Páginas

domingo, 31 de janeiro de 2016



A massagem pode atuar, na função imune e reduzir a inflamação do corpo, já que ela resulta no aumento do número de vários tipos de linfócitos (glóbulos brancos que desempenham papel fundamental no combate à infecção) e, ao mesmo tempo, diminui os níveis de cortisol (o “hormônio do estresse” ligado à inflamação crônica). Com os movimentos feitos durante a prática há, ainda, uma diminuição da inflamação muscular em 30%, já que ela ajuda as células a construir mitocôndrias (os “motores” que geram energia para o corpo e facilitam a recuperação).

Massoterapeuta Desportiva em Brasilia



Zumara Honório, Massoterapeuta com especialização em Massagem Desportiva, Liberação Miofascial, Drenagem Linfática, Relaxante.


Realiza acompanhamento clínico com esportistas e atletas de diversas modalidades dos mais diferentes níveis, além de crianças, obesos, gestantes, idosos, ou seja, todos aqueles que buscam melhora na qualidade de vida por meio da massoterapia. 

Agende sua massagem e crie o habito de ofertar o máximo de conforto e segurança, deixando os músculos sempre livres de impedimentos ou dores, através da liberação miofascial! 

AGENDE SEU HORÁRIO! Massoterapeuta Zú (61) 3042-0808

https://www.facebook.com/100008842213400/videos/1509529692685090/

sábado, 30 de janeiro de 2016

A massagem desportiva



A massagem desportiva se trata de um outro tipo comum de tratamento para atletas. Com o papel de combater lesões musculares, massagear áreas específicas em intensidades também controladas melhora a oxigenação do sangue e o relaxamento da musculatura para aquele atleta que submeteu o corpo a um grande esforço físico. 

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Massagem no Trapezio

A Massagem Trapeziana tem um potencial muito amplo de benefícios à saúde, capaz de minimizar os efeitos da ansiedade, estresse e depressão.

Massagem Trapeziana é realizada na região das costas, pescoço e cabeça gerando relaxamento e bem estar.

Os benefícios da Massagem Trapeziana estão além do relaxamento, estudos mostram os movimentos da massagem são capazes de inibir a produção de hormônios que causam ansiedade e estresse. Além disso, já esta comprovado que uma única sessão consegue proporcionar alterações biológicas que são muito benéficas para o organismo.

O poder da Massagem Trapeziana

Com movimentos aplicados na musculatura das costas e região cervical, a Massagem Trapeziana utiliza manobras leves e suaves ao mesmo tempo que trabalha pontos de tensão muscular, promovendo alívio de dores e sensações de descanso, relaxamento e tranquilidade.

Muito além do relaxamento

Uma boa Massagem Trapeziana faz mais que apenas relaxar e aliviar a tensão dos músculos, os toques e movimentos são responsáveis por diversas alterações no organismo humano, mudanças que beneficiam a saúde e bem estar. Garantindo ainda mais qualidade de vida para quem dedica um tempo para a saúde mental e física.
Massagem Trapeziana é indicada para pacientes com dores na musculatura da região do trapézio, coluna e tensão nos ombros.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Massoterapia terapeutica e desportiva



Atendimento para atletas amadores ou profissionais. massoterapia para prevenir lesões, recuperação muscular voltados para atletas e não atletas.
Você que tem objetivos de melhorar sua performance nas corridas de rua, precisa passar em concursos publicos, podemos te ajudar. 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Massagem de Reabilitação ou Recuperação




A Massagem de Reabilitação ou Recuperação, também muitas vezes designada simplesmente por Massagem Terapêutica, implica a utilização de um conjunto de técnicas específicas Orientadas para aumentar a flexibilidade muscular e tonificar os tecidos, dando especial atenção a determinadas partes de corpo; é essencialmente uma massagem localizada com o objetivo da recuperação gradual da zona afetada. 

É um tipo de massagem que se destina à manipulação dos tecidos moles com objetivos terapêuticos, normalmente com prescrição médica.

A Massagem de Reabilitação ou Recuperação utiliza normalmente as quatro manipulações básicas da massagem (deslizamento, fricção ou pressão, percussão e amassamento). É essencialmente dirigida a pessoas com necessidades específicas de reabilitação motora / muscular, desde que não apresentem qualquer contraindicação para a massagem.

Este tipo de massagem encontra-se normalmente em centros de reabilitação física. Os seus principais efeitos incluem a recuperação gradual de lesões, a tonificação e regeneração muscular, a reabilitação motora e uma maior flexibilidade muscular.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O Desportista Profissional e Amador





O desporto, quer a nível profissional, quer a nível amador é reconhecido como uma atividade de extrema importância e vêm sendo praticado por um número crescente de amantes do exercício físico, da qualidade de vida e do bem-estar.

No entanto, como qualquer atividade, se não for executada dentro de determinadas condições, pode originar alguns problemas, nomeadamente de ordem músculo-esquelética.

A nível da alta competição, estes cuidados estão asegurados por profissionais de várias áreas, do médico desportivo passado pelo terapeuta e terminando no técnico massagista.

Os maiores problemas ocorrem a nível dos praticantes amadores, quer seja por puro desconhecimento, por simples desleixo ou, na maior parte dos casos, por não terem ou não saberem a quem recorrer de modo a preencher esta lacuna vital na sua atividade desportiva.

No entanto, alguns dos fatores de risco estão também presentes na área da alta competição, principalmente pela falta de tempo e empenho do atleta na inclusão da massagem desportiva como uma rotina do seu plano de preparação, competição e recuperação.

O que é a Massagem Desportiva?

É consensual dividir-se a Massagem Desportiva em:

Massagem Pré-evento (Preparação)
Massagem Inter-evento (Preparação e Recuperação)
Massagem Pós-evento (Recuperação)
Massagem de Tratamento (Reabilitação)
Massagem de Manutenção

Massagem Pré-evento

É usada como um suplemento para a fase de aquecimento pois melhora a circulação e reduz o excesso de tensão tanto mental como dos músculos. Melhora também a flexibilidade dos tecidos e prepara o atleta para sua performance máxima.


Através da massagem vigorosa e localizada por grupos musculares, das pressões, mobilizações e alongamentos, visa prevenir lesões bem como aumentar o nível competitivo (performance) do atleta ao colocar a estrutura músculo-esquelética num patamar de otimização superior, por estimulação da produção de adrenalina, libertação da fáscia e outras estruturas do tecido conjuntivo, aumento da circulação sanguínea (hiperemia) com inerente aumento da oxigenação celular, redução da tensão/tônus muscular e ainda providenciando mais sentido cinestésico que ajude a criar uma atitude positiva no atleta, preparando-o para a competição.

Se a massagem for feita muito próximo da prova, deverá ser de 10 a 15 minutos, rápida e vigorosa pois o efeito sedativo é totalmente contraindicado. Também deverá terminar pelo menos a cerca de 30 minutos do início da competição.

Massagem Inter-evento

Deve ser observada a existência de áreas de tensão excessiva as quais devem ser objeto de manipulação no sentido da sua eliminação. Ajuda à circulação linfática uma vez que esta pode acelerar o processo de recuperação.

Visa ainda recuperar rapidamente o atleta do esforço dispendido ao mesmo tempo que se prepara para novo ciclo de sobrecarga muscular, mantendo toda a amplitude de movimento e potência muscular.

Concentra-se apenas em grupos musculares/áreas corporais mais solicitadas no exercício da modalidade.

Deve ser também uma massagem curta de 5 a 10 minutos.

Tal como na massagem pré-evento, o efeito sedativo é totalmente contraindicado.

Massagem Pós-evento


Atua na descompressão, reduzindo os espasmos musculares,devolve a flexibilidade, liberta os produtos criados pelo metabolismo durante a competição, promove o alcance normal do tônus e alongamento muscular, acelera o processo de recuperação do esforço e fadiga, facilita a circulação sanguínea e linfática, melhora o retorno dos atletas aos altos níveis de treino e reduz o risco de lesões.

Recupera as estruturas sobrecarregadas, cria as condições ideais à reconstrução proteica do tecido muscular desgastado e reabilita no caso da existência de lesões produzidas por acidentes desportivos. Nas mobilizações restabelece o movimento articular e providencia o alongamento dos tecidos moles.

Adicionalmente repõem-se os níveis de oxigênio, facilita-se a drenagem venosa e linfática, reciclam-se os sub-produtos metabólicos, reduz-se a tensão/tônus muscular e devolve-se a flexibilidade.


Era consensualmente aceitável que ajuda também à eliminação do acido lático, produzido durante o esforço e usado como fonte de produção de energia aeróbica pelo tecido muscular. No entanto, estudos recentes demonstram que a eliminação de àcido lático pela massagem é residual. Ainda assim, várias tóxinas são drenadas para o sistema linfático durante a massagem e posteriormente recicladas ou eliminadas pelo organismo, podendo por isso dizer-se que a massagem é também um princípio ativo neste processo.

Para eliminar a possibilidade de rigidez muscular tardia e trazer mais proveito ao atleta, é aconselhável ser aplicada num período curto após a prova, sendo o ideal cerca de 2 horas depois.

Massagem de Tratamento/Terapêutica

Ocorre em regra em caso de lesão, situação na qual o acompanhamento por um médico fisioterapeuta é imprescindível para o correto diagnóstico da patologia em causa e para orientação das técnicas de massagem de recuperação a executar, sendo que o tratamento fisioterapeutico será, com toda a certeza, necessário antes da fase de recuperação através da massagem, pois poderá ser necessário o uso de outros meios de intervenção suplementar, nomeadamente, laser, ultra-sons, correntes, termoterapia/crioterapia, etc.

Na fase de tratamento a massagem tem como objetivo principal ajudar a rápida reabilitação do atleta, assegurando um correto processo fisiológico evolutivo de forma a encurtar o tempo de retorno à atividade.


Ainda nesta fase é dada especial atenção às técnicas mio-fasciais, à orientação dos tecidos moles e à forma de aplicação da técnica de massagem. A circulação linfática deve ser tida em consideração e a sua técnica adicionada de forma a reduzir e eliminar com maior sucesso o edema.

Massagem de Manutenção

A fase de manutenção, aquela que por vezes o atleta descansa mais, pretende manter a performance, minimizar o desgaste muscular, flexibilizar e tonificar, sempre orientado para a manutenção do equilibrio músculo-esquelético.

Minimiza os efeitos negativos dos movimentos de repetição, tratando as áreas de tensão. É dada particular atenção às aréas de inserção, tendões, ligamentos, ligações mio-tendinosas e estruturas mio-fasciais.

Os efeitos da massagem em regra são graduais e cumulativos e a Massagem de Manutenção obedece a esse mesmo princípio. A rotina de massagem acaba por conseguir reduzir a hipertonicidade e o espasmo muscular, alongar e libertar tecido conjuntivo nas áreas de stress, potenciar a flexibilidade e a amplitude do movimento e diminuir a rigidez e os efeitos causados pelo rompimento das estruturas musculares associadas ao esforço intenso.

Um atleta que treina 5 dias por semana e compete regularmente deverá receber uma massagem uma vez por semana (corpo inteiro).

Em semanas de treino intenso é benéfico que receba 3 sessões de massagem localizada.

A massagem desportiva funciona na perfeição para todas pessoas que fazem algum tipo de desporto, seja como profissão, hobby ou prática amadora. Por exemplo, no caso das pessoas que regularmente frequentam um ginásio é fortemente recomendada como um complemento ao treino e é altamente indicada para evitar lesões musculares, recuperar e preparar o corpo para o esforço produzido pela atividade física.

Efeitos

O efeito da massagem é imediato. No entanto, como referido anteriormente, apenas uma rotina de continuidade trará benefícios de caráter permanente.

Benefícios

Dos vários benefícios, podemos destacar os seguintes:

  • Diminui o risco de lesão muscular e tendinosa
  • Promove a recuperação de lesões
  • Promove a recuperação da fadiga muscular
  • Rompe aderências
  • Reduz o espasmo muscular
  • Tonifica o tecido muscular
  • Melhora a mobilidade articular
  • Aumenta o fluxo sanguíneo
  • Estimula o processo de cicatrização
  • Melhora a consistência do treino
  • Aumenta a confiança
  • Permite maior longevidade na prática da modalidade
Vantagens

Todos os atletas desejam aumentar as suas performances desportivas. Para conseguirem os melhores resultados, seguem um plano de treino rigoroso que faça aumentar as suas capacidades e habilidades, como a força, resistência e velocidade.

No entanto, o aumento dos níveis dos treinos aumentam também a probabilidade de ocorrência de lesões musculares que, por vezes impedem a competição durante meses e em casos mais graves podem mesmo impedir a continuidade do atleta.

Por isso, um dos maiores benefícios reside na prevenção para o atleta na sua prática desportiva de modo a evitar qualquer tipo de lesão músculo-esquelética. Caso ocorram, o tratamento de lesões consiste em outro resultado positivo oferecido pela massagem.

No entanto, são diversos os benefícios que o atleta pode ter e que de forma indireta contribuem para a melhoria do seu estado geral e da sua performance em particular:

– Tratamento de lesões musculares
– Aumenta a circulação e ajuda a eliminar toxinas
– Estimula o movimento dos fluídos linfáticos
– Estimula a produção de adrenalina
– Aquece os tecidos do corpo
– Aumento do desempenho do atleta
– Evitar a fadiga muscular
– Diminui a tensão e rigidez muscular
– Aumenta a flexibilidade e melhora os movimentos articulares
– Promove maior concentração
– Estimula o processo de cicatrização 

Objetivos

É uma massagem específica para aliviar as tensões musculares e as inflamações dos músculos depois dos eventos desportivos. É também muito utilizada para aquecer e relaxar os músculos antes das provas, seja em atletas amadores ou de alta competição.

Quem faz exercícios em ginásio, por exemplo, para ganhar força muscular ou se sentir melhor, deve ter a noção que o descanso entre os períodos de esforço físico é muito importante. Sem ele, a musculatura não tem hipótese para se fortalecer. Quem treina demais e não tem períodos de descanso, tem muito maior risco de lesões na musculatura, nos tendões e no esqueleto. As dores nas articulações podem aumentar. Para ter um ótimo treino, é necessário descansar os músculos.

Se o atleta não tem tempo suficiente para recuperar a musculatura, precisa de um auxílio complementar, como aquecimentos prolongados antes dos treinos, alongamentos ou massagem.

A massagem desportiva usa muitos alongamentos terapêuticos com a finalidade de esticar as fibras musculares para o tamanho normal. O alongamento pode ser feito com um grupo de músculos ou isoladamente para um ou dois músculos que precisam de maior atenção. A massagem é sempre indicada como auxílio para o alongamento, porque muitas vezes as contraturas musculares ou a rigidez geral impedem o movimento.

É normalmente uma massagem personalizada para cada atleta, considerando o desporto praticado, as patologias afetas ao atleta ou à sua área de atuação, a intensidade desportiva (calendário desportivo), a existência de histórico médico associado e o estado das estruturas músculo-esqueléticas.

Treino Muscular Excessivo


Quando um atleta aumenta a sua rotina de treino, quase sempre utiliza os músculos de forma exaustiva, causando stress nos tecidos musculares.

Um dos problemas é que estes atletas, com a ânsia de melhorarem, ignoram as dores musculares, o que é um erro completo, porque estas dores musculares iniciais podem transformar-se em lesões graves que podem até acabar com uma carreira.

Quanto mais ignorarem uma lesão, mais susceptíveis ficam para novas lesões e dores musculares.

Fazer a Massagem Desportiva

Uma das formas de encorajar os músculos a recuperarem após o treino é através da massagem desportiva, porque alivia todas as tensões e acelera a reconstrução das fibras musculares. Com isto o sangue e oxigénio podem voltar aos músculos e fazer uma reparação eficaz dos tecidos musculares, originando músculos mais fortes e resistentes.

Por isso é que as massagens desportivas são tão utilizadas em alta competição, já que ajudam os atletas a prevenirem lesões por utilização muscular excessiva.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

A DOR NO OMBRO E A DEGENERAÇÃO DA ARTICULAÇÃO CROMIOCLAVICULAR




O ombro é formado por algumas articulações e dentre elas a articulação acromioclavicular (AC), situada entre a clavícula e a escápula. A parte específica da escápula que faz contato com a clavícula é chamada de acrômio, daí o nome da articulação acromioclavicular (AC). Esta articulação tem importância nos movimentos do ombro e constitui-se de fibrocartilagem e ligamentos, como outras articulações maiores.
Os problemas mais comuns que ocorrem na articulação AC são a artrite degenerativa, as fraturas e as luxações (perda do contato perfeito entre os ossos com separações).
As artrites degenerativas são condições caracterizadas pela perda de cartilagem na articulação AC, acompanhada de deformidade óssea e sintomas como dor e inchaço, especialmente durante a atividade. A dor se localiza na parte superior do ombro, mais precisamente no ponto de contato entre os dois ossos, onde é facilmente palpável.
Os atletas mais frequentemente acometidos pela artrite degenerativa são aqueles que realizam atividades esportivas com grande demanda de força dos membros superiores, tais como: levantadores de peso, arremessadores, praticantes de artes marciais, nadadores, tenistas, dentre outras. Algumas atividades de musculação também são associadas ao aparecimento de dor e degeneração da AC.
Não há atualmente técnica eficaz na substituição da cartilagem danificada pela artrite e, como consequência, a forma primária de controlar os sintomas é modificar as atividades, de modo a não agravar a situação, reduzindo ou interrompendo a realização de determinados exercícios que provoquem o agravamento dos sintomas.
A avaliação médica é geralmente complementada pelos exames de diagnóstico por imagem, como radiografias simples, ultrasonografia e a ressonância magnética.
Algumas formas de tratamento podem ser empregadas, como a crioterapia (gelo), a fisioterapia e os medicamentos conforme prescrição médica. O tratamento cirúrgico se reserva aos casos de dor persistente e sem melhora após 3 a 6 meses de tratamento clínico e fisioterápico.
Cuide dos seus ombros e bons treinos!
Dr. Cristiano Laurino é Mestre em Ortopedia e Traumatologia pela UNIFESP. Diretor Científico do Comitê de Traumatologia Desportiva da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). Membro da American Academy of Orthopaedic Surgeons (AAOS). Médico do Clube de Atletismo BM&F/BOVESPA. Diretor Médico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).
 
Coluna publicada originalmente na Corredores S/A 88

domingo, 24 de janeiro de 2016

Pesquisadores concluem que massagem modifica a função celular dos órgãos




Quem costuma praticar esportes ou mesmo acompanhar competições pela televisão sabe que, após lesões causadas por alguma atividade física, a primeira providência é uma massagem no local afetado. O que ainda não se sabia era que a massagem terapêutica não serve apenas para aliviar a dor momentânea: ela pode, de fato, afetar a função celular do músculo — e fazer com que ele se recupere mais rapidamente. De acordo com pesquisadores do Instituto Buck de 

Pesquisa sobre o Envelhecimento (The Buck Institute For Research on Aging) e da Universidade McMaster, no Canadá, as compressões e fricções do corpo reduzem as inflamações e promovem o crescimento de novas mitocôndrias no músculo esquelético, estruturas responsáveis por queimar a energia dos alimentos para transformá-la em energia.

Além da “mudança estrutural”, a massagem funciona a partir de mecanismos biológicos semelhantes aos de remédios específicos para a dor. O trabalho foi publicado na edição de fevereiro da revista especializada Science Translational Medicine. Para chegar a essas conclusões, Mark Tarnopolsky, um dos pesquisadores envolvidos no estudo, explica que foram feitas biópsias para analizar a genética de tecidos musculares coletados do quadríceps de 11 homens jovens que haviam feito exercícios em uma bicicleta ergométrica até a exaustão muscular. Ambas as pernas foram submetidas aos exames — antes, imediatamente após, 10 minutos depois do exercício e duas horas e meia mais tarde. Apenas uma perna de cada voluntário foi massageada. “Nas duas pernas, encontramos alterações na expressão genética de 592 genes na segunda biópsia e de 1.309 na última”, explica o cinesiologista.

Ele diz que, na perna massageada, nove genes extras tiveram suas expressões alteradas. “Descobrimos que a massagem ativa a mecanotransdução (forças mecânicas que influenciam o crescimento e a forma de praticamente todos os tecidos e órgãos do corpo), o que potencializa a biogênese mitocondrial”, resume. Tarnopolsky frisa ainda que, durante a pesquisa, ele e sua equipe descobriram também que a redução da dor proporcionada pela massagem pode envolver o mesmo mecanismo de drogas anti-inflamatórias convencionais. Outra surpresa foi que a massagem, ao contrário do que se costuma acreditar, não ajudou a diminuir o ácido lático dos músculos machucados.

sábado, 23 de janeiro de 2016

CONHEÇA A MASSAGEM DESPORTIVA E SEUS BENEFÍCIOS


A massagem desportiva é uma excelente ferramenta para os atletas e para os amadores que praticam algum tipo de esporte com o objetivo de melhorar a qualidade de vida.

Essa massagem age nas dores dos atletas, mas é indicada não só quando se tem lesão, ela deve ser realizada para prevenir as mesmas, ou simplesmente amenizar cansaço muscular.

Massagem Antes do Exercício
Antes da prática do exercício a massagem estimula o organismo elevando aumentando a atividade circulatória e preparando os músculos, auxiliando assim a execução de alongamentos; a massagem é realizada de forma rápida e profunda.

Após o exercício
A massagem precisa ser realizada de forma lenta e profunda para promover a movimentação de resíduos metabólicos musculares como o ácido lático adquirido com a forte carga da atividade física, também auxilia na redução da dor e do nódulo de tensão quando houver.

A massagem desportiva pode também ser usada como tratamento e ajudar a deixar o corpo em harmonia, ela promove a circulação, recuperação da lesão e melhora a flexibilidade.

A massagem pós-exercícios é uma das intervenções mais utilizadas para recuperação de atletas. Porém, estudos apontam que os efeitos da massagem sobre recuperação de desempenho são pequenos e ainda incertos, e funcionam melhor em casos de recuperação a curto prazo após o treinamento misto intensivo, mas por enquanto, questionável em casos de recuperação de atletas competitivos.

Foam Roller
Em um estudo também de outra opção de massagem que você mesmo pode aplicar, a Auto Liberação Miofascial, aplicadas com aparelhos comuns como o rolo de espuma (foam roller) ou rolo massageador, muitas vezes indicados para que pessoas utilizem em suas casas. 

A massagem tem um efeito de curto prazo sobre a amplitude de movimento conjunta sem afetar negativamente o desempenho muscular e pode ajudar a atenuar uma baixa no desempenho muscular e dor muscular tardia após o exercício intenso. Os resultados sugerem que o rolo de massagem pode ser uma intervenção eficaz para melhorar a amplitude do movimento conjunta e desempenho muscular pré e pós-exercício. 

Resumindo, o método aumenta a flexibilidade, reduz a dor muscular sem impedir o desempenho atlético. Isso pode levar a uma melhor função arterial, melhoria da função endotelial vascular, que poderia ser útil na recuperação, por ter um estímulo diretamente ligado a lâmina de tecido fibroso na qual se fixam alguns músculos, onde se originam muitas lesões.

Mas ficou claro que o método parece ter uma gama de efeitos potencialmente valiosos para os atletas e para a população em geral, incluindo o aumento da flexibilidade e melhorar a recuperação.

Escolha o método que mais se adéqua ao seu dia a dia e comece a utilizá-lo!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Terapia (massagem) neuromuscular


As terapias de massagem têm sido usados há milênios para ajudar a relaxar e acalmar pessoas além de oferecer a cura física.
A Terapia neuromuscular (TNM) é uma terapia que foi desenvolvida após intensivos estudos do sistema nervoso e sua interação com o sistema ósseo-muscular. Quando a relação entre os dois sistemas não está em estado de equilíbrio homeostático, podem ocorrer dores miofasciais crônicas ou algumas disfunções. O alvo da terapia TNM é restaurar o equilíbrio homeostático entre os dois sistemas.
A TNM é uma massagem bem específica de músculos, tendões, ligamentos, etc., usada para aliviar dores e problemas específicos que afligem ao paciente. A massagem terapêutica especifica alivia áreas que não são cobertas por uma massagem genérica.
Como a TNM funciona?
A terapia TNM tem uma abordagem holística de cura com ênfase em estimular o corpo a se curar sozinho. As técnicas da TNM são usadas para estimular a reparação dos tecidos conectivos das áreas afetadas. Durante uma seção típica de TNM, o terapeuta via primeiro examinar o paciente e o seu histórico medico, na tentativa de precisar quais os fatores que estão causando e prolongando o dor. Uma vez identificadas as áreas problemáticas, é aplicada uma pressão concentrada em variados níveis sobre estas áreas de espasmo muscular, com dedos, juntas ou cotovelo. Uma vez aplicada pressão sobre um espasmo muscular, ela deverá ser constante por cerca de dez a trinta segundos.
A TNM será usada para agir em cada um dos cinco elementos que causam dores em todos nós:
Isquemia é a simples falta de suprimento de sangue nos tecidos conectivos, que resulta em hipersensibilidade ao tato.
Pontos de gatilho: Estes pontos altamente irritadiços nos músculos, que irradiam dor para outras partes do corpo.
Compressão de nervos: Isto é uma simples compressão sobre um nervo, causada por um dos seguintes motivos: osso, tecidos conectivos, cartilagem.
Distorção postural: É um desequilíbrio do sistema muscular, resultante de um movimento em falso do corpo, tanto no plano longitudinal quanto no plano horizontal. É uma forma diferente de dizer que o seu corpo precisa se submeter a um realinhamento, semelhante ao do carro depois que cai em um enorme buraco na estrada.
Disfunção biomecânica: Isto se refere ao desequilíbrio no sistema ósseo-muscular, causado por um ladrão errado de movimentos do tipo:
Levantamento de peso de forma errônea
Violento movimento do taco de golfe
Batida errada com a raquete de tênis
Digitação com postura errada
A TNM vai causar dor no inicio, mas a pressão da massagem deverá aliviar o espasmo muscular. Neste ponto, é extremamente importante manter o terapeuta informado sobre a pressão exercida. O terapeuta irá aplicar a pressão de acordo com as reações do paciente. A pressão da massagem não deve causar muito dor. Na realidade, a maioria dos pacientes descreve esta pressão como uma “dor gostosa”.
O que esperar após uma sessão TNM?
Após uma sessão TNM, qualquer dor causada pela terapia deverá desaparecer entre 24 até 36 horas. Os músculos que estavam contraídos devem ficar perceptivelmente mais relaxados por 4 até 10 dias, sempre dependendo do stress, do nível de atividade física e a gravidade da dor, antes do inicio do tratamento.
O espasmo muscular deverá relaxar em resposta à pressão aplicada pelo terapeuta na massagem. Se o músculo não relaxa em resposta à pressão, geralmente é porque ele está inflamado. A massagem não é a melhor opção de tratamento para músculos inflamados, e os pacientes devem procurar um médico para tratar de inflamações.
Para a maioria de espasmos musculares, o tratamento é normalmente de 10 sessões, em um período de cinco semanas, para obter o melhor resultado.
Se os espasmos musculares não melhorar em após três sessões, a terapia TNM não pode ser a melhor opção de tratamento.
Os benefícios da TNM
A TNM é usada para tratamento de
Insônia e cansaço,
Dores crônicas,
Dores lombares,
Dores de nervo ciático,
Disfunção do rotador do ombro,
Síndrome do Túnel do Carpo,
Enxaquecas ,
Disfunções temporomandibulares.
A TNM é usada para localizar e aliviar espasmos e contrações fortes nos tecidos conectores. Ela ajuda no processo de cura de tecidos machucados, ajuda no fluxo venoso e linfático, recompõe o alinhamento e a postura da coluna, e aumenta a flexibilidade dos tecidos conectores.
A terapia neuromuscular traz os melhores resultados quando combinado com tratamentos médicos, tais como fisioterapia e cuidados médicos.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

A liberação miofascial deep massagem ou sports massage



A liberação miofascial muito falada e conhecida por deep massagem ou sports massage é uma técnica de terapia manual que consiste em uma massagem profunda e vigorosa no tecido conjuntivo que cobre o músculo, chamado de fáscia. A fáscia é uma lâmina de tecido conjuntivo que cobre todos os músculos e cada fibras do musculo, evitando atrito e coordenando cada movimento. Em alguns locais essa fáscia está mais espessa ou fortemente aderida ao músculo, fazendo com que seu trabalho seja dificultado, levando dor e desconforto ao paciente (atleta). A aderência da fáscia ao músculo faz com que o músculo não consiga se expandir com facilidade durante o treino (pump), pode causar lesões e diminui a flexibilidade. A liberação é aplicada na região em que o paciente refira dor ou nos locais que o Fisio veja que se faz necessário. 

É uma massagem vigorosa que tem por objetivo quebrar aderências, soltar ao máximo a fáscia do músculo e alongar essa fáscia, trazendo conforto e alívio das dores. Atletas que estão constantemente desafiando seus limites e são submetidos a altas cargas de treino, esforço muito grande, tendem a ter a fáscia presa necessitando de constatemente serem submetidos a esse procedimento. A liberação evita lesões, melhora a flexibilidade, melhora amplitude de movimento, melhora simetria, auxilia no ganho de massa e volume muscular e melhora os cortes musculares. Melhore seu rendimento nos treinos e dê um up nos seus ganhos, marque sua avaliação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails