Páginas

sábado, 6 de abril de 2013

Exercício nórdico para os músculos posteriores da coxa


Mais de 15% de todas as lesões no futebol estão relacionadas com os músculos posteriores da coxa, tornando-se assim, a lesão mais prevalente nesta prática esportiva. Depois de ter sofrido uma lesão nos músculos posteriores da coxa, a taxa de recorrência nos primeiros 2 messes é de até 22%. As funções destes músculos são de estender a coxa e flexionar a perna e a maioria das lesões neles ocorrem durante corrida ou aceleração quando estes músculos estão contraindo enquanto são alongados (contração isotônica do tipo excêntrica). Vários exercícios têm sido propostos para o fortalecimento excêntrico dos músculos posteriores da coxa. Neste trabalho, os autores analisaram um exercício específico chamado exercício nórdico para os músculos posteriores da coxa.

Eles utilizaram jogadores masculinos dinamarqueses de futebol profissionais de 54 equipes, totalizando 942 jogadores homens de diferentes níveis de competição. Os atletas foram divididos aleatoriamente em dois grupos: intervenção e controle.

Os autores mostraram que a realização do exercício nórdico para os músculos posteriores da coxa durante o treino resultou em 60% de redução de uma lesão e 85% de redução da taxa de recorrência em comparação com o grupo controle. Embora mais estudos sejam necessários para determinar se esses resultados são reprodutíveis e se eles são efetivos em mulheres.

O exercício nórdico é simples e de fácil execução, sem necessidade de equipamentos adicionais. Eles podem ser especialmente benéficos naqueles atletas que já sofreram uma lesão dos músculos posteriores da coxa pois eles diminuem a taxa de recorrência 

from Petersen et al. ; Am J Sports Med 39 (2011) 2296-303. All rights reserved American Orthopaedic Society for Sports Medicine.

Traduzido por Glauber Barduzzi - Fisioterapeuta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails