aos cuidados com o corpo”, fala o massagista Ivan Souza.



O que é essa massagem?
O especialista explica que a relaxante é uma técnica na qual são aplicados movimentos suaves utilizando as mãos na musculatura do corpo mantendo um ritmo específico para estimular a produção de hormônios. “Durante a massagem são utilizados óleos vegetais que auxiliam a execução dos movimentos e também em alguns óleos essenciais que são produtos fitoterápicos usado na medicina natural e têm propriedades curativas”, ressalta.
Benefício atrás de benefício
Os benefícios dessa massagem são muitos, um deles é a melhora na pele por favorecer a circulação sanguínea, elevar a quantidade de nutrientes distribuída para as células e fazer com que a pele se torne hidratada, elástica e jovem. Além disso, a prática ajuda a diminuir a retenção de líquidos e os edemas. Fora isso, beneficia a flexibilidade, ajuda a regular as energias, harmonizando todo o organismo. Na parte psicológica, cria uma sensação de bem-estar e alegria.
“De modo geral, a massagem relaxante promove um profundo estado de relaxamento e diminui dores musculares, lesões e cãibras causadas pelo esporte, já que aumenta a circulação sanguínea e oxigena melhor as células”, afirma Ivan.
Como funciona?
Geralmente, a massagem tem duração média de uma hora e é feita em todos os músculos do corpo, tanto nos membros inferiores quanto nos superiores. Também inclui os pés, o rosto e a cabeça num geral. “Além das manobras feitas com as mãos, também podem ser usadas outras técnicas para realização da massagem, como bambu, pedras quentes, entre outros”, fala o massagista.
Indicações e contraindicações
Quando for fazer a massagem é preciso ter alguns cuidados que são listados pelo especialista:
Evite comer pouco antes da massagem. O ideal é ingerir algo leve preferencialmente de 60 a 90 minutos antes;
  • Como é uma massagem realizada com óleo diretamente sobre a pele, você deve ficar apenas com a roupa íntima; 
  • Retirar também todos os acessórios (anéis, corrente, brincos e relógios); 
  • Fique atento a estas contraindicações. Quem tem algum desses problemas não deve fazer a massagem relaxante: trombose venosa profunda, alterações cardíacas e vasculares, fraturas ósseas, febre, infecções, embolias, casos de gripe ou infecção forte, doenças contagiosas, pessoas sob efeitos de bebidas alcoólicas ou drogas. 

sábado, 15 de julho de 2017

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Porque é que sentimos dor de veado?


Os motivos podem ser vários, mas as soluções também.

Sabe aquele momento em que estamos a desfrutar de uma boa corrida e de repente somos interrompidos por aquela dor aguda horrível? Falamos da chamada dor de veado que ataca sem dó nem piedade.
Aquela dor na zona abdominal que sentimos durante o esforço físico é frequente e não é fácil de identificar a sua causa. Ainda assim, não é uma missão impossível.
Na verdade, esta dor pode aparecer devido a diferentes situações e todas elas têm soluções simples e rápidas. Saiba como evitá-la.

Pode ser insuficiência circulatória aguda

O que é que isto significa? Quer dizer que “o coração não consegue acompanhar o esforço físico exigido, provocando um bloqueio do sangue venoso no fígado, lado direito do abdómen, ou no baço, do lado esquerdo.” Isto acaba por provocar um congestionamento dos órgãos e, consequentemente, a maldita dor.
Se sente este tipo de dor várias vezes, para prevenir, deve montar um aquecimento apropriado para preparar o corpo para a atividade física. Mais: o nível de intensidade do exercício deve ser gradual e deve ter em conta a sua condição física.

Sente dor nos músculos abdominais ou do diafragma?

Os músculos abdominais suportam as vísceras abdominais e desempenham uma função essencial no sistema respiratório. Ou seja, se estes músculos forem trabalhados de forma incorreta e numa posição errada, podem provocar lesões e até inflamação muscular. Resultado: lá vem a dor novamente.
Neste caso, a respiração pode ter uma grande influência, bem como a condição física dos músculos da zona abdominal. Solução: praticar mais abdominais hipopressivos — contração dos músculos feita através do movimento de respiração pelo diafragma. Desta forma, vai conseguir fortalecer mais os músculos e melhorar a respiração.

Tudo pode começar com uma dor barriga

Sabia que enquanto se faz a digestão há um maior afluxo sanguíneo ao nível do abdómen? Isso ajuda na congestão dos órgãos abdominais, provocando a tal dor. Além disso, também pode ser provocada pelo excesso de gases no intestino.
Se este é o seu tipo de dor, é essencial focar-se numa alimentação saudável e equilibrada. Isto quer dizer que deve evitar excesso de hidratos de carbono, gorduras, fibras ou líquidos com gás. Atenção: também deve “evitar comer e beber em grandes quantidades duas a três horas antes de ir treinar”.
Em qualquer um destes casos, reduzir o ritmo de treino pode sempre ajudar. O ideal é tentar realizar uma respiração abdominal e inspirar profundamente pelo nariz e expirar pela boca lentamente. Se a dor não diminuir, deve para e fazer uma pequena massagem no local da dor, bem como alguns alongamentos para o lado oposto da dor.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Abuso nos treinos podem causar lesão grave


Prevenir é a melhor alternativa, como o aumento de cargas gradativamente


Se você abusou no treino e está cheio de dores musculares, talvez seja necessário avaliar se a carga que imprimiu no exercício foi inadequada ao seu preparo físico, ou se ainda você esteve em atividade sem uma constância mínima. Este tipo de procedimento pode representar uma lesão esportiva, muitas vezes, grave.

Se os sintomas são sensibilidade ao toque, dor, inchação e enrijecimento da área afetada é preciso tomar algumas providências: é possível tratar a lesão com alongamento, massagem, gelo, e até o uso de anti-inflamatórios, dependendo de cada caso. Sempre consultar um médico antes de promover qualquer tratamento.

Melhor que tratar a lesão é prevenir, ou seja, alimentar-se apropriadamente, alongar os músculos antes e depois das atividades, aumentar a carga e a intensidade gradativamente, respeitando o seu limite.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Massagem e Futebol, tem tudo a ver


Um dos passos que compõe um processo adequado de recuperação física e um dos mais utilizados no futebol é a massagem esportiva, aplicada antes ou após os jogos. A massagem esportiva é muito indicada para lesões musculares causadas pelos treinos excessivos, e também aumenta o fluxo sanguíneo e ajuda a eliminar toxinas que se acumulam nos músculos após a prática de exercícios físicos. Ela é indicada antes dos treinos ou de alguma competição, pois estimula a produção do hormônio adrenalina e aquece os tecidos do corpo.

Os principais objetivos da aplicação da massagem esportiva são:

- Aliviar o estresse e a dor;

- Aumentar o desempenho do atleta;

- Evitar fadiga;

- Diminuir inchaços e tensão muscular;

- Aumentar a flexibilidade;

- Prevenir lesões;

- Recuperar o corpo após treinos ou exercícios.

A massagem esportiva é contra indicada em casos de lesões agudas, doenças cutâneas, hipersensiblidade ou aversão ao toque, casos de febre, infecções, tumores e TVP (trombose venosa profunda).

Sou William e sou formado em massagem esportiva, para prevenir e/ou recuperar lesões. Solicite seu atendimento ou se precisar de mais informações sobre Massoterapia, entre em contato conosco.

Agende uma pré-avaliação via WhatsApp. Será um prazer atendê-lo!
Vamos RELAXAR.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Massagem relaxante para atletas


Se você sofre com dores depois de jogar futebol com os amigos ou de uma série na academia ou anda se aborrecendo no trabalho, a técnica pode ajudar

Sabe quando você volta quebrado do futebol, da academia ou de um dia cheio no trabalho? Uma ótima alternativa para recuperar as energias é com uma massagem relaxante. Isso pode parecer um luxo, mas a técnica é indicada inclusive pelo Sistema Único de Saúde (SUS) como tratamento para auxiliar na cura de doenças como depressão, debilidades físicas, artrose, estresse, fadiga, contraturas musculares, cansaço e dores no corpo.
F

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Liberação Miofascia


A liberação miofascial consiste em um método de aplicação de pressão em alguns pontos do corpo, com o intuito de amassá-los, literalmente, buscando uma maior liberdade entre o músculo e a fáscia (FUKUJIMA, 2007). - A fáscia é uma lâmina de tecido, extremamente resistente e elástica, que recobre todos os músculos do corpo, logo abaixo da pele, e permite o deslizamento perfeito dos músculos durante os exercícios. Ao pé da letra, mio = músculo; fáscia = tecido conectivo.

A técnica de liberação miofascial é um dos métodos de tratamento dos tecidos moles mais antigos da história.

Muitas das técnicas miofasciais se originaram da Osteopatia nos EUA (Rubik, 1992 apud Dixon, 2007). Marcel Bienfait (1999) apresentou estas técnicas através do livro Fáscias e Pompagens, e hoje estão incorporadas a fisioterapia tendo como principal indicação a manutenção das tensões miofasciais.
Consiste em uma manobra de bombeamento, um puxar-relaxar sucessivos de um segmento corporal, capaz de atingir todas as estruturas fasciais nele contidas, até as mais profundas. O tratamento realiza-se em três tempos: tensionamento, manutenção da tensão e retorno à posição inicial. Tal seqüência possibilita relaxamento muscular, melhora da circulação e regeneração articular.
Muitas dores cervicais têm como origem primária a tensão miofascial, que leva a restrição tecidual e conseqüente diminuição do arco de movimento de uma articulação. Na região cervical a tensão gerada por músculos vertebrais, pré-vertebrais e acessórios da respiração podem contribuir muito para o desequilíbrio postural e originar patologias musculares como os pontos gatilhos miofasciais (síndrome da dor miofascial) e articulares como os osteófitos cervicais, a artrose e a irritação nervosa por diminuição de espaço articular.

domingo, 9 de julho de 2017

Que tal uma massagem?



Depois da atividade fisica, nada melhor do que cair nas mãos de um bom massagista. Feita com movimentos ágeis em pés, coxas, panturrilhas e costas, a massagem desportiva pode ser uma grande aliada de atletas, amadores ou profissionais, principalmente por facilitar a liberação de ácido lático no pós-exercício. 

O objetivo é recuperar a musculatura para que a prática do exercício possa ocorrer de maneira mais segura e com um desempenho melhor nos treinos e provas. Os movimentos ajudam na recuperação de tecidos lesionados e na diminuição de inchaço, a eliminar toxinas, diminuir a sensação de dor e o cansaço muscular. 
Além disso, durante qualquer massagem, o atleta na maca tende a falar sobre seus medos e angústias. E Isso também vai ajudar a afastar o estresse antes de uma prova ou competição.

A massagem fecha um trabalho para recuperar membros inferiores, principalmente a coxa e a panturrilha. Todo jogador adora porque realmente relaxa os músculos depois daquela atividade desgastante. As dores diminuem bastante .

sábado, 8 de julho de 2017

Terapia de massagem desportiva


A Terapia de massagem desportiva é voltada para atletas de todos os tipos, desde profissionais de alta performance até atletas de baixa performance como aqueles que apenas querem cuidar da saúde. Os detalhes da técnica de massagem desportiva são específicos para o esporte praticado pelo paciente. Concentrando-se em áreas do corpo que são usadas demais e estressadas por movimentos repetitivos e muitas vezes agressivos.
Aspectos da terapia de massagem desportiva estão ganhando popularidade como componentes úteis em um regime de treinamento balanceado. A terapia de massagem desportiva pode ser usada para melhorar a preparação do pré-treino e reduz o tempo de recuperação para o máximo desempenho durante o treino ou no pós-treino. Os atletas vêm descobrindo que esta técnica de massagem desportiva promove flexibilidade, reduz à fadiga, melhora a resistência, ajuda a prevenir lesões e prepara seu corpo e mente para o melhor desempenho.
Um dos principais benefícios da terapia de massagem desportiva em comparação com outras modalidades é a sua capacidade de direcionar junções músculo-tendíneas melhorando sua mobilidade e tempo de recuperação. Em casos de atendimentos de 30 minutos já se percebe uma melhora na amplitude de movimentos que demonstraram uma notável tendência para diminuir a dor muscular em atletas que receberam massagem antes ou depois do exercício.
Para qualquer pessoa que participe de atividades físicas regulares, a terapia de massagem desportiva, realizada semanalmente, pode ser uma excelente adição ao seu regime de treino. É melhor conversar para encontrar um plano que funcione melhor com sua programação e nível de atividade.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Recuperação – Como a massagem ajuda o atleta


No esporte, além da dedicação durante o treinamento, é preciso muita dedicação também na recuperação. Muitos atletas quando estão muito motivados – ou amedrontados – por um novo desafio, esquecem totalmente que o corpo precisa de um período de descanso e é nesse período que o corpo se recupera, e evolui.
Tirar o pé em dias específicos vai evitar que seu corpo jogue a toalha, apesar de você estar com todo o gás. Mas além de colocar as pernas pra cima e assistir TV (o que deixa muitos atletas inquietos e com a sensação de que estão perdendo tudo que ganharam com os treinos), o que mais podemos fazer para ajudar o corpo a descansar?

Massagem

Para amenizar os desconfortos das dores, massagear a região que é mais exigida durante o treino é o ideal para ajudar a liberação de ácido lático acumulado no músculo, evitando cãibras e acelerando o tempo de recuperação.
A massagem também estimula o músculo, elevando a quantidade de oxigênio levado para os músculos, aumentando a circulação sanguínea.

Periodização

Se realizado 2 ou 3 vezes no mes, é uma boa ferramenta para evitar lesões, podendo inclusive, aumentar o rendimento do atleta – já que alivia muito a sensação de “peso” nas pernas, braços, etc.

Corpo

Apesar de para corredores, ciclistas e até mesmo triatletas, as pernas serem a principal parte de tensão no corpo, é importante realizar uma massagem no corpo todo, já que existem outros músculos secundários que necessitam de atenção que também fazem esforço e recebem impacto.
A lombar é um dos pontos que merece atenção mesmo de corredores, é uma área de sustentação com músculos que auxiliam no movimento do quadril, sendo essa uma região com altas chances de lesão caso esteja enfraquecida ou sobrecarregada

Locais

Apesar de existirem massagens voltadas para quem pratica esportes (massagem desportiva – muitas vezes realizada por profissionais autônomos), existem outras terapias, que podem ser encontradas mais facilmente em estabelecimentos especializados.
Com opções como essa, o atleta vai ter um momento consigo mesmo, ainda que trabalhando para melhorar sua performance, e podendo fazer isso próximo a sua residência ou local de trabalho.

Terapias

Entre as inúmeras opções, nos recomendamos para atletas, a massagem Ayurvédica, sendo a mais completa, já que combina alongamentos, movimentos de drenagem, realinhamento postural e estimula a circulação sanguínea, perfeito para o atleta.
Para quem prefere massagens mais fortes, a opção é a deep, que através da medicina milenar chinesa, trabalha diversos pontos do corpo, proporciona um grande alivio de tensões, não só do corpo, mas no emocional também.
Com todos os benefícios proporcionados por uma boa massagem, e ainda ter a chance de ter um tempo pra si – mesmo que no meio do dia – trabalhando o corpo e preparando-o para os próximos treinos e desafios, atletas deveriam incluir mais essa modalidade em sua rotina.
Devemos sempre lembrar que no esporte não exigimos apenas do corpo, mas também da mente, treine ambos, mas também deixe ambos descansar.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

quarta-feira, 5 de julho de 2017

O QUE AS MASSAGENS PODEM FAZER PELOS CORREDORES



Uma boa massagem ajuda a diminuir a tensão muscular e a aumentar a amplitude dos movimentos, além de relaxar e recompensar os atletas por seu esforço.  Massagistas fazem parte das comitivas de corredores de elite por um bom motivo. O mesmo que explica as longas filas para massagens após a linha de chegada, nas corridas, mesmo as massagens mais intensas são muito procurada por esse público.
Segundo os corredores, uma boa massagem ajuda a diminuir a tensão muscular e a aumentar a amplitude dos movimentos, além de relaxar e recompensar os atletas por seu esforço.
“Eu digo que elas promovem até um bem-estar psicológico: é confortante receber uma massagem após a corrida”, diz Eduardo Marino, massoterapeuta formado pelo IBMR (Instituto Brasileiro de Medicina e Reabilitação).
A massagem aplica pressão em movimento nos músculos e outros tecidos, como tendões, ligamentos e fáscia (que envolve os músculos, como uma capa). “Essa energia amolece o tecido fascial e relaxa os músculos enrijecidos”, explica JoEllen. Além disso, remove aderências entre a fáscia e os músculos (pontos onde ambos estão grudados, restringindo o movimento muscular). A notícia é especialmente boa para você, corredor, porque seu corpo depende de articulações e músculos ágeis para ter desempenho máximo e sem dores.
Estudos publicados no Journal of Athletic Training e no British Journal of Sports Medicine constataram que a massagem após os exercícios reduziu a intensidade das dores musculares tardias (DMT) — aquela sensação de enrijecimento nas pernas que começa dois dias após o esforço. Outra pesquisa sugere que ela melhora a função imune e ainda ajuda a reduzir inflamações.
“Uma massagem adequada pós-corrida trabalha o músculo para amenizar um processo inflamatório, colaborando para a recuperação do atleta”, afirma Marino. Mark Rapaport, pesquisador da Emory University (EUA), descobriu que basta uma massagem para aumentar o número de vários tipos de linfócitos (glóbulos brancos essenciais para o combate a infecções) e, ao mesmo tempo, diminuir os níveis de cortisol (o “hormônio do estresse”, relacionado à inflamação crônica). Uma massagem também pode ajudar a conter doenças crônicas: “A inflamação sistêmica está associada a uma série de efeitos nocivos, como ataque cardíaco e AVC”, diz Rapaport.
A pesquisa de Crane encontrou menos inflamação nos membros massageados — e 30% a mais de um gene que ajuda as células musculares a produzir mitocôndrias (os “motores” que transformam o alimento de uma célula em energia e que facilitam seu reparo). “Isso sugere que a massagem poderia fazer com que os corredores tolerassem mais exercício e um treino mais pesado”, diz.
Massagens regulares podem acelerar a recuperação e são uma ferramenta de treinamento valiosa até para melhorar o desempenho. “A rigidez muscular pode causar problemas a longo prazo. Se você souber como seu corpo deve funcionar quando tudo está equilibrado, você tem mais chance de notar pequenos problemas antes que eles se tornem crônicos”, diz JoEllen Sefton.
Mas nem toda massagem é igual e cada uma cumpre um objetivo. “As manobras a serem feitas em um corredor antes da prova são totalmente diferentes das exigidas num momento pós-prova. Se no começo a ideia é deixar a atividade mais confortável, depois da corrida o foco é a recuperação”, explica Marino.
Se você é um corredor iniciante, também vai se beneficiar da massagem: ela alivia as dores comuns quando iniciamos um novo esporte, colaborando para que você não desista de seguir na corrida.
Ok, massagem é ótimo, mas você não tem como bancar tratamentos semanais? Mesmo uma automassagem simples pode ser benéfica. “Passe creme nas mãos e faça deslizamentos suaves com as palmas abertas sobre o corpo e sempre em direção ao coração. Isso já melhora a movimentação do sangue e conforta o corpo”, ensina Marino.
Já o trabalho corporal antes de uma prova ou treino intenso deve ser leve. “Não queremos músculos doloridos ou sobrecarregados”, diz a massagista Anna Gammal, que trabalhou com atletas nos Jogos Olímpicos de 2012.
Depois de uma corrida ou treino extenuante, um terapeuta pode ir mais a fundo (ou pegar leve) para auxiliar na recuperação. “Conversando com o atleta e entendendo o esforço que ele faz, definimos os movimentos para recuperar um músculo que já foi bastante exigido. A intensidade deve ser outra”, diz Marino.
Fonte: Exame

terça-feira, 4 de julho de 2017

segunda-feira, 3 de julho de 2017

domingo, 2 de julho de 2017

sábado, 1 de julho de 2017

sexta-feira, 30 de junho de 2017

quinta-feira, 29 de junho de 2017

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Crioterapia: como tornar o gelo um aliado da sua musculatura?


A grande carga de treinos é um fator que propicia o surgimento de diversos tipos de lesões, isso faz com que a recuperação muscular seja algo tão importante na rotina de treinamentos. Os atletas, em geral, utilizam vários métodos para ajudar nesse processo, como a massagem esportiva, alongamento e, principalmente, a crioterapia. A prática consiste em usar o gelo para acelerar a regeneração dos músculos após treinos e provas. A crioterapia pode ser feita de diversas maneiras, já que o elemento principal da técnica é o uso do gelo.
A forma mais comum de usar os benefícios do gelo para a musculatura é por meio de compressas ou bolsas de gel. Essas bolsas são vendidas em farmácia e devem ser colocadas no congelador para que o gel que tem dentro chegue à temperaturas abaixo de zero. Mas é preciso tomar cuidado para que o frio excessivo não cause queimaduras na pele.
Já os atletas de elite, tanto da corrida, quanto de esportes como o baquete o futebol, costumam usar a técnica de imersão, isto é, mergulhar as pernas em uma banheira ou em um tambor com água gelada entre 10 e 15 graus, por até 15 minutos. Dessa forma todos os músculos dos membros inferiores são tratados ao mesmo tempo e na mesma temperatura.
Webrun conversou com o médico do esporte Sergio Pistarino para tirar algumas dúvidas sobre a crioterapia, confira:
De que forma a técnica pode ser usada pelos corredores?
Ela pode ser usada de duas formas: ou para pré esfriamento, para o corpo entrar mais resfriado para a prova e ter uma performance e eficiência melhor durante a corrida ou outro esporte aeróbico. Ou pós atividade física, que é o uso mais convencional da crioterapia.
Quais os benefícios?
A crioterapia, seja feita da forma que for, tem uma ação anti-inflamatória. O frio inibe um calor – que é um sinal de quentura, de inflamação comum após atividades físicas. O método, seja feito da forma que for, tem uma ação anti-inflamatória à reação de desgaste. A crioterapia também causa vasoconstrição e vasodilatação, então aumenta a circulação e facilita chegada de células anti-inflamatórias na musculatura, acelerando assim a recuperação e reabilitação.
Outro ponto positivo do uso do gelo é a questão analgésica: a sensação térmica ajuda a inibir e até a aliviar a sensação de dor.
Quem pode fazer?
Qualquer corredor pode fazer, não tem contraindicação a fazer cromoterapia. Mas fica um pouco a critério de cada atleta, tem gente que não gosta e às vezes insistir isso, quando não é confortável para a pessoa, pode até trazer prejuízos à performance.
fonte http://www.webrun.com.br/h/noticias/crioterapia-como-tornar-o-gelo-um-aliado-da-sua-musculatura/17979

terça-feira, 27 de junho de 2017

Massagem Pré competição e Pós competição



Pré competição:
A massagem é indicada para preparar a musculatura para o dia da competição, o atleta sente-se mais confiante e concentrado para a prova.
É uma massagem tonificante, superficial e rápida - de excitação ao Sistema Nervoso Central. O objetivo desta massagem é de aquecer a musculatura, promover vaso dilatação, hiperemia (um aumento da quantidade de sangue circulante), estimulação e excitação.

Pós competição:
A fadiga muscular é a principal queixa de dores dos atletas após a competição.
A massagem terá ação desintoxicante e será feita com movimentos de amassamento lentos e profundos.
O objetivo desta massagem será de recuperar as fibras musculares, eliminando resíduos metabólicos do corpo através da drenagem sanguínea e linfática, para acelerar a regeneração do atleta e favorecer a nutrição celular.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

domingo, 25 de junho de 2017

ESPONDILOSE CERVICAL E MASSAGEM TERAPÊUTICA


Espondilose cervical é causada por desgaste anormal na cartilagem e ossos da coluna cervical em seu pescoço. Ao longo do tempo pode haver crescimentos anormais chamados esporões ósseos que pressionam os nervos espinhais.
Pode causar sintomas como dormência, dor e formigamento nos braços e pernas, bem como dor de garganta e dores de cabeça.
Você também pode sentir rigidez nos músculos do pescoço e dor em sua omoplata.

Fatores de risco

O principal fator de risco para espondilose cervical é a idade. A maioria das pessoas com mais de 60 anos mostram alguns sinais do espondilose cervical.
Outros fatores de risco incluem sobrepeso, falta de exercício, levantamento de peso, trauma, artrite e osteoporose. Para a maioria das pessoas o objetivo é minimizar o progresso da espondilose e controlar a dor.
massagem terapêutica para espondilose cervical é eficaz porque pode equilibrar e relaxar os músculos que suportam a espinha cervical.

Tratamento

O tratamento conservador para espondilose cervical inclui compressas frias e de calor para controlar a dor junto com a massagem terapêutica, os estiramentos e o exercício para reduzir a dor e o contrapeso e alongamento para os músculos do pescoço.
Desequilíbrio muscular do pescoço comprimido e tensionado de um lado mais do que o outro, por exemplo, pode causar pressão desigual em discos espinhais. Eventualmente, os discos com protuberância para o lado com menos pressão e corroer. Isso coloca pressão sobre os nervos espinhais, causando dor.

Massagem terapêtica e espondilose cervical

Um massagista de forma suave pode usar massagem terapêutica para espondilose cervical para amolecer gradualmente e relaxar a camada muscular do pescoço por camada. Como os músculos mais superficiais podem relaxar, o massagista vai ser capaz de sentir qual dos músculos mais profundos está mais apertado. Pode usar a massagem circulatório, a fricção transversal e longitudinal, os pontos do disparador e outras técnicas da médio-pressão para relaxar os músculos e aumentar sua escala do movimento em todas as direções.
O massagista também vai usar tração suave para alongar o pescoço e alongamentos suaves para treinar os músculos a ficarem menos tensos.

Considerações

Não permita que o massagista, massageie a frente do seu pescoço sobre estruturas delicadas, como a glândula tireóide e a cartilagem na frente do pescoço, além do toque mais leve. Embora seja necessário para o seu terapeuta para ajudá-lo a esticar o pescoço para a frente e para trás, bem como para o lado-orelha a ombro,não permita que o seu terapeuta tenha que rodar a cabeça para um lado ou outro e empurrar vigorosamente para "rachar" o seu pescoço. Essa manobra só deve ser realizada por um médico quiroprático ou osteopática.

fonte:https://www.indicedesaude.com/artigos_ver.php?id=5718
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails